Game of Thrones – Crítica do 1º episódio

E finalmente após muita espera, ansiedade e muitos comentários nas redes sociais, chegou a última temporada de Game Of Thrones. Com muita expectativa sobre os rumos que os personagens vão tomar e muitas perguntas a serem respondidas, tais como: quem será o rei do trono?  O Rei da Noite irá vencer? Quem são os personagens que vão morrer?

O primeiro episódio começa com um menino escalando para ver quem são os novos visitantes, algo muito parecido com o Bran na primeira temporada, o qual aguardava a chegada dos Lannister e do rei Robert Baratheon.

Com a chegada de Jon Snow e Daenerys Targaryen à Winterfell. Sob muitos olhares curiosos e alguns até mesmo de desprezo, a Daenerys desembarcou com sua comitiva e seus dois filhos dragões: Drogon e Rhaegar.

Tivemos também muitas lembranças do primeiro episódio da primeira temporada. A música ‘’King’s arrival’’ é a mesma que recepcionava Robert e sua comitiva, Arya também chegou atrasada ao encontro da família no primeiro episódio e repetiu o feito.

Aliás, o tão esperado encontro entre Arya e Jon, que não se viam desde o segundo episódio da primeira temporada, foi emocionante. Embaixo da árvore coração, o reencontro foi característico dos dois personagens: com muito afeto e muita amizade.

Outro reencontro importante da família Stark foi de Bran e Jon. Em uma conversa rápida, Jon fica emocionado ao ver o irmão (que na verdade é sobrinho) e fica confuso quando Bran responde que é quase um homem. Ele aparece nesse primeiro episódio bem certeiro, com respostas curtas e sempre prevenindo a chegada do Rei da Noite e seu exército.

Também tivemos o encontro entre Sansa e Daenerys. A Lady de Winterfell não foi muito amigável com a mãe dos dragões e foi nítido o desconforto entre ambas. Sansa protegeu Winterfell durante o tempo que Jon estava ausente e não se sente feliz quando percebe o poder que Daenerys exerce sobre o irmão (que na verdade é tio).

Esse primeiro episódio se seguiu como um amarração e solucionando algumas pontas que ficaram soltas nas temporadas anteriores, Sam descobriu sobre o fim de seu pai e seu irmão que apesar de não muito apegado sente a perda.

Sam acaba revelando a Jon um dos maiores segredos da série, sobre seus pais e que ele é o verdadeiro herdeiro do trono. A série acerta em mostrar que Jon entra em hesitação  por ter prometido sua lealdade a Daenerys.

Será interessante ver esse conflito de Jon e como ele irá se encontrar em meio a esse dilema: continuar em apoio a sua rainha? Ou se rebelar e disputar o trono?

O episódio foi mediano, sendo justo,é mais do que certo que a série sofreu com as expectativas que estavam estratosféricas com o retorno da série. Em alguns pontos deixando a desejar, como a cena Jon e Daenerys com os dragões que poderia ter tido um cuidado mais especial, mas em nenhum momento o episódio chega a decepcionar. Por ser uma temporada com menos episódios a pressa em solucionar algumas questões também pode prejudicar a série o que não aconteceu nesse episódio pelo menos.

Só nos resta esperar para que os próximos episódios tenham tido o devido cuidado para que podemos ter o encerramento épico que a série merece.

Game of Thrones é exibida aos domingos às 22h pelo canal pago HBO.

Por AnnaLu Oliveira e Lucas Henrique

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s