“Crie como uma garota” realiza a primeira edição do festival com êxito e contentamento

criecomoumagarota

Na última quinta-feira, dia 25, as minas se reuniram para falar sobre as mulheres na sociedade, divulgar suas artes e trabalhos, trocar ideias e beber uma cerveja, pois ninguém é de ferro, depois de pensar muito e conversar mais ainda.

58420357-347659729432004-4343937658410500096-nO festival “Crie como uma Garota” aconteceu no Museu da Image e Som – MIS SP, idealizado pela artista e grafiteira Tami Lemos, que visou com esse evento uma maneira de resistência feminina, para que todas tenham a oportunidade de mostrar e se expressar de forma ímpar e igualitária, trazendo em plenitude a força das meninas e a visibilidade que elas possuem.

No evento rolou uma feira variada de projetos executados e produzidos por mulheres, que só querem ser vistas e ouvidas, e por não terem uma chance diante a uma sociedade patriarca e misógina, resolveram por si mesmo mostrar suas caras e criar suas próprias oportunidades.

Além disso, rolou painéis distintos, com grandes nomes das artes, publicidade, ativismo e empreendedorismo, trazendo ao público uma abertura singular e geral de ideias, propagando a igualdade e a discriminação feminina diante ao mundo dos homens.

58380494-581180249054521-2181190259281231872-n

Foram quase oito horas de um festival, ovacionado por todos os presentes, que a todo momento presavam por mais eventos como esses, em que a mulher pode ter voz e vez, e não apenas ser uma “assistente” do patriarcado, que usurpa das ideias das minas, e depois recebe todo o crédito como o dono da verdade.

58379096-279471556261784-8261330617027788800-n
Ana Cavalieri – Autora e quadrinista da HQ Orange Night Girls.

Como foi dito durante o evento, as mulheres precisam se unir, e não competir, para quando chegam lá em cima, virarem o que eles são, terem todos beijando os seus pés e enriquecendo com o trabalho e ideais de outras mulheres, que também querem uma brecha para serem compreendidas e ouvidas.

“Crie como uma garota” é um festival essencial, para mostrar a união e força feminina, diante as mentes androcêntricas que resistem em pleno século 21, ressaltando seus ideais e levando consigo todas as minas com você nesta causa, lutando contra os moldes e padrões estipulados pela sociedade.

Por Patrícia Visconti

Uma consideração sobre ““Crie como uma garota” realiza a primeira edição do festival com êxito e contentamento”

  1. Esplêndido evento, maravilha estar com mulheres, falando de mulheres, para mulheres. Como me sinto bem entre mulheres! Parabéns, Tami, e todas as mulheres que deram voz e talento em cada milímetro deste evento. Obrigada vocês do Barquinho que estavam lá pra cobrir. Estamos juntas, Contem comigo! Tarsila

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s