Arquivo da tag: exposição

[Total Flex] OBRIGAAAH#19 apresenta mais uma edição do festival mais cultural de São Paulo

11038105_10204294391256995_4058422444901936588_nAs celebrações pascais passaram, mas as festividades culturais ainda continuam, pois na próxima quinta-feira (9), acontece no Lapeju Bar, em São Paulo na 19ª edição do festival mais alternativa da capital paulista, OBRGAAAH.

E para essa reprodução, o evento traz atrações especiais, como a artista Rayska que apresenta um pouco de suas fotografias e poesias eróticas para os presentes no festival.

Além do mais, as pick ups serão aquecidas pelo DJ Felipe Lofrano, residente da festa FREAKY FRIDAY, o cara toca a algum tempo, mas há um ano é o mais novo e o TOP na cena, fazendo a pista ferver a noite toda, e também outra residente e criadora da festa FREAKY FRIDAY que acontece no CAOS AUGUSTA sempre as sextas-feiras, para enlouquecer e deixar bem FREAKY, a sua noite tocando o melhor do OLD SCHOOL, HIP HOP, RAP, R&B, CRUNK & RAGGA, Juliana Barbosa aka DJ ClickClickBang.

A apresentação fica por conta do rapper e MC, Yannick.

Convite:

É com grande prazer
que convido à vc
A fazer parte
deste grande dia
Venha gozar comigo
Uma noite repleta de poesia e completa de alegria
Nostalgia
A revelia
Sem censura
Um êxtase literário
Imaginário
E palpável ao mesmo tempo
Permita-se a experimentar
Convidado está
Sem titubear
Te quero lá
Garanto que vc irá gostar
• Surpreenda-Se E A Mim Também •

Por: RAYSKA

SERVIÇO

OBRIGAAAH#19
Data: 09/Abril/ 2015
Horário: 20h
Local: Lapeju Bar
End: Rua Frei Caneca, 894 – Consolação/ SP.
Entrada Franca.
Couvert artístico opcional.

Por: Patrícia Visconti 

[Total Flex] Mafalda celebra seus 50 anos no Brasil

10850243_965456350149759_3013015081145863615_n

A garotinha curiosa, sarcástica, reflexiva, crítica, antenada e bastante esperta, completou no mês de setembro, meio século de idade, ou 50 anos, se ela fosse real, já não seria mais uma menininha, mas sim uma senhora, mas como personagens de desenhos são eternas crianças, ela continua com a mesma carinha e jeito de uma menina.

Mafalda é a criação mais famosa do célebre cartunista argentino Quino, de 82 anos, que completou este ano de 2014, 60 anos de trabalho e se orgulhando da sua obra e porque não dizer uma eterna menininha, que nasceu do papel, para fazer sucesso em todo mundo e por isso está ganhando diversas exposições, principalmente na Argentina, país de nascimento da Mafalda e de seu pai Quino. Para celebrar os 50 anos da sua obra, que virou um fenômeno mundial, traduzida em mais de 26 idiomas, sua nenenzinha, a Mafalda.

Na última terça-feira (16), chegou ao Brasil, no espaço Praça das Artes, em São Paulo, a mostra inédita O Mundo Segundo Mafalda com  entrada gratuita e ficará em cartaz até fevereiro de 2015.

A exposição é uma realização da Fundação Theatro Municipal de São Paulo, da Secretaria Municipal de Cultura e do programa São Paulo Carinhosa, em parceria com a produtora cultural Mundo Giras e com a curadoria do Museo Barrilete da cidade de Córdoba, na Argentina, a mostra faz parte programação do Circuito São Paulo de Cultura.

A exposição é dividida em 13 módulos e duas oficinas, O Mundo Segundo Mafalda é uma viagem pelos cartuns e histórias em quadrinhos que cativam leitores de todo o mundo. A mostra foi pensada pra todas as idades.

Pois apresenta elementos que ajudam Mafalda a compreender um mundo cada vez mais confuso para seus pequenos olhos: sua casa, o carro de seus pais, os amigos, seu armário, os globos “terráqueos”, além de publicações originais e uma antiga vitrola.

