[Cabine da Pipoca] Planeta dos Macacos: A Guerra

“Diga para seu coronel que não somos selvagens”

Na cena em que essa frase está inserida nós temos mais noção de quem realmente Cesar é, depois de uma grande e dramática batalha inicial ele mostra o que a humanidade já não tem mais, compaixão.

Na trama a humanidade está em seu estágio final de sobrevivência, e os que restaram estão implacavelmente a procura da casa de Cesar, onde ele, sua família e companheiros estão, até que um assassinato ocorre e muda o rumo da história tornando tudo uma caçada pessoal de vingança. Em certo momento Cesar questiona a si mesmo se ele se tornou Koba, macaco do qual não conseguiu perdoar os humanos pelas atrocidades contra si.

Mesmo um líder como Cesar tem seus momentos de ódio contra os humanos diante de tanto mal causados por eles, mas ele não se deixa cair mesmo diante da derrota e seus companheiros leais permanecem fiéis mesmo diante do fim. Um líder nato, justo, altruísta, cheio de compaixão e mais humano do que qualquer ser humano presente no filme ou nosso próprio cotidiano, Cesar mostra quem realmente é, se sacrificando, se doando, e em certo momento ele pode ser comparado a um líder religioso, Jesus, com seus braços abertos, preso, sofrendo pelos outros por ser quem é.

A Guerra, título aqui já não faz tanto sentido porque esse é menor em escala do que O Confronto, o mais dramático, pessoal, que não foca na ação ainda que ela esteja la, mas no desenvolvimento de seus personagens e sofrimento dos mesmos lidando com as mais adversas situações.

Os efeitos especiais conseguem acompanhar o incrível roteiro e drama dos personagens mostrando toda brilhante atuação de Andy Serkis através de suas feições e olhar, ele está ali, por mais que esteja por cima de uma capa de efeitos especiais, cujo trabalho da equipe alcançou a perfeição absoluta, aparência no geral, pelos, olhares, tudo extremamente real e crível. Não espere um final épico, mas digno, dramático e emocionante, onde o grande protagonista da trilogia sempre foi Cesar e o Planeta dos Macacos é levado ao pé da letra.

Nota: 10

 

Sinopse
César e seu grupo são forçados a entrar em uma guerra contra um exército de soldados liderados por um impiedoso coronel. Depois que vários macacos perdem suas vidas no conflito, César luta contra seus instintos e parte em busca de vingança. Dessa jornada, o futuro do planeta poderá estar em jogo.

Por Mike David

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s