[Cabine da Pipoca] O Florista e o extermínio das pragas sociais

Levando em conta que no mês passado foi celebrado o “Mês do Orgulho LGBT”, o curta mato-grossense, “O Florista”, que apesar de ter estreado em 2012, ganhou visibilidade novamente neste ano, após a apresentação no MIS – MS (Museu de Imagem e Som – Campo Grande/ MS) e depois foi disponibilizado ao público gratuitamente através do Youtube.

Após a apresentação no MIS – MS, onde aconteceu debates sobre crimes, homofobia e justiça e contou com a presença do diretor do curta Filipi Silveira, a produtora executiva Rose Borges, o jornalista, Guilherme Cavalcante, o sub-secretário de Políticas Públicas LGBT de MS, Frank Rossatte do psicólogo do Centro de referência em direitos humanos de prevenção e combate à Homofobia (CentrHo), Arthur Serra Galvão, além da ampla participação popular.

‘O Florista’ traz uma linguagem metafórica, em que utiliza-se flores e pragas para falar das pessoas e males que há na sociedade atual, e essas malfeitorias precisam ser exterminadas, e nisto entra o “florista”, a pessoa que faz justiça com as próprias mãos e tenta um a um, acabar com os preconceitos, insultos e calamidades vistas diariamente nas páginas dos jornais e nas ruas das cidades pelo mundo inteiro, aonde malfeitores espancam e vulgarizam suas vítimas sem dar voz ou vez de defesa.

“Quando foi lançado, o filme tinha o objetivo de levantar questões sociais em um filme de gênero, no caso o suspense. Hoje, cinco anos depois, ainda acompanhamos casos de homofobia, transfobia, crimes e barbáries escondidas por um falso senso de justiça e o aumento constante da falta de respeito ao próximo. Acredito que o curta seja uma boa ferramenta de reflexão e debate sobre o atual cenário da sociedade”, comenta o ator e cineasta Filipi Silveira que também assina o roteiro do filme.

Uma obra com muitas referências da cultura pop, como Cavaleiro de Peixes dos Cavaleiros do Zodíaco e Kurama de Yu Yu Hakusho, além alusões do Noir, Faroeste (na cena em que os personagens se encaram, mas também bem utilizado esse efeito em animes), suspense e o terror.

O curta já viajou por diversos festivais nacionais e internacionais, e acabou levando alguns prêmios durante essa jornada promovendo os males da sociedade contra o ódio, transfobia, homofobia e desinformação.

Sinopse

O mundo segundo “O Florista”, interpretado por Filipi Silveira, é como um jardim que possui belas flores e pragas que precisam ser eliminadas. Seguindo essa metáfora, iremos acompanhar uma viagem onde o destino será a mente e as motivações de um intrigante “serial killer”. Cercado de mistérios, ele alimenta dentro de si sentimentos a favor da moralidade em uma trama repleta de personagens de vida dupla.

Ficha Técnica

Elenco: Filipi Silveira (@filipi_silveira), Eneu Fett, Lizandra Sampaio, Natália Menoni, Priscilla Correia e Marcos Blasques
Roteiro e Direção: Filipi Silveira
Produção Executiva: Filipi Silveira, Rose Borges e Roberto Leite
Direção de Arte: Rose Borges
Montagem e Direção de Fotografia: Roberto Leite
Edição de Som: Kleber Nogueira
Trilha Sonora: Raphael Aguirra de Andrade
Animação: Raquel Corrêa
Efeitos FX: Leandro Assis

Assista abaixo o curta “O Florista”:

Nota: 8,0

Por Patrícia Visconti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s