As crianças podem desenhar e pintar com carimbos dos principais personagens das histórias: além de Mafalda, estão na exposição os eternos amigos Manolito, Felipe, Susanita, Miguelito, Guille e Libertad.

Por isso quem quiser prestigiar a mostra em comemoração ao aniversário da sapeca Mafada, pode conferir no espaço Praça das Artes, que fica na região central da capital paulista. Sendo uma boa pedida para garotada se divertir e aprender nas férias de verão.

PRAÇA DAS ARTES
O Mundo de Mafalda
De 16 de dezembro de 2014 a 28 de fevereiro de 2015
Todos os dias, das 9h às 20h (Nos dias 24, 25 e 31/12/14 e de 01 a 06/01/2015 não haverá expediente)
Endereço: Av. São João, 281– Centro – São Paulo
Próximo às estações Anhangabaú e República do Metrô
Classificação livre
Gratuito

Mais informações Exposição “O Mundo de Mafalda”:
Facebook

Mais informações sobre a Produtora WM Novo Rumo
Pagina: http://www.facebook.com/WMnovorumo
E-mail: wmnovorumo@gmail.com
Cel: (11) 9.8819-3159 Oi [whats]

PS: Na próxima semana no Cantinho Literário, se liguem aqui no OBC, que terá especial do pai da Mafalda, o mestre Quino!

Por Priscila Visconti

[Total Flex] Música e Arte no metrô de São Paulo

Exposição-POPLOAD-FESTIVAL-2014-890x395

Festival de música e arte invadiu o metrô de São Paulo, é o Popload Festival, que inaugurou na sexta-feira passada dia 7 e vai estar todo o mês de novembro, na estação Paraíso do metrô, reunindo sete pôsteres criados por artistas brasileiros, inspirados nas atrações musicais que se apresentam no evento.

As obras estarão disponíveis para visitação na estação Paraíso, que liga a linha azul e verde do Metrô de São Paulo, durante seu horário de funcionamento, até o final de novembro e o evento Popload Festival acontece dias 28 e 29 de novembro, no Audio Club, com Tame Impala, Cat Power, Metronomy, 2manydjs, Icona Pop, The Lumineers, POND, Rodrigo Amarante, Boogarins, Marcelo Jeneci, Mixhell e Fatnotronic.

Os usuários da estação poderão ver trabalhos baseados em diversas técnicas como pintura, desenho, fotografia e design gráfico, feitos pelos artistas convidados para a exposição: James Kudo, Kilian Glasner, Jorge Mascarenhas, Fernanda Rappa, Gabriel Dietrich, Silvana Mello e Adams Carvalho.

Esta exposição oferece aos visitantes, uma verdadeira jornada visual, inspirada na música e arte, complementando a experiência de ouvir e ver artistas se apresentando livremente e expressando sua veia artísticas, nas passagens subterrânea da capital paulistana.

No Brasil, os shows da marca Popload são os pioneiros em estimular a cultura do gig poster, onde a cada show o fã pode adquirir uma obra de arte produzida especialmente para aquela apresentação.

A ideia com a exposição é democratizar o acesso à arte e também comemorar o sucesso do Popload Festival, que em sua segunda edição apresenta ao público um line-up com mais de 10 atrações nacionais e internacionais.

Sobre POPLOAD FESTIVAL
Criado em 2013, a partir das edições do Popload Gig, o selo que traz bandas internacionais para tocar no Brasil desde 2009, a primeira edição do Popload Festival aconteceu em outubro de 2013, em São Paulo, e teve The XX como atração principal. Pelo Popload Gig, já passaram artistas internacionais como Feist, The Breeders, Daniel Johnston, Grizzly Bear, Primal Scream, LCD Soundsystem, The Rapture, The Kills, Metronomy, Friendly Fires, Tame Impala, Devendra Banhart, Solange e of Montreal.

