Sally Face – Uma alternativa para o Terror Convencional

maxresdefault

Recentemente tive o prazer de experimentar jogos de terror, e como algumas pessoas me conhecem, eu sou particularmente exigente com esse gênero, visto que muitos constroem sua narrativa, drama e horror baseado em imagens fortes, jumpscares e outros clássicos clichês do gênero, embora usando algumas estratégias, alguns títulos grandes conseguem sobreviver no mercado e até mesmo criarem sua própria cultura, como foi o caso de Slenderman e a franquia Five Nights at Freddys.

Não nego que não há nada melhor do que um bom e velho terror psicológico, algo que te faça refletir e se sentir intrigado do início ao fim, uma aventura com uma temática um pouco mais adulta, mas que consiga cativar o jogador de forma com que ele continue atento ao enredo e aos desafios propostos. Foi pensando nisso que encontrei Sally Face, um jogo simples, divertido e assustador à sua medida.

Sally Face é um jogo independente criado pelo desenvolvedor Steve Gabry e foi responsável pela programação, criação de arte e composição musical. Foi distribuído pela Portable Moose e lançado no ano de 2016. Disponível nas plataformas Windows, Linux e Mac.

Sally Face é um jogo 2D, com visuais feitos a mão e animações simples, mas o enredo combinado com uma boa dose de criatividade é o que faz a magia acontecer. Seu enredo é simples e assustador, no qual o terror é construído na antecipação e no suspense.

screen-1

O jogo se passa quando o jovem Sal Fisher se muda para um apartamento antigo, junto ao seu pai. Sal sofreu um acidente quando era mais novo, que o fez perder metade do rosto e para evitar constranger as pessoas ao redor com sua aparência, ele usa uma máscara prostética em seu rosto e adotou um visual andrógeno. A vizinhança é um pouco estranha, as pessoas evitam contato entre elas, a maioria dos apartamentos estão vazios e o último andar
do prédio está fechado para manutenção já faziam décadas e para piorar, no apartamento vizinho ao de Sal, havia acontecido um assassinato na noite anterior. Enquanto procurava conhecer a vizinhança, ele se depara eventualmente com Larry e ao conversarem sobre música e seus interesses, eles acabam se tornando amigos e decidem investigar o que houve na cena do crime. É quando eles se deparam com violência e atividade paranormal no recinto.

alleps2

A construção dos personagens é incrível, a início, Sal é um dos poucos personagens andróginos em que consigo me recordar, ainda mais em seu gênero. Geralmente os personagens o chamam pelo apelido “Sally Face”, inicialmente maldoso, mas que o personagem adotou para evitar o bullying durante seus anos na escola. Sua coragem e senso de humor aguçado para situações paranormais fazem com que ele se torne aos poucos um verdadeiro investigador paranormal.

O jogo se baseia em resolução de puzzles, alguns simples, outros complexos e outros requerem um pouquinho de criatividade para entender e resolver. Simbolismo e semiótica são fundamentais para a construção do suspense, e tudo indica para algo extremamente assustador, as portas, a trilha sonora, a decoração macabra, simbolismos religiosos e personagens pagãos fazem aparições. A maioria das reflexões são causadas de forma até um
pouco surreal, usando diversos instrumentos, sons e criaturas que muitas vezes, sequer existem.

screen-10

Há cenas extremamente gráficas no decorrer dos 5 episódios, portanto não é adequado para pessoas sensíveis a violência gráfica, muito menos para quem se assusta rápido com temática horror. Para os fascinados em jogos de terror mais modernos ou que apelam para o visual ou para o susto momentâneo, talvez esse seja um bom jogo para quebrar um pouco a rotina. Para o jogador menos interessado na temática, recomendo pegar um outro jogo, visto que os puzzles podem acabar deixando a jogatina mais lenta e as vezes frustrantes.

Afirmo ser uma experiência única e que sai completamente dos padrões vistos comumente nos jogos de terror, visando uma experiência lenta, com enredo complexo e que requer diversas pausas para refletir e compreender os próximos passos a fazer. O jogo possui uma dificuldade gradual, sendo fácil para qualquer jogador aos poucos se aprofundar no enredo e mergulhar na história.

Por Leonardo Borges

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s