“O MISTERIOSO LAR CAVENDISH” – UMA HISTÓRIA SOBRE A IMPORTÂNCIA DA INDIVIDUALIDADE

IMG-3701-ed-768x512

O Misterioso Lar Cavendish (2012), é o romance de estreia da autora norte americana Claire Legrand, que conta a história de Victoria, uma garotinha muito estudiosa e organizada, que ama ter uma rotina regrada e hábitos impecáveis, ao contrário de Lawrence, que a maioria de nós diria ser amigo de Victoria, porém ela prefere referir-se a ele como seu “projeto especial”, pois o único objetivo da menina ao aproximar-se dele era consertá-lo.

Claire-Legrand-author-photo-680x1024Lawrence é diferente de todas as pessoas em Belleville e não consegue esconder suas excentricidades de maneira alguma, muito menos mudar seu jeito de ser, algo que sempre provoca irritações em Victoria. Todos os dias as duas crianças se encontram para caminharem juntas até a Academia de Belleville, até que um dia Lawrence desaparece e ninguém além de Victoria parece perceber seu desaparecimento. Victoria agora quer encontrar seu amigo e entender o motivo de ninguém na cidade se importar com a ausência misteriosa de Lawrence e várias outras crianças enquanto todas as pistas sobre o paradeiro deles apontam para o Lar Cavendish, uma casa estranha que supostamente é o lar de crianças órfãs.

CAVENDISH-hi-res-1-677x1024Minha leitura iniciou lenta e demorei um pouco para pegar o ritmo da história e me empolgar com a trama que ela me oferecia, porém acredito que aos poucos essa obra misteriosa e intrigante conseguiu me conquistar e me fazer refletir sobre diversos temas que não tinham muito em comum com a história central. E talvez por essa razão ela me pareça muito mais genial do que acreditei a princípio.

1122-20140904144011É interessante quando percebemos que um livro com um enredo tão simples pode despertar tantos questionamentos sobre o mundo em que vivemos e até mesmo sobre quem somos. Ao final do livro, percebi que passei muito tempo pensando na história que eu havia lido e como ela “cresceu” em minha mente.

É um livro muito excêntrico, pode parecer não fazer sentido algum, mas garanto que possui mais sentido do que apresenta no início, a ponto de a própria protagonista encontrar coisas sem sentido para apontar. Fiquei encantada com a quantidade de sentidos metafóricos que encontrei para essa história em particular, especialmente em relação à nossa dependência da aprovação de terceiros para conseguirmos nos encaixar em determinados padrões ao invés de simplesmente sermos quem somos realmente.

16316417932-f7e77b7834-c

Por que temos que nos encaixar em padrões? Esse livro me fez refletir o quão bizarra é essa necessidade de tentarmos nos assemelhar tanto com outras pessoas de forma a inclusive agir como elas, a ponto de apagar quem somos. Será que vale mesmo a pena criar uma identidade ilusória para agradar vontades de alguém que nem mesmo conhecemos? O misterioso Lar Cavendish me fez entender ainda mais o quanto é importante manter-se verdadeiro consigo mesmo e jamais desistir de sua individualidade.

16316404952-8be4a40bcd-c

Além dessas questões, algo que me agradou muito foram os personagens tridimensionais e a forma como eles se comunicam, os diálogos são impactantes e os personagens são tão reais que eu não me impressionaria de encontrá-los em algum momento da vida.

Apesar de ter gostado de todos os personagens e de sua construção autêntica, meu personagem preferido é com toda certeza Lawrence, um pianista extremamente talentoso que mantém-se verdadeiro consigo mesmo e suas convicções durante todo o livro.

16317257785-7d907eddfb-c

Outro ponto admirável desse livro é a escrita fluida e o fato de a autora não ter receio algum de chocar os leitores, algo que talvez possa incomodar alguns, portanto afirmo que esse livro não é para todos os tipos de leitores. Creio que possa agradar aqueles que gostam de terror até certo ponto, pois apesar de flertar com o horror e poder até mesmo assustar os leitores que não estão acostumados com o gênero – inclusive eu mesma -, ainda é um livro infanto-juvenil.

IMG-3723-ed-768x512
Também não o indicaria para quem estiver procurando um livro com o estilo de Stephen King, mas o que posso garantir é que se você gostou de Coraline (Neil Gaiman) irá se apaixonar por O misterioso Lar Cavendish.

Por Fernanda Iana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s