Silva, Aldo, Kassin, Copacabana Club, The Twelves e Holger são alguns dos nomes brasileiros que já se apresentaram em edições do Popload Gig. Popload Festival e Popload Gig são idealizados e realizados pela Popload (site do jornalista Lúcio Ribeiro) e pela Squat International (empresa de booking de Paola Wescher), ambas as marcas fazem parte da Beltrano Musical.

SERVIÇO
Exposição POPLOAD FESTIVAL 2014  Estação Paraíso do
Metrô de São Paulo
Dias: De 06 a 30 de novembro de 2014
Horário: Domingo a sexta-feira, das 4h40 à 00h;
Sábado, das 4h40 à 1h.

Outras informações: www.poploadfestival.com

Por Priscila Visconti

[Cantinho Literário] 100 anos da morte do poeta Augusto dos Anjos

augusto-dos-anjos

Não é só na Casa das Rosas que irá homenagear o poeta, escritor e professor Augusto dos Anjos, aqui no OBC, também terá homenagem a este grande poeta de brasileiro, de Cruz do Espírito Santo, que sempre identificou do simbolista ou parnasiano, que era movimentos entre a era pré-moderna e o modernismo.

Augusto dos Anjos era um dos poetas mais críticos da sua época e sua obra ainda é bastante admirada por críticos literários atuais e também leigos, em relação a literatura.

A poesia brasileira estava dominada por simbolismo e parnasianismo, dos quais o poeta paraibano herdou algumas características formais, mas não de conteúdo. A incapacidade do homem de expressar sua essência através da “língua paralítica” (Anjos, p. 204) e a tentativa de usar o verso para expressar da forma mais crua a realidade seriam sua apropriação do trabalho exaustivo com o verso feito pelo poeta parnasiano. A erudição usada apenas para repetir o modelo formal clássico é rompida por Augusto dos Anjos, que se preocupa em utilizar a forma clássica com um conteúdo que a subverte, através de uma tensão que repudia e é atraída pela ciência.

Sua obra pode ser dividida não com rigor, em três fases, a primeira sendo muito influenciada pelo simbolismo e sem a originalidade que marcaria as posteriores. A essa fase pertencem Saudade e Versos Íntimos.

A segunda possui o caráter de sua visão de mundo peculiar. Um exemplo dessa fase é o soneto Psicologia de um Vencido. A última corresponde à sua produção mais complexa e madura, que inclui Ao Luar.

Augusto foi o patrono da cadeira número 1 da Academia Paraibana de Letras, que teve como fundador o jurista e ensaísta José Flósculo da Nóbrega e como primeiro ocupante o seu biógrafo Humberto Nóbrega, sendo ocupada, atualmente, por José Neumanne Pinto e patrono da Academia Leopoldinense de Letras e Artes.

Augusto dos Anjos
Nascimento: 20 de abril de 1884
Sapé, Paraíba
Morte: 12 de novembro de 1914 (30 anos)
Leopoldina
Nacionalidade: Brasileiro
Ocupação: Poeta e professor
Escola/tradição: Pré-modernismo, Modernismo

1012941_710334929019830_540809977335031665_n

Para quem conhecer mais sobre as obras de Augusto dos Anjos e está na capital paulista, pode ir até a Casa das Rosas e prestigiar abertura da Exposição Esdruxúlo! 100 anos da morte de Augusto dos Anjos.

Que terá cinco espaço dedicado ao poeta brasileiro, contando um pouco de sua história de vida, sobre sua carreira como literário, além de informações e curiosidades, apresentando também seus poemas como Versos íntimos; Budismo Moderno; As cismas do destino; Idealismo; Monólogo de uma sombra; Os doentes; A ideia; O Deus-verme; O Lamento das coisas; Poema negro, Psicologia de um vencido, Soneto, Último credo, entre outros. A exposição tem curadoria do Júlio Mendonça e expografia de Ivanei Silva e arte de Angela Kina. E o melhor a entrada é gratuita!

