10 LIVROS PARA CURTIR NO CARNAVAL

carnavalliterario

Começou nesta semana, no dia 22 de fevereiro, uma das festas mais esperadas pelos brasileiros: o Carnaval. Evento extremamente popular e vibrante, é conhecido em todos os cantos do Brasil, celebrado de muitas maneiras diferentes em cada região do país da forma mais alegre possível. Entretanto nem todos os brasileiros se interessam em participar da folia nas ruas, preferindo então, aproveitar a semana livre do feriado mais agitado do calendário lendo livros ou maratonando séries. Como eu faço parte do segundo grupo, preparei uma lista especial de livros (alguns deles, meus preferidos) para aqueles que quiserem aproveitar um carnaval mais literário possível.

15-dias

Quinze Dias (2017) – Vitor Martins
Para iniciar nossa lista, escolhi o romance de estreia do autor LGBTQ+ Vitor Martins. “Quinze Dias” conta a história de Felipe, um garoto gordo que está no último ano do Ensino Médio e sofre bullying todos os dias na escola por conta do seu peso, ele mora com a mãe e não tem nenhum amigo. O livro inicia quando a mãe de Felipe lhe comunica que hospedará seu vizinho Caio durante quinze dias enquanto os pais deles estão em uma viagem de férias.

Um romance muito fofo e real, com personagens tridimensionais e incrivelmente humanos, a obra se desenvolve ao contar a história de um rapaz inseguro com a própria aparência, que ao permitir-se enxergar mais sobre si mesmo, consegue entender que nem sempre quando características são alvo de críticas, significa que sejam aspectos ruins. Trata-se de uma verdadeira jornada de auto-conhecimento.

Por se tratar de um livro que se passa nas férias escolares do protagonista, acho interessante aproveitar os dias de folga que o feriado nos permite para participar das férias de Felipe e Caio, dois personagens muito fofos, que me trouxeram uma sensação de coração quentinho. Se você gosta de romances e adora livros bem humorados, Quinze Dias é o que recomendo para o seu carnaval.

IMG-20170813-142318971

Enraizados (2017) – Naomi Novik
Para manter a paz com a Floresta perigosa que cerca um vilarejo, um poderoso feiticeiro a quem todos chamam de Dragão recolhe uma garota da vila a cada dez anos e a leva para seu castelo. O que ele faz com elas? Ninguém sabe, mas para manter a tranquilidade do povo, a vila paga seu preço de bom grado, mesmo que a única informação concreta que tenham é que depois que ele as solta, nenhuma delas deseja viver naquela vila novamente, todas retornam estranhas e reclusas, para partirem para bem longe logo em seguida. Todavia esse é o menor de seus temores, pois a Floresta é temida e alimenta um mal desconhecido e terrível, do qual apenas o Dragão os pode proteger.

Neste contexto, conhecemos as melhores amigas Agnieszka e Kasia, que estarão entre as meninas que podem ser escolhidas na próxima seleção do mago. Apesar da constante tensão que ocorre entre as seleções, é de conhecimento comum que a próxima escolhida será Kasia, portanto Agnieszka deseja passar o máximo de tempo possível com sua melhor amiga antes de vê-la partir para sempre, mas será que Kasia é realmente a escolhida?

Conhecido também como meu livro preferido, a mitologia de “Enraizados” é inspirada em lendas do folclore eslavo e possui uma atmosfera densa, sombria e envolta em uma magia poderosa, que a autora consegue transmitir muito bem com sua escrita igualmente forte. A obra é ambientada no inverno e acredito que seja uma excelente escolha para aqueles que – assim como eu – sejam apaixonados por literatura fantástica.

nova-jaguaruara-igreja-OK

Nova Jaguaruara (2017) – Mauro Lopes
Todos os dias pontualmente à meia noite todas as luzes de Nova Jaguaruara se apagam durante exatamente um minuto, esse fenômeno pode intrigar os turistas, porém os habitantes da cidade já estão acostumados com tal estranheza. Por ser uma pequena cidade no interior do Ceará, ela possui suas lendas como toda cidade interiorana as tem, mas diferentemente das outras, Nova Jaguaruara também possui perigos que poucos conseguem imaginar.

