Oscar 2021: Uma cerimônia distinta e inclusiva à todos

Oscar-2021

Neste domingo (25), aconteceu a maior celebração do sétima arte global, 93º cerimônia da Academy Awards (Oscar 2021), em Los Angeles, Califórnia. Uma noite glamorosa com grandes estrelas e astros que brilharam nas telonas e no streaming de 2020 e início de 2021, em que a maioria foram lançados nas plataformas digitais, já que os cinemas estavam fechados devido a pandemia do corona vírus.

O Oscar contou com grandes momentos da noite, como a primeira diretora asiática a ganhar dois prêmios com a produção de Nomaland, nas categorias Melhor Diretor e Melhor Filme. Chloè Zhao que estará dirigindo a nova produção da Marvel Studios, Eternals, que deve chegar aos cinemas em novembro de 2021, e será baseado na equipe de heróis alienígenas que vivem na Terra.

oscar-2021-1-768x512

No entanto, essa foi uma premiação diversificada em que as mulheres, os negros e asiáticos ganharam seus devidos destaques perante a indústria cinematográfica, só faltando a raça latina, mas mesmo assim foi uma festa democrática e abrangente, como o ator Daniel Kaluuya, o W’Kabi da live action do Pantera Negra, que ganhou como Melhor Ator Coadjuvante com o filme Judas e o Messias Negro, lançado dia 25 de fevereiro. O longa também foi premiado na categoria Melhor Canção Original, com a música “Fight For You”, da cantora e compositora H.E.R., a jovem que também havia ganho os prêmios de Canção do Ano e Melhor Música R&B no Grammy Awards de 2021.

Mank, que era uma dos filmes com mais indicação, dez no total, sendo um dos favoritos ao Oscar, acabou levando apenas dois, nas categorias técnicas, como Melhor Fotografia e Melhor Direção Arte. O filme que estreou na Netflix em novembro de 2020, e conta a tumultuosa vida do roteirista, Herman J. Mankiewics sobre a obra aclamada de Orson Welles, “Cidadão Kane”.

Outro favorito era A Bela Vingança, que chega ao Brasil em maio/2021 e estava indicado em cinco categorias, mas ganhou apenas em Melhor Roteiro Original, com a roteirista e diretora Emerald Fennell, que também produzirá a nova animação da DC Comics, o filme solo da Zatanna, ainda sem data de lançamento.

A animação ficou com a favorita não só dos críticos, mas também da Academia, Soul da Disney Pixar, que ganhou em trilha original. O longa que estreou direto no stremaing da Disney Plus e mostra outra realidade para ajudar as pessoas encontrar paixão, descobrindo o verdadeiro sentido da vida.

chloe-frances-youn-emerald

Por falar em sentido à vida, o filme dinamarquês Druk – Mais Uma Rodada, ganhou na categoria Melhor Filme Internacional com o diretor Thomas Vinterberg, que fez um discurso emocionante e dedicou o prêmio a sua filha que faleceu em um acidade de carro, duas semanas antes das filmagens começaram na Dinamarca. O filme estreou nos cinemas brasileiros em abril e é um dos mais assistidos no mundo.

Nomadland

Nomaland realmente foi o grande destaque da celebração, além da diretora Chloe Zhao ganhar duas estatueta, a premiada atriz Frances McDormand, recebeu seu terceiro Oscar de Melhor Atriz. Já de Melhor Ator, que a grande maioria achava que seria para o ator Chadwick Boseman, pois já vinha de uma sequência de prêmios ganhos, no final quem acabou levando foi o britânico Anthony Hopkins, pelo recém lançado filme The Father (Meu Pai).

Hopkins que não compareceu à cerimônia e estava torcendo para Chadwick, e ficou surpreso com prêmio dedicando ao ator que faleceu em agosto de 2020 devido as complicações de um câncer que ele estava lutando, em vídeo Anthony agradeceu à Academia e sua família, dizendo que não esperava vencer a categoria, além de prestar uma homenagem ao eterno Pantera Negra.

O Oscar 2021 foi marcado por muitas emoções, conquistas, alegrias, novidades e o grande diferencial que muito não se via em edições anteriores, foi a grande presença e indicações de mulheres, negros, asiáticos na festa do cinema, sendo um progresso não só para Academia, mas para o mundo das artes, mostrando igualdade à todos sem discriminação.

Veja abaixo a lista completa dos vencedores do Oscar 2021:

oscar-statue-oscars-placeholder-640x360

Melhor filme
Nomadland

Melhor direção
Chloé Zhao, de Nomadland

Melhor ator
Anthony Hopkins, de Meu Pai

Melhor atriz
Frances McDormand, de Nomadland

Melhor ator coadjuvante
Daniel Kaluuya, de Judas e o Messias Negro

Melhor atriz coadjuvante
Youn Yuh-jung, de Minari

Melhor filme internacional
Druk – Mais uma rodada, Dinamarca

Melhor roteiro adaptado
Christopher Hampton e Florian Zeller, por Meu pai

Melhor roteiro original
Emerald Fennell, por Bela Vingança

Melhor figurino
Ann Roth, por A Voz Suprema do Blues

Melhor trilha sonora
Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste, por Soul

Melhor animação
Soul

Melhor curta de animação
“Se algo acontecer… Te amo”

Melhor curta-metragem de ficção
Dois estranhos

Melhor documentário
Professor Polvo

Melhor documentário de curta-metragem
Collete

Melhor Som
Nicolas Becker, Jaime Baksht, Michelle Couttolenc, Carlos Cortés e Phillip Blath , por O som do silêncio

Melhor canção original
Fight for you, de Judas e o messias negro com a cantora H.E.R.

Melhor cabelo e maquiagem
Sergio López Rivera, Mia Neal e Jamika Wilson, por A voz suprema do blues

Melhores efeitos visuais
Andrew Jackson, David Lee, Andrew Lockley e Scott Fisher, por Tenet

Melhor fotografia
Erik Messerschmidt, por Mank

Melhor edição
Mikkel E.G. Nielsen, por O som do silêncio

Melhor design de produção
Donald Graham Burt e Jan Pascale, por Mank

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s