[Cyber Cult] Operadoras querem bloquear ou reduzir o dados da banda larga fixa no Brasil

Contra-o-Limite-na-Franquia-de-Dados-na-Banda-Larga-Fixa-blogpc.net.br-600x315

O anuncio que tem tirado o sono de muitos brasileiros veio da Vivo, quando disse sobre o limite mensal da Internet banda larga fixa, que deve funcionar a partir do primeiro dia de janeiro de 2017, e restritará em bloqueio ou redução de velocidade aos clientes.

Após o pronunciamento da Vivo, a NET e a Oi também anunciaram a redução em seus pacotes de internet. Desse maneira, os planos ofertados pelas operadoras funcionarão por franquias, como os já existentes na internet móvel, ou seja, elas poderão cortar ou reduzir a velocidade quando os usuários atingirem o limite o pacote.

20160411laguna_rj45_lock-600x262Hoje esses planos são regulados pela velocidade, e não há um volume máximo de dados e cada pessoa pode baixar uma infinidades de downloads, pagando apenas uma taxa única de tráfego, porém com o limite esse consumo será afetado seriamente.

Por exemplo, se você assistir dois episódios de sua série favorita no Netflix, que oferece um serviço streaming em alta resolução, com vídeos a partir de 720p, consumindo 3GB por hora, você já terá ultrapassado seu limite do mês em apenas alguns minutos.

Agora, levando em consideração que atualmente não usamos a Internet apenas no PC, mas também através de tablets, videogames e smartphones, essas horas de franquia estarão mais escassas, já que numa casa com cinco pessoas, o limite mínimo não chegará nem mesmo até o fim do mês.650x375_internet-fixa_1626539

Recentemente, já são mais de 25 milhões de brasileiros que acessam a internet por rede fixas, sendo os maiores prejudicados pela interrupção dos serviços ou também, pela queda de velocidade após atingirem seus limites de franquia.

A ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) diz que as operadoras apenas precisam respeitar suas exigências, oferecendo ao consumidor uma ferramenta que monitore o consumo dos dados, e o alerte quando eles estiver próximo de atingir o limite. Porém, a mesma ANATEL publicou nesta semana que as operadoras estão impedidas de reduzir a franquia de banda larga, até que sejam cumpridas algumas exigências, como a disponibilidade de ferramentas para que os consumidores possam acompanhar o consumo do serviço; identificar seu perfil de consumo; obter o histórico detalhado de sua utilização; receber notificação quanto à proximidade do esgotamento da franquia; e ter a possibilidade de comparar preços.

Já o Marco Civil da Internet, também liberta as operadoras a cobrarem do cliente da forma de acharem mais conveniente, sendo que a única restrição refere-se ao conteúdo, ou seja, uma empresa não pode impedir de que os internautas acessem alguns sites, mas podem cessar a conexão caso o “débito diretamente decorrente de sua utilização”.

mobilizacao-contra-limite-internet

Todavia, com esse limite que será benéfico apenas para as operadoras, deixa os usuários mais impossibilitados para navegar e acessar na rede, tornando a conexão mais lenta e cara, já que para você obter mais velocidade terá que desembolsar mais, e o Wifi que hoje é a grande solução para muitos internautas, será o maior vilão, assim como o internet nos telefones móveis, que são lentas e a franquia acaba antes mesmo de ligar os dados.

Por: Patrícia Visconti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s