Data: Abertura (12/11/2014)
Horas: 19h
Local: Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura
Av. Paulista,37 – Bela Vista – São Paulo-SP
Telefone: (11) 3285-6986

Mais informações acesse a página de eventos no Facebook;

Site | Facebook | Twitter | Instagram

Por Priscila Visconti

[Total Flex] Itaú Cultural apresenta mostra em homenagem ao cartunista Laerte

31-07

Um dos maiores cartunistas do Brasil irá expor seus trabalhos, ou o melhor dele em uma mostra no Itaú Cultural, de 20 de setembro a 2 de novembro, em São Paulo.

A mostra “Ocupação Laerte” traz uma retrospectiva com mais de dois mil trabalhos de um dos mais importantes nomes dos quadrinhos brasileiros.

A curadoria ficar por conta do também cartunista e filho de Laerte, Rafael Coutinho, e a cenografia é de Fred Teixeira. A exposição aborda os percursos afetivo, político, e criativo do cartunista.

Entre o labirinto do Minotauro será o grande recorrente na montagem da mostra, que inspira o visitante, onde o mesmo irá percorrer por vários momentos da carreira do artista, interligando cada um desses ápices, entre a participação no movimento sindical e na luta pelas Diretas e pela anistia; a publicação de décadas nos maiores jornais do país; a parceria com Angeli, Glauco e Toninho Mendes na Circo Editorial, fundamental na história da HQ brasileira; a mudança de estilo a partir de 2004 e o ativismo nas questões de gênero.

Um pouco da história do precursor das tiras de HQ brasileira, que já ilustrou os principais jornais do país com suas tiras e cartuns, que hoje apresenta sua inventividade com uma visão surpreendente, humanista e crítica sobre a política e o cotidiano.

Para conhecer mais sobre essas tiras de personagens e das revistas de banca, pode conferir o site do cartunista e a “segunda fase” no blog Manual do Minotauro.

SERVIÇO

Ocupação Laerte
Data: 20 de setembro a domingo 2 de novembro
Horário: terça a sexta 9h às 20h [permanência até as 20h30]
sábado, domingo e feriado 11h às 20h
piso térreo
Local: Itaú Cultural
End: Avenida Paulista, 149 – Centro; SP/ SP
Fones: 11 2168 – 1777 | 2168 – 1776

Coquetel de abertura
Data: 20 de setembro
Horário: às 12h

Por: Patrícia Visconti

[Total Flex] FotoArte & Orfanato da Fotografia juntos na 4ª edição da exposição que revela as novas caras da fotografia

10344791_296410697200546_3372381960214254982_nOs ‘orfãs’ (fotografos) em uma saída fotográfica do Orfanato da Fotografia

Vem ai mais uma FotoArte, organizada pela Infinity Events, para apresentar novos talentos da fotografia, mas esta quarta edição da exposição, terá um toque a mais, pois a produtora está fazendo parceria com o grupo de fotografia da Marina Quezada, o Orfanato de Fotografia, mas os esquemas do evento serão os mesmo, promover e divulgar as novas caras, que estão espalhadas pro ai clicando, mas sem ter a oportunidade de expor.

Além de haver um um bate papo com o fotógrafo Rubens Vieira, que falará com os integrantes do Orfanato sobre o Specialkids, projeto do qual ele é representante na América Latina.

O SpecialKids é um projeto que representar as famílias e crianças com necessidades especiais junto à comunidade fotográfica com o objetivo de expandir as oportunidades de acesso dessas crianças à Fotografia Profissional em nível nacional.

Por isso, quem quiser aparecer e prestigiar a mais a FotoArte #4 e tomar uma cerveja geladinha e claro, além de conferir e bater um papo com os fotógrafos, é só aparecer neste sábado, dia 26 de julho, a partir das 15:00 horas e o local, ainda continua sendo o aconchegante e fofo, albergue situado na Vila Madalena em São Paulo, o Hostel Alice.

