Pitty retorna aos palcos plena e intrínseca em sua nova turnê “Matriz”

42476174_2125979914101066_677733804810436608_n
Foto por Priscila Visconti

Na última sexta-feira (21), a cantora Pitty regressou aos palcos em uma turnê nova e singular, mostrando sua verdadeira essência em cima dos palcos, mostrando uma performance repleta de atitude e dinamismo, a cantora representou à todos os presentes com sucessos que não saem da boca do povo e novidades que ainda será lançada.

A nova turnê “Matriz” começou com tudo, os fãs estavam plenos e animados com o retorno de Pitty, que trouxe a esse show alta tecnologia, maior interatividade, mas também algo mais simplício e intimista, algo inerente aos fãs. Além é claro, do belíssimo painel no fundo do palco, mostrando representatividade e força feminina, criado pela artista gráfica Eva Uviedo. Junto com Martin Mendonça (guitarra), Gui Almeida (baixo), Paulo Kishimoto (teclados) e de seu marido Daniel Weksler (bateria), trouxeram atitude e muita harmonia nesta nova formação para a nova turnê.

42638395_2126002914098766_8064226214102958080_n
Foto por Priscila Visconti

A abertura do show ficou por conta da cantora novata, mas plena de expressão, Tássia Reis, que abriu e contagiou o público com hits de sua carreira, além de fazer uma parceria única com Pitty, levando amizade e afinação na performance de “Contramão”, aonde só faltou a Emilly Barreto para fechar o trio. E ainda, fizeram uma versão de “Feeling Good”, de Nina Simone. O show ainda contou com a participação para especial do rapper Emicida.

42465239_2126019500763774_5915827759543746560_n
Foto por Priscila Visconti

A nova turnê da cantora foi aberta com plenitude e satisfatória, algo subjetivo e pertinente, como a própria artista definiu “cru e verdadeiro”, ao tocar suas canções diante àquela plateia. Também trouxe ao palco a versão de “Metamorfose Ambulante”, de Raul Seixas, com ditos ecoados pelo público de “ele não”. Movimento este que ganhou destaque dos presentes, levantando cartazes com a hastag #elenão, contra qualquer manifesto de ódio e repúdio perante a humanidade. Tanto que Martin até ergueu uma das placas, entregue por um fã, em prol a ação.

Essa primeira performance da turnê Matriz trouxe a singularidade de Pitty sob os palcos, mostrando quão sua representação não apenas ao rock nacional, mas a música brasileira é única e notável, em que traz a diversidade de público que poucos artistas conseguem levar em apenas um único lugar, numa excursão que está apenas começando, e ainda trará muitas novidades, de canções a parcerias inigualáveis.

Confira o primeiro single deste novo trabalho da cantora:



Pitty continua excursionando pelo país, e no fim desta semana segue para Fortaleza, depois Natal, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba. A artista volta à São Paulo só no fim de Novembro, para apresentações em São Bernardo do Campo e Sorocaba. Para mais informações confira em seu site oficial ou em suas redes sociais.

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s