Rachel Vincent apresenta uma realidade dos adolescentes em seu novo livro

Every-Single-Lie-by-Rachel-Vincent-Review-770x571

A escritora norte-americana Rachel Vincent lançou em janeiro desse ano de 2021, seu novo livro, “Every Single Lie”, um romance de gênero jovem-adulto, emocionante sobre a intimidação de mídia social e meias-verdades, de um história que abalará toda comunidade. A autora Rachel é bacharel em inglês e tem uma imaginação hiperativa, e está sempre se considerando a última opção mais prática, além de compartilhar seu espaço de trabalho com dois gatos pretos (Kaci e Nyx).

A trama é um comovente romance para jovens, que sofrem bullying, e conta uma chocante descoberta de uma menina e um bebê morto no vestiário do colégio.

A história é sobre a vida de Beckett, uma garora de 16 anos, em que encontra o corpo de um bebê recém-nascido em uma bolsa de ginástica, que é de seu namorado Jake, no chão do vestiário do colégio. Conforme a palavra vaza, rumores de que Beckett é a mãe decolam como um incêndio em uma cidade pronta para acreditar no pior dela.

Muitas incertezas a cada página, ambientando em uma pequena comunidade do sul, Every Single Lie é uma leitura obrigatória de cair o queixo e tortuosa para os fãs de Sadie, na obra “Every Single Lie”, em uma aventira selvagem, cheia de reviravoltas, suspense e mentiras, é claro, tudo em torno de uma garota que encontrou um bebê morto no vestiário de sua escola.

Cheio de suspense e tantos pontos de cair o queixo, causando alguns momentos instigantes e comoventes, indo além de qualquer coisa de um adolescente normal deveria ter, em um drama estereotipado de colégio sobre uma garota que se depara com situações como ser uma garota de programa ou o atleta da escola se apaixonando por ela, trazendo à tona os tópicos de cyberbullying, gravidez na adolescência, uso de drogas e suicídio. Depois de descobrir que este livro foi baseado em experiências que a própria Rachel Vincent teve, não pude deixar de sentir por ela e derramei algumas lágrimas.

A jovem Beckett é a narradora da trama, uma pessoa inteligente em que Rachel mostrou bastante respeito, dando perspectiva muito clara de como uma vítima de cyberbullying. Filha de uma mãe solteira, seu irmão mais velho, Penn e sua irmã mais nova, Landry parecem estar escondendo seus próprios segredos também. Além do cyberbullying, o vício em drogas também são grandes tópicos discutidos ao longo da trama.

Há também The Crimson Cryer, uma conta do Twitter que espalha a palavra sobre Lullaby Doe (o novo apelido para o bebê), e as mensagens e respostas aos tweets não são um site bonito, especialmente quando Beckett é mencionado. Descobrir que seu pai era viciado em drogas e pode ter morrido por causa disso também é muito difícil de digerir.

Apesar de saber a verdade sobre o que realmente aconteceu, isso afeta Beckett mentalmente e psicologicamente. No entanto, ela é capaz de se desenvolver em uma versão adulta mais madura de si mesma no final do livro, o que sempre a torna uma protagonista fantástica.

Essa obra pode ser bem realista para alguns adolescentes neste mundo digital, é uma forma de como o enredo se desenrola em um pouco previsível, em revelação a um caso de suma importância, em um enredo que aparentemente uniu tudo. Envolvente e de situações bastante adulta, que reflete e entende melhor todos os tópicos desencadeadores,
um livro ótimo para leitores que desejam uma introdução ao lado do mistério contemporâneo da ficção.

“Every Single Lie” está disponível na Amazon , Book Depository e outras boas livrarias, como sua livraria local;

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s