Assista o vídeo de como foi a FotoArte #3 e veja o que espera para a 4ª edição da mostra:

video por: Manu Silva [Blast V.I.P]

Serviço:
FotoArte #4 & Orfanato da Fotografia
Local: Hostel Alice
Rua Harmonia 1275
Vila Madalena – São Paulo
Data: 26/Julho/2014
Horas: a partir das 15h00 (sábado)

Mais informações:
FotoArte: https://www.facebook.com/expofotoarte
Orfanato: https://www.facebook.com/OrfanatodeFotografia
FotoArte #4:
https://www.facebook.com/events/765267353523404/?ref_dashboard_filter=upcoming

Por Priscila Visconti

[Total Flex] Coletivo Rede mostra vida as ruas cinzentas de São Paulo

10500539_283466288491684_7617675666824512596_n
Foto: Arquivo Coletivo Rede

A fotografia é a arte visual mais popular do mundo alternativo, principalmente aos amantes desta vertente artística, que adora andarilhar pela cidade com sua câmera embaixo do braço e muitas ideias na cabeça.

Baseado nisso a fotógrafa Lulu Soares criou o projeto ‘Ce já viu?’, uma idealização do Coletivo Rede, um grupo de apreciadores da fotografia de rua, cujos integrantes se conheceram ao acaso, durante suas andanças pela metrópole paulistana.

O propósito desta mostra é reunir e apresentar um conjunto de fotografias que mostram várias nuances da paisagem urbana, criando um contraponto aos arranha-céus da cidade.

O Coletivo Rede é um grupo originalizado para divulgar a rua como vida, e não apenas asfalto e cimento, salientar que lá pulsa sensibilidade natural de vivência, inspirar-se na arte urbana, nos artistas que amostram cultura pelas passagens acimentadas da cidade, moldando o perfil físico, emocional e estético da cidade. A rua é, por excelência, o local onde se tecem as verdadeiras redes sociais. Valorizando a rua como lugar de estar, viver e ver; e a fotografia é um pretexto para dela desfrutar.

FICHA TÉCNICA

Curadoria e Produção:
Elaine Galdino
Juliana Sofia Lepera

Idealizadora e Coordenadora:
Lulu Soares

Fotógrafos Expositores:
Auricelia Lima
Caru Martini
EBarros
Elza Albuquerque
Eva Bella
Fefê Bella
Klauss Schramm
Leo Bella
Lulu Soares
Chico Tchello
Vera Lucia Dias

SERVIÇO

‘Ce já viu?’
Local: Passagem subterrânea da Consolação
End: Esquina da Av. Paulista com a Rua da Consolação.1497646_239753719529608_1992869352_n
Colagem do lambe-lambe: dia 01/08/2014 (sexta-feira)
A partir das 14:00h
Data da abertura: dia 02/08/2014(Sábado)
das 14:00h às 17:00h
Data de permanência da exposição de 02/08/2014 à 29/08/2014
De segunda à sexta-feira das 0700h às 19:00h.
Mais info: Facebook

Por: Patrícia Visconti

[Total Flex] O Castelo Rá-Tim-Bum celebra 20 anos com exposição no MIS-SP

10552396_10152156042940544_8420232555862475777_n
Foto por: Letícia Godoy | MIS

Quem foi criança na década de 90 com certeza curtir muito as programações inesquecíveis da TV Cultura, entre elas havia uma série, onde tinha uma castelo no meio da cidade, um menino de 300 anos que morava com sua tia-avó, feiticeira e seu tio, cientista, além de muitos outros personagens que viviam naquele lugar, que era o sonho de muita gente para morar.

Esse é o famoso Castelo Rá-Tim-Bum, que completa 20 anos neste ano e ganhou uma exposição repleta de nostalgia e lembranças, com peças do acervo, muitas delas recuperadas e restauradas pelo MIS, como objetos de cena, fotografias, figurinos dos personagens e trechos do programa que até hoje são hit, como Lavar as mãos, música de Arnaldo Antunes. Depoimentos gravados pelos atores do elenco original especialmente para a exposição complementam esta parte. Em outra, uma experiência lúdica espera os visitantes, que poderão literalmente entrar no Castelo. Para tanto, mais de dez ambientes, como o saguão e a biblioteca, serão recriados. O público também poderá ver de perto bonecos originais, como o Gato Pintado, o monstro Mau, a cobra Celeste e as botas Tap e Flap.

