‘Tina – Respeito’: Um álbum que fala mais do que feminismo, mas de respeito

66342643-2228587400543101-5219400397340278784-n

A nova graphic MSP traz um assunto delicado, mas que ainda é muito conflitado, o assédio. Uns acham que é frescura, você ter suas próprias decisões e opiniões, outros de que isso já é pauta batida, pois toda hora se vê na TV e nos meios de comunicação. Mas, a verdade é que o abuso é a ignorância ainda é dominante e tem crescido exorbitavelmente na sociedade atual.

Primeiro dizem que são suas escolhas que determinam seu futuro, na sequência já vem o pedido para estender além do horário do expediente, e se você não ficar, é mandado embora e julgado, alegando que você não tem ambição e nunca irá prosperar da sua vida profissional.

Quem nunca precisou segurar as barras da pressão social abusiva que aqueles que estão acima, obriga você a passar? Será que para prosperar profissionalmente é necessário abdicar de seus princípios pessoais?

Em ‘Tina – Respeito‘, a autora e ilustradora Fefê Torquato traz de forma delicada e sútil um tema evidente, mas pouco explorado como se deve, com precisão e determinação. Pois muitos falam sobre abusos e obsessão de posse de alguém, mas poucos abrem um debate plausível e relevante, sem explorar com precisão. Fefê mostra nesta graphic novel que as atitudes e decisões podem ser primordiais nas escolhas para sua vida pessoal, representando a força de muitas mulheres que passam por isso, mas nem notam que estão sendo abusadas, mesmo sendo apenas com palavras.

69491600-2316729861728854-7180086399989710848-n

Na trama uma das personagens mais clássicas do Universo MSP, Tina, entra num dilema, em conquistar o cargo almejado em uma grande redação de um dos principais jornais da cidade, ou continuar sua rotina solitária e produtiva, produzindo conteúdo para seu blog. Porém, seu sonho pode se tornar o seu pior pesadelo, e colocar suas convicções na berlinda. Mas, como seu futuro só depende dela mesma, ela irá reverter esse joguinho de cartas marcadas e buscar seus anseios de outro maneira, nem mesmo se ela precisar renunciar de um sonho, mas conquistar seguramente o que ela aspira com exatidão.

Um álbum que toca diretamente sobre a posição e o propósito em seguir adiante com seu futuro e as conquistas características de seu desígnio, e também como você irá chegar até seu objetivo, pelo caminho fácil e satisfatório, ou lutar pelas suas conquistas e desmascarar o câncer social?

Por Patrícia Visconti

Nota: ⭐⭐⭐⭐⭐

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s