“2020 – Japão Submerso”: Uma série intensa e emocionante de uma das piores catástrofes no Japão

download

A série animada 2020 Japão Submerso, retrata na trama a história de um Japão que foi afundado por uma grande catástrofe, juntando terremoto, tsunami, outros caos e também os desastres causados pelo homem. Tudo começa quando Ayumi e sua família – (Família Mutō) passam por um terrível terremoto, em que eles consegue se encontrar são e salvos.

download-1

Mas eles precisam se proteger e buscar um local seguro, e aí que a aventura dramática começa. Muitos dramas, grandes perdas e momentos que irão marcar para sempre a vida dos irmãos Ayumi e Go, encontrando novos amigos, novas histórias e aventuras que os deixarão mais fortes e unidos.

A animação está disponível na Netflix, em 10 episódios e conta oito anos depois de uma das piores catástrofe que deixou toda a ilha do Japão debaixo d’água. Porém a união e perseverança do povo japonês, conseguiu erguer o país, o transformando mais forte, imponente e unido.

2020-japao-submerso

O animê inspirado no livro Nihon Chinbotsu (Japan Sinks, ou Japão Submerso), publicado em 1973 por Sakyo Komatsu, já está disponível na Netflix com opções de idioma original em japonês e dublagem em português, alemão, inglês e italiano, a obra original se passa nos anos de 1970, mas a adaptação coloca na série durante o ano de 2020, (supostamente após as Olimpíadas de Tóquio, agendadas no momento para 2021).

download-2

Na trama, uma série de terremotos assola o Japão, atingindo também ilhas próximas e levando a erupções vulcânicas e outros desastres naturais. Acompanhamos Muto, Ayumi e Takeshi, em que dois irmãos tentam sobreviver em meio a tanta tragédia.

images

A adaptação foi dirigida por Masaaki Yuasa, conhecido por títulos como Devilman Crybaby e Eizouken, no estúdio Science SARU, também responsável pelas duas séries citadas. O roteiro é de Toshio Yoshitaka, cujo portfólio conta com episódios do longevo Sazae-san e Dragon Ball Super. A trilha sonora é de Kensuke Ushio, que trabalhou em Devilman Crybaby e Ping Pong – The Animation.

Screenshot-12

Naoya Wada, conhecido por trabalhos com os estúdios Ghibli (Memórias de Marnie) e Ponoc (Mary e a Flor da Feiticeira) fez o design de personagens. Wada também dirigiu dois episódios de Devilman Crybaby. A versão brasileira aconteceu no estúdio Audio Corp, com direção de Teline Carvalho e tradução de Márcia Otoubo.

images-1

A primeira temporada da série está disponível na Netflix desde o dia 9 de julho, e o elenco conta com com Reina Ueda como Auymi Mutō, Tomo Muranaka como Gō Mutō, Yuko Sasaki como Mari Mutō, Masaki Terasoma como Kōichirō Mutō, parte da familía Mutō e os outros personagens que são dublados por Daiki Hamano, Hiroyuki Yoshino, Kensho Ono, Nanako Mori, Tomoko Shiota, Ueji Sasaki, Geroge Cockle e Taichi Takeda.

 

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s