“Alma de Cowboy” – Um drama comovente sobre tradições e conexão com seu âmago inerente

CONCRETE-COWBOY-L-R-Ivannah-Mercedes-as-Esha-Lorraine-Toussaint-as-Nessi-Idris-Elba-as-Harp-Caleb-Mc

Em um drama real sobre os caubóis da Filadélfia, que lutam por seu espaço, a uma linda e comovente história de um jovem garoto, rebelde, que vai viver com seu pai, e lá aprende o verdadeiro significado sobre família e união, descobrindo que os árduos aprendizados da vida são para não caírmos e desistirmos no primeiro tropeço, pois as dificuldades estarão sempre ao lado, nos motivando para que seguimos em frente e nunca renunciar da nossa origem.

O longa Alma de Cowboy é a estreia do diretor Ricky Staub, e mostrou de forma inerente uma subcultura distitna e desconhecida do público, trazendo em galope uma narrativa intensa e emocionante de um grupo de vaqueiros que lutam por sua tradição e seu legado, diante a evolução social urbana da humanidade, tratando os temas sociais de maneira empírica com ênfase e brilho a cada cena e perspectiva abordada. Capturandode forma perfeita uma mistura de combinação entre o antigo e o moderno, conectando raízes e gerações em uma só harmonia.

3-2-1024x683

Em suma, Alma de Cowboy mostra com resit~encia e relevância um enredo significativo e verídico, ocorrente no norte da Filadélfia, trazendo com autenticidade e reverência uma tradição que se manifesta nos debates entre o grupo de caubóis, mostrando o legado de uma origem profunda e singular que se mantém viva, apesar das modificações mundanas, em um submundo criminal e cruel, dando novas diretrizes a trama e ampliando diversos segmentos sociais, mas sem eprder a essência natural do enrendo, com autenticidade e personalidade nas premissas e hábitos costumeiros daquela história.

Concrete-Cowboy-638911316-large

O filme estreou em setembro de 2020, durante o Festival Internacional de Cinema de Toronto e em abril de 2021, chegou ao catálogo de streaming da Netflix, com um elenco ímpar e excepcional, com Idris Elba (Harp), Caleb McLaughlin (Cole), Jharrel Jerome (Smush), Lorraine Toussaint (Nessie), Byron Bowers (Rome), entre outros.

Nota: ⭐⭐⭐
por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s