Andy Serkis assume a direção de Venom 2 que estreia em 2020

legiao-f25p-FKo-OUCt0jecbr-IYV1vn-HTZ8g4i-AWsq-Ll-S7-Bzd-jpg

Andy Serkis foi anunciado como o diretor oficial da sequência do novo filme do Venom 2, Serkis que é bastante conhecido principalmente nos papéis que se utilizam da tecnologia de captura de movimento, mas também tem em seu currículo o longa Mogli: Entre Dois Mundos, da Netflix. O ator e cineasta postou em seu Twitter uma selfie com a sexta edição da revista em HQ “Venom: Lethal Protector”, uma série do início dos anos 90, que inclusive serviu de base para o primeiro filme do simbionte dirigido por Ruben Fleischer.

legiao-3mup9-Yi-Hn-WVK6-Z0-Axw-CLXj-Febt-D4k-Gazs2-NTIPq-M8d-jpgA Sony já havia agendado uma sequência da adaptação da HQ, com a estreia prevista para outubro de 2020, mas ainda não existe nada oficial, porém os rumores apontam para que seja a sequência de Venom, levando em conta que o primeiro filme também foi lançado em outubro. Esse anúncio de Serkis, veio logo após dos rumores que Tom Hardy levantou em uma publicação em seu Instagram ao comentar sobre um possível novo responsável pela sequência do filme.

Andy Serkis foi até Los Angeles na semana do dia 22 de julho para se reunir com a Sony e discutir sobre alguns novos projetos. Kelly Marcel, que foi roteirista do primeiro Venom, também está envolvido. É esperado que Tom Hardy retorne para o papel do anti-herói, junto de Woody Harrelson, que viverá o vilão Carnificina. A continuação de Venom ainda é bem escassa.

Mas, é bem provável que Eddie Brock e Venom enfrentam ninguém menos que o Carnificina, visto que na cena pós-crédito do primeiro filme traz Woody Harrelson na pele de Cletus Kasady. Como o Andy mostrou em em seu Twitter a HQ Lethal Protector, lançada em 1993, a trama do longa será com base nesta história, em que trata da primeira história em quadrinhos protagozida por Venom, em que a Marvel Comics tomou a decisão após notar a popularidade do vilão e optar em transformá-lo em um anti-herói.

75733Essa história foi minissérie de seis edições, escrita por David Michelinie e colorida por Mark Bagley, três primeiras edições, Ron Lim e Sam DeLarosa, que ficaram a cargo de colorir as três últimas. No Brasil a revista foi lançada como uma publicação do Homem-Aranha pela Editora Abril, e chegou por aqui em setembro de 1996.

A trama da história em Venom: Lethal Protector, começa quando o Venom propõe uma trégua para o Homem-Aranha, em que o amigão do vizinhança aceita essa tal proposta, que desde que seu rival e o simbionte não cometessem mais crimes e para sacramentar essa mudança em sua vida, Eddie Brock se muda de Nova York e vai para São Francisco. Nessa mudança, o repórter aproveita para deixar de ser o vilão e se concentra em se transformar em um anti-herói, começando a salvar pessoas.

Show-ImageEssa aparição de Venom chama muita atenção na população e nas autoridades, fazendo que o Homem-Aranha vá até São Francisco confrontar o anto-herói, em que ao chegar na Califórnia o herói acaba juntando forças pela com o Venom e pela primeira vez eles lutam contra os gangsteres que Eddie atacou, já que eles estavam fazendo mal a um grupo de pessoas de rua.

A história vai passando e o Homem-Aranha acaba descobrindo um filho de Venom e enquanto ele procura seu ex-inimigo ele se depara com uma mostra de simbionte Scream. O herói acabou se infiltrando na Fundação e descobre outros simbiontes criados pela empresa, Phage, Lasher, Agony e Riot, que ambos foram criados com o intuito de serem os protetores da humanidade em um futuro pós-apocalíptico que Drake acreditava se concretizar.

venom-2019-m-TVv-Sd6

Porém antes que o Homem-Aranha pudesse parabenizar o Venom, ele e Eddie acabam desaparecendo e no final de Lethal Protector mostra que por conta de suas ações, o repórter e o simbionte foram aceitos como guardiões de uma cidade subterrânea. Mas a trama de Lethal Protector, serviu como uma inspiração parcial do primeiro filme de Venom, afinal Carlton Drake foi o grande vilão da aventura e ele era que sequestrava moradores de rua para realizar seus experimentos com os simbiontes coletados no espaço.

Lethal-Protector-Venom-1

Esperamos que com Andy Serkis na direção ele explore ainda mais a história, já que no primeiro filme de Venom não teve muita exploração na trama original, sendo um filme ameno e com grandes problemas nas partes da adaptação original.

Venom 2 tem previsão de estreia no dia dois de outubro de 2020, será produzido pela Columbia Pictures em associação com a Marvel e a Tencent Pictures e distribuído pela Sony Pictures, com Tom Hardy como Venom e o Eddie Brock e na direção o grande astro Andy Serkis.

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s