Arquivo da tag: ar livre

[Cabine da Pipoca] Cine Mirante – Cinema ao ar livre para a cidade de Cidade de São Paulo

O Mirante da  9 de Julho vai ganhar cinema, a sala de cinema, será a cidade e as poltronas, as escadarias, e o ingresso é a reprodução do espaço público, um cinema gratuito e a céu aberto que a cidade de São Paulo ganhará. Pois este projeto está em crowdfunding no Catarse para pedir ajuda aos amantes de cinema e cultura, que querem ver a metrópole de São Paulo mais cultural e com mais atrações interessantes e gratuitas, que é o melhor. Continuar lendo [Cabine da Pipoca] Cine Mirante – Cinema ao ar livre para a cidade de Cidade de São Paulo

[Total flex] Uma aventura em Mogi das Cruzes

Pico_do_Urubu

Essa semana no Barquinho Cultural falaremos da minha cidade, Mogi das Cruzes (de novo, Oba!). E hoje vai ser uma dica para o final de semana, se você gosta de atividades ao ar livre e um pouquinho de altura, pode chegar!

Aqui na minha cidade tem um lugar bem conhecido, principalmente por quem gosta de fazer caminhada, trilha, voo livre e apreciar a paisagem (no meu caso só apreciar a paisagem, nada de voo livre). O Pico do Urubu, é um pico com 1.140 metros de altitude, está localizado em Mogi das Cruzes, e é um dos responsáveis pela atração de turistas ao município. Continuar lendo [Total flex] Uma aventura em Mogi das Cruzes

[TOTAL FLEX] PARQUE DA JUVENTUDE RECEBE TECO MARTINS EM SHOW ABERTO

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No ultimo domingo, (17), o Parque da Juventude recebeu de braços abertos o cantor e compositor Teco Martins. Em uma tarde ensolarada, pessoas se reuniram para ouvir suas canções em um clima de sintonia e festa.

Vocalista e guitarrista da banda de rock Rancore, Teco Martins iniciou seu projeto solo realizando apresentações públicas em parques e outros pontos da capital. Várias de suas músicas, entre elas “Um girassol da cor do seu cabelo”, “Mulher” e “Gelo no inferno” foram tocadas durante o show, que, além de reunir os fãs que já conheciam a trajetória do cantor, chamaram a atenção de quem passeava pelo parque.

Teco Martins proporcionou um show diferente, em que o intuito não estava pautado sob sua fama, mas em vista do amor a sua arte. O cantor se despediu “pregando o bem”, pedindo para que todos parassem, refletissem, e, com pequenos gestos, pudessem aos poucos mudar o mundo, assim como faz em suas apresentações.

Por: Patricia Kawakami