André Azenha apresenta seu novo livro “Batman: A Série Animada: Uma Revolução dos Heróis na TV”

bat-sinal-batman-80-anos-geek-publicitario-destaque

O jornalista e crítico de cinema André Azenha está preparando para lançar mais um livro de autoria própria, sobre as séries animados e revolução das animações dos super-heróis da televisão. Azenha escreveu o livro Histórias: Batman e Superman no Cinema (2016), e ao lado de sua esposa Paula ele dirige o maior festival de cinema da baixada santista, o Santos Film Fest – Festival Internacional de Cinema de Santos. Além das colaborações que ele faz para os principais veículos do litoral paulista como jornais, rádios e TVs, comentando sobre o cenário da sétima arte e resenhando os filmes recém lançados.

“Este livro é a minha dissertação de mestrado, mas adaptado, com o intuito de servir de pesquisa para acadêmicos, estudantes, mas também agradar aos fãs do Batman, de histórias em quadrinhos, de heróis em geral e quem deseja conhecer mais sobre o personagem e esse programa televisivo que marcou gerações”, ressalta André.

IMG-6837

André também ministra cursos e palestras sobre cinema e jornalismo cultural, ele é organizador da PalafitaCon, CulturalMente Santista, exposições sobre clássicos e artistas brasileiros e estrangeiros da sétima arte e da cultura geek. Além de defender as iniciativas de democratização de acesso à cultura, realizando mais de 200 sessões de filmes seguidas de bate-papos em áreas vulneráveis na cidade de Santos. André também organizou a exposição Batman 80 Anos – Trajetória do Homem-Morcego no Cinema: Uma Homenagem, que recebeu mais de 3 mil visitantes, em Santos, em 2019.

preview-BatmanAgora ele está preste a lançar seu novo livro “Batman: A Série Animada: Uma Revolução dos Heróis na TV”, que já está em pré-venda online, pelo site da Editora Gataria em um preço de R$ 40 reais, já podendo garantir seu exemplar.

O livro é editado pela Amavise, com selo de publicação acadêmicas da Editora Patuá, apesar de ser uma editora pequena e independente, já ganhou diversos prêmios, como o Prêmio Jabuti, o Prêmio São Paulo de Literatura e o Prêmio Casa de las Américas, de Cuba, como melhor romance de 2018, além de alguns outros prêmios que ganhou ou esteve finalista ou semifinalista.

abertura20-1-e1517503149966

“Para compreender o impacto da série, o autor foi em busca das inspirações dos próprios criadores de Batman: os sombrios filmes expressionistas alemães dos anos 1920 e seus legítimos herdeiros hollywoodianos – os filmes noir. Com ampla pesquisa visual, André Azenha demonstra, em suas análises, como a série animada foi capaz de reconhecer e, ao mesmo tempo, reinventar as referências originais do Homem-Morcego. Um livro obrigatório para os fãs brasileiros de Batman”, escreve a Professor Doutora Laura Loguercio Cánepa no texto de orelha do livro.

batman2-752x440

O livro é uma analise feita pelo jornalista, em que passa pela história do Batman até os anos de 1990, apresentando os contextos e principais caraterísticas do expressionismo alemão, passando pelos filmes noir, e também pelas obras de Tim Burton, até chegar à análise do seriado, da animação Batman: A Série Animada, exibida de 1992 a 1995, que transformou as adaptações dos super-heróis das histórias em quadrinhos para a televisão. Uma leitura agradável para os antigos e novos fãs do personagem, agregando adultos e crianças.

Batman-The-Animated-Series-Featured-Image-e1517501230127

“O estudo que Azenha realizou em Batman: A Série Animada – Uma Revolução dos Heróis na TV é um daqueles trabalhos em que o pesquisador ou fã dos quadrinhos se pergunta: por que eu não pensei nisso? Nessa obra, ele nos convida a viajarmos no tempo para uma experiência de descoberta do Cavaleiro de Gotham e das revistas em quadrinhos, além das inovações de Batman A Série Animada, com influências do expressionismo alemão e do film noir”, ressalta o Professor e Mestre em Comunicação Celso Ronald, autor do texto da quarta capa.

Batman-1992

Pois toda a análise para escrever o livro foi realizado um grande investimento em diferentes movimentos de câmera, de fotografia, o design ágil dos personagens e as referências cinematográficas, principalmente ao expressionismo alemão, herança direta dos dois filmes dirigidos pouco tempo antes por Tim Burton, e o noir.

O prefácio e o posfácio do livro são assinados respectivamente pelo Professor Doutor Jamer Guterres de Mello, orientador de André na dissertação, e Paul Azenha, coorganizadora do Santos Film Fest e da exposição Batman 80 Anos – Trajetória do Homem-Morcego no Cinema: Uma Homenagem.

Para conhecer mais sobre o jornalista e seus outros trabalhos e projetos, acesse os endereços abaixo:

Site História do Cinema | Site CineZen | Youtube | Facebook

Editora Gataria (pré-venda)

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s