“Não encontrei o passado, tenho que voltar” – O novo livro bem-humorado sobre a arte de envelhecer do escritor José Carlos Mello

Eliana2.jpg

O novo livro do autor José Carlos Mello, um engenheiro civil formado, com mestrado e doutorado, no qual trabalhou por mais de 30 anos em sua profissão, publicando diversos livros técnicos de sua área, e agora José Carlos lança seu primeiro romance pela Editora Octavo “Não encontrei o passado, tenho que voltar“, em que tem como protagonista da obra um personagem que apresenta sua vida em um ar bem-humorado, expondo os dilemas do envelhecimento.

Afinal, a velhice chega para todos, esse livro mostra uma viagem apresentando todos os medos, desejos, descobertas, perdas, alegrias e, principalmente os dilemas do envelhecimento, tais como a passagem do tempo que se revela para alguns uma transição cruel, mas para outros um privilégio que só quem já caminhou bastante pode experimentar.

unnamed.jpgNa trama do livro temos Archibaldo, um professor aposentado que passou boa parte de sua vida se dedicando ao estudo do teorema de Fermat, um cara solitário, porém nem por isso ele se considerava uma pessoa infeliz. Archibaldo recebe uma notícia de seu irmão Adamastor, um homem idoso e doente, com quem não tinha contato há muitos anos, em que está morando novamente na cidade. Nessa volta ao passado ao encontrar seu irmão, ele vai ao encontro no Hotel Versailles, um lugar excêntrico onde também moram outros idosos com suas histórias, às vezes doloridas, outras recheadas de humor.

A partir daí, Archibaldo irá se deparar com sua própria história, relembrando sua infância e a admiração que tinha pelo irmão mais velho, além da convivência difícil com seus familiares e dos anos vividos nos bancos escolares.

1148143610_4aa3dcf7d2_o.jpg

Uma volta ao passado de uma forma bem-humorada e fluída, expondo os dilemas do envelhecimento. Afinal envelhecer não é a pior coisa do mundo, pois se pessoa está envelhecendo significa que já viveu o bastante para relembrar e refletir sobre todas as coisas que já viveu e isso que José Carlos, que passar em seu novo livro
“Não encontrei o passado, tenho que voltar”.

O livro está à venda nas grandes e pequenas livrarias de todo o país, também no através da Editora Octavo e no formato e-book pela Kindle, são 238 páginas que te levam à uma viagem ao passado, refletindo com bom humor a realidade desses personagens, no qual é vivida individualmente por pessoas que não tem medo de envelhecer no qual diversas leitores vão se identificar com a trajetória do seu Archibaldo.

PB210060.jpg

 

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s