Jujutsu Kaisen 0 apresenta uma história fechada e coesa

image host

A obra prelúdio da primeira temporada do anime adaptado do mangá de Jujutsu Kaisen, escrita e ilustrada por Gege Akutami, finalmente estreou no cinema e trouxe muita ação e algumas novidades sobre o mundo das maldições e principalmente sobre o personagem principal citado na primeira temporada mas sem aparecer.

Em Jujutsu Kaisen 0, o mundo Jujutsu é apresentado a partir do fato ocorrido entre o garotinho (Yuta Okkotsu) e sua melhor amiga (Rika Orimoto). A menina sofre um acidente bem na frente do amigo, e toda situação cria um ambiente propício para transformá-la em maldição, ocasionando a longo prazo em alguns incidentes devido ela o protege contra quem ameaça sua integridade física.

image host

Por consequência, os incidentes envolvendo o jovem e a maldição sem registro chama atenção do alto escalão do mundo de feiticeiros, e também do grande mestre, o professor de Jujutsu da escola de Tóquio, Satoro Gojo, que propõe uma alternativa diferente da oferecida pelo alto escalão. Ao invés de matar Yuta, ele propõe ensinar o garoto a controlar a maldição e usar seus poderes para ajudar a combater outras maldições.

Para quem não conhece, uma obra de prelúdio tem a missão de introduzir um universo sobre algo vindouro maior e melhor, no cinema basicamente funciona como forma de apresentar fatos ocorridos antes da história principal, para levar o entendimento do público sobre como chegou no momento atual em questão, não tem necessariamente ligação direta com a linha central mas é canônico.

image host

Em Jujutsu Kaisen 0 não é diferente ao mostrar eventos antes da primeira temporada adaptada, aqui ele introduz pequenos detalhes levando em conta o fato do público já saber sobre o mundo dos feiticeiros. Dessa maneira, eles somente pincela uma pequena introdução sobre como funciona no mundo onde as maldições assolam a sociedade e como elas são combatidas por feiticeiros.

Vale ressaltar as muitas informações disponíveis em pequenos detalhes do filme durante os eventos sucessivos de ação e diálogo entre personagens e situações. Trazendo mais consistência à trama do pequeno Yuta Okkotsu, mostrando como o trabalho realizado pelo diretor Sunghoo Park, funciona perfeitamente bem na construção das camadas, levantando uma estrutura concisa entre passagens dos atos mostrando a evolução do personagem, tal como a problemática central e desenvolvimento do arco apresentado. Com segurança é possível afirmar o quanto o sucesso do filme no mercado internacional e doméstico se deve a ótima qualidade de direção.

Claro, que não podemos frisar a a trilha sonora de extrema qualidade que empolga durante todo o filme e cresce ainda mais durante as cenas de ação, de certa forma é até ousado colocar uma música cantada ao desenvolvimento do longa, casando perfeitamente. Já as cenas de lutas são bem coreografadas e consegue empolgar tanto quanto às comuns de diálogos e interações entre personagens.

Outro acerto está na dublagem, há muito se fala sobre as dublagens de animes não conseguir passar o sentimento do personagem ou as características comuns dele, esqueci isso. Aqui, os dubladores conseguem entregar um trabalho primoroso, é incrível como o (Pedro Alcântara) consegue ir crescendo ao longo da história junto do personagem que sai da personalidade de um garoto tímido para alguém cheio de confiança, sem contar os diálogos internos do jovem Yuta que consegue arrancar boas risadas em situações incomuns.

Jujutsu Kaisen 0 tem uma produção pautada na qualidade ao contar como começou a história do personagem cercado de mistério na primeira temporada do anime, tendo em vista somente a citação do nome dele, e ainda traz o deleite de lutas entre personagens com pouco aproveitamento na primeira temporada, ou que não tiveram nenhuma cena de destaque.

image host

A produção é cuidadosa ao colocar os detalhes sutil e conseguir contar uma história fora da trama principal, colocando como protagonista um personagem que ficou de fora da primeira temporada. Jujutsu Kaizen 0 tem as características perfeitas do sucesso com personagens carismáticos, trilha bem colocada e belas e cenas de lutas, abrindo margem para novas produções do gênero no mercado nacional.

Jujutsu Kaisen 0 está em exibição nos cinemas do Brasil.

por Daniel Guimaraes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s