Nesta obra acompanhamos a excursão de uma equipe de cientistas em Nova Jaguaruara, que busca estudar as condições que a região tem para a instalação de torres de energia eólica e talvez resolver o problema da queda de energia diária da cidade. Alguns boatos peculiares rondam o lugar sobre o desaparecimento de pessoas da cidade e a única recomendação dos habitantes aos turistas desde o primeiro dia é que não se aproximem da velha igreja que fica na beira da estrada. Entretanto nenhum deles segue a regra e logo os mistérios de Nova Jaguaruara os envolve de uma forma quase impossível de escapar.

“Nova Jaguaruara” é sem dúvida o melhor livro de terror que já li, apesar de não ser entusiasta do gênero, admito que essa obra me prendeu de tal forma que até então eu não acreditava ser possível, tanto para uma obra de horror quanto para minha pessoa. Logo, se terror é seu gênero literário preferido, Nova Jaguaruara é, certamente, um livro que merece sua atenção.

grimm1
Um conto sombrio dos irmãos Grimm (2015) – Adam Gidwitz
Um reconto inspirado na história de João e Maria, tendo ambos como protagonistas desta estranha fábula reimaginada, na qual os mais famosos irmãos da literatura são filhos de um rei e uma rainha, porém muitos empecilhos peculiares os fazem perder-se na floresta e encontrar a bruxa devoradora de crianças. Contudo apesar de ser a mais conhecida, essa não é a única aventura dos irmãos, que se deparam com bruxas, magos e terríveis perigos inimagináveis.
Um livro totalmente inusitado que me conquistou com sua estranheza e me impressionou com a violência poética presente em suas páginas, para os amantes dos contos de fadas com um toque de novidade e terror, esse reconto é a melhor opção.

a-princesinha-detalhe

A princesinha (1905) – Frances Hodgson Burnett
Sara Crewe é uma menina muito inteligente e responsável que vive com o pai na Índia, o qual garante que mesmo sem a presença da mãe, a filha tenha uma vida feliz. Quando chega a idade da menina ingressar na escola, Sara e seu pai viajam para a Inglaterra, onde ela é matriculada na Escola para Meninas da Srta. Minchin, uma mulher gananciosa e cruel.

Logo após o pai da menina supostamente ser dado como morto na guerra, deixando Sara sem dinheiro algum, Michin resolve fazer a vida da menina transformar-se em um verdadeiro inferno.
A história de Sara é comovente e inspiradora, uma garota incrível e decididamente uma das minhas protagonistas mais queridas da literatura. Para quem adora um bom drama com final feliz, “A princesinha” é a sua indicação para o carnaval literário.

IMG-20200224-WA0004

Incidente em Antares (1971) – Erico Verissimo
Ninguém morre na cidade de Antares faz um bom tempo e o motivo disso ainda é um mistério, mas quando em um dia sete pessoas falecem na cidade, os supersticiosos alegam ser um mal presságio. Não poderia existir momento pior para essas sete pessoas morrerem do que no meio de uma greve geral de coveiros, que obviamente por estarem em greve recusaram-se a enterrá-las.

Essa questão não seria um problema para nenhum dos moradores de Antares se os sete mortos não resolvessem levantar-se de seus caixões e passassem a caminhar pela cidade. Essa obra é um dos meus livros favoritos: a escrita de Veríssimo, com seu humor ácido e críticas sutis me encantou, seu estilo de escrita é prazeroso e flui com facilidade, além de ser muito acessível. Para os leitores que admiram grandes clássicos brasileiros, como Machado de Assis e suas críticas poéticas, “Incidente em Antares” é a minha recomendação.

livro-cemiterio

O livro do cemitério (2008) – Neil Gaiman
Um bebê caminha sozinho até um cemitério após presenciar seus pais e irmã serem brutalmente assassinados por um homem chamado Jack. Ao chegar, o bebê é acolhido por um grupo de fantasmas, que lhe nomeiam Ninguém Owens, carinhosamente chamado de Nin. O garotinho é adotado por um casal de fantasmas e as criaturas que habitam o cemitério são a única companhia que ele tem.