A mostra começou na última quarta-feira (16) e vai até dia 12 de outubro, no Museu de Imagem e Som (MIS-SP), todas às terças e sextas, sábados, domingos e feriados, que por sinal, aos fins de semana há uma programação especial, onde serão apresentados espetáculos com alguns dos principais atores do elenco, como Rosi Campos (Morgana) e Angela Dip (Penélope). O Núcleo Educativo do Museu oferecerá uma série de oficinas artísticas gratuitas voltadas para o público geral e professores. O MIS também apresenta cursos relacionados ao Castelo, entre eles está Stop Motion: Ratinho Castelo Rá-Tim-Bum (13 de agosto a 5 de setembro), que levará o participante a conhecer a clássica técnica de animação: a massinha.

O Castelo foi exibido por apenas três (1994 a 1997) e foi parcialmente inspirado no também educativo Rá-Tim-Bum, mas foi sucesso garantido para mobilizar uma franquia exitosa à TV Cultura, como a Ilha Rá-Tim-Bum.

A série é uma criação do dramaturgo Flávio de Souza e do diretor Cao Hamburger, com roteiros de Dionisio Jacob (Tacus), Cláudia Dalla Verde, Anna Muylaert, entre outros.

Confira abaixo o recado que o Nino deixou aos antigos amigos do Castelo:

SERVIÇO

Castelo Rá-Tim-Bum no MIS
Data: 16/ julho a 12/outubro
Horário:
Terças a sextas das 12:00 às 21:00
Sábados das 10:00 às 22:00
Domingos e feriado das 10:00 às 20:00
Local: Museu de Imagem e Som (MIS-SP)
End: Avenida Europa, 158 – Jardim Europa
São Paulo/SP

Ingressos na bilheteria do Museu:
R$ 10 (inteira), R$ 5 (meia). Gratuito às terças e para menores de cinco anos.
Vendas antecipada: Através do site Ingresso Rápido; nesse caso, o ingresso custa R$ 30 (inteira).

Mais info: mis-sp.org.br
Tel: (11) 2117-4777
A novidade sobre essa mostra, é que a partir do dia 18/ julho, foi disponibilizado um novo lote de ingressos para compra online pelo site Ingresso Rápido. Estarão disponíveis ingressos entre 23/julho e 12/outubro.

Por: Patrícia Visconti

[Total Flex] Obra de Sebastião Salgado está em exposição em BH

28

Desde o início do mês de junho, os mineiros foram presenteados com a exposição “Genesis”, de um dos maiores fotógrafos de todos os tempos: Sebastiao Salgado. A curadora da exposição é sua esposa, a arquiteta Lélia Wanick Salgado.

As fotografias estão divididas em cinco seções geográficas, 245 fotografias que mostram a partir do olhar sensível de Salgado lugares intactos: montanhas, desertos, rios, florestas, tribos indígenas, aldeias e animais em seu estado primitivo. Tudo formando um mosaico de celebração à natureza e à vida.

Mineiro, de Aimorés e graduado em Economia, foi ao realizar um trabalho na Organização Internacional do Café, na década de 1970, que descobriu na fotografia uma forma de demostrar a realidade social e econômica dos lugares por onde passava, sempre com fotografias em preto e branco. Ele busca com as fotos estimular a reflexão das pessoas em torno das questões sociais, da desigualdade, de como é a realidade das pessoas pelo mundo.

O trabalho em preto e branco, faz com que transmita a falta de cor na vida diante de algumas situações, Sebastiao Salgado quer que as pessoas admirem o centro da imagem, percebam realmente o que a foto que transmitir, se sensibilize e se envolva de alguma forma.

A Exposição de fotos de Sebastião Salgado, com curadoria de Lélia Wanick Salgado. Grande Galeria Alberto da Veiga Guignard e Espaço Maris’Stella Tristão do Palácio das Artes, Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro. Aberta para o público a partir desta quarta-feira. De terça a sábado, das 9h às 21h, e aos domingos, das 16 às 21h. Até 24 de agosto. Entrada franca. Informações: (31)3263-7400.

Por: Márcia Martins