Altered Carbon traz novidades e poucas impressões no segundo ano da série

altered-carbon

30 anos se passaram desde que Takeshi Kovacs retorna para a cidade cyberpunk de Bay City, agora com uma nova missão, encontrar sua amada Quellcrist Falconer (Renée Elise Goldsberry), que mesmo dado como morta há séculos atrás, ela ainda se está viva, porém com alguns lapsos de memória, causados por um vírus instalado em seu corpo. E para que Falconer seja encontrada, Kovacs contará com a ajuda da caçadora de recompensas Trepp (Simone Missick), que está em busca no único soldado sobrevivente dos Emissários, Takeshi Kovacs, que nesta temporada o protagonista ganhou uma nova face, sendo interpretado por Anthony Mackie, essa nova “capa” do agente é ainda mais turbinada e repleta de novas tecnologias.

Todavia, mesmo décadas passadas, Kovacs ainda será assombrado por seu passado, ainda ainda mais com a presença do Coronel Ivan Carrera (Torben Liebrecht), e entrará na frente para que o encontro de Kovacs e Falconer não aconteça, até um clone utilizando a antiga “capa” do agente – interpretado pelo ator Will Yun Lee – será criado, para matar e aniquilar todos os planos e sua missão, passando por cima até mesmo de grandes políticos para defender tais ideais e seguir a ordem do Protetorado.

altcarb

Além disso, a série vem mais leve e direta, diferente do primeiro ano, desta vez os objetivos alcançados estão mais claros e os episódios menos densos e complexos, porém ela ainda continua com muita ação e romances calorosos em seu decorrer.

Outro personagem essencial para a trama é Poe (Chris Conner), que apesar da memória não ser mais a mesma, como quando ele auxiliou Kovacs em Bay City, ele ainda traz os melhores diálogos e tiradas nesta temporada, ora engraçado, com umas pitadas sarcásticas, sempre simpático e companheiro, até mesmo quando o agente o demite e ele busca sozinho encontrar meios para o ajudá-lo.

altered-carbon-netflix

O seriado ainda conta com uma presença feminina forte e combatente pelas suas pretensões, não deixando homens dominaram a situação e mostrando seus reais ensejos de luta e contestação, focado num mundo particular diferente daquele apresentado na temporada anterior, mas sem tirar a essência cyberpunk com altas tecnologias, lasers e cores vibrantes, mesmo mostrando um lugar mais obscuro, como um ‘gueto’ no submundo da capital.

l-F4w-Mo9-WBs51o9ptng47-ITHwu-Jr

A segunda temporada de Altered Carbon como dito acima está mais direta, desígnio, que fazem o espectador se prender e focar diretamente nos oito episódios, de aproximadamente 50 minutos cada (mais curtos do que na temporada anterior), tornando a série mais rápida e menos cansativa.

As duas primeiras temporadas encontram-se disponíveis no streaming da Netflix.

 

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s