Nesta releitura de “O livro da Selva”, no qual Ninguém representa o personagem Mowgli, Gaiman utiliza novamente seu estilo de escrita lúdico-sombria para nos contar a história triste e adorável de um garotinho humano que possui seres espectrais como família.

“O livro do cemitério” é uma história emocionante e divertida, na qual acompanhamos a rotina e as aventuras de um menino inteligente e independente. Para aqueles que amam livros do gênero infanto-juvenil ligeiramente macabro, esta obra de Neil Gaiman bem como “Coraline” são a minha dica para seu carnaval.

Pics-Art-12-08-11-02-45

A garota no trem (2015) – Paula Hawkins
Todos os dias, exatamente às 8h04 da manhã, Rachel embarca no trem em Ashbury com destino à Londres. Por possuir uma vida entediante, a moça gasta seu tempo no transporte observando as vidas dos moradores das casas próximas à linha ferroviária, em especial a casa de número 15, na qual vive um jovem casal a quem ela chama de Jess e Jason e imagina que vivem uma vida perfeita.

Entretanto em um dia que até então parecia normal, Rachel presencia uma cena chocante que pode abalar a vida do casal alguns segundos antes de o trem seguir viagem. Poucos dias depois, Rachel descobre que a mulher que ela fantasiava ter o nome Jess, chamava-se na verdade Megan e havia sumido. Diferentemente de outras pessoas, que seguiriam com suas vidas normalmente, Rachel resolve investigar o desaparecimento da moça.

Um livro hipnotizante, com uma trama densa, marcado por uma narrativa perspicaz e atraente. Para aqueles que se interessam pelo gênero de suspense e adoram livros de terror psicológico, “A garota no trem” é a indicação perfeita para o seu feriado.

a-sombra-do-vento-1280x1024

A sombra do vento (2001) – Carlos Ruiz Zafón
Existe um conhecimento popular de que a cidade de Barcelona possui seus segredos e Daniel Sempere sempre suspeitou disso, porém suas teorias foram confirmadas quando seu pai o leva para uma biblioteca no centro histórico da cidade, conhecida como o Cemitério dos Livros Esquecidos. Um lugar cercado de histórias não contadas, recheado de livros raros e um deles chama a atenção de Daniel: A Sombra do Vento, que se torna o livro favorito de nosso protagonista.

Todas as lições que a vida poderia ensinar a Daniel estão estampadas nas páginas de A Sombra do Vento, no qual o autor conta duras verdades ao rapaz enquanto ele prossegue com a leitura. Em um dado momento, Sempere decide procurar o paradeiro de seu escritor preferido.

“A Sombra do Vento” é uma obra de estilo gótico, impregnada de paixão e aventura, uma das melhores leituras que já realizei na vida e pretendo relê-la em breve. Para aqueles que admiram livros de suspense com nuances de excentricidade, “A Sombra do Vento” é a melhor escolha.

O-Poder

O poder (2018) – Naomi Alderman
Algo muito inusitado está acontecendo com todas as mulheres do mundo todo, que estão desenvolvendo poderes de eletricidade. Esse fenômeno as faz ter a habilidade de gerar energia bem como de matar uma pessoa eletrocutada em questão de segundos; em pouco tempo as notícias se espalham e o caos é instaurado. Por que só as mulheres possuem essa dádiva? Ou seria uma maldição?

Acompanhamos a trajetória de algumas personagens em diversos cantos do planeta e vemos como o novo poder está alterando aos poucos a política, as artes, as convenções sociais e a própria história.

Uma distopia ambiciosa, com um enredo revolucionário, “O poder” conta o que aconteceria com o mundo se as mulheres soubessem que tem o poder de dominá-lo. Repleto de críticas à sociedade patriarcal em que vivemos e questionamentos sobre a relações de poder que nela existem, assim como mostrando-nos que a igualdade é fundamental para que uma sociedade seja considerada sadia. Esse livro é recomendado para aqueles que admiram distopias e não tem receio de discutir e questionar sua própria realidade.

Todos os livros resenhados estão disponíveis nas principais livrarias do ramo e também em suas respectivas editoras.

 

Por Fernanda Iana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s