Naomi traz referência e carisma em uma produção engajada e comovente

image host

Naomi chegou às telinhas sem muita repercussão perante as críticas e o público, mas apresentou sobre si uma trama envolvente, com temas relevantes e característicos para apresentar e desenvolver um propósito da personagem ao universo da DC, mostrando com sutilezas assuntos envoltos em que a descoberta e as revelações ao longa da narrativa se tornam engajadas e significativas.

A trama traz uma adolescente de 16 anos, que vive um vida comum e normal na pequena cidade de Port Oswego, uma aficionada por quadrinhos, principalmente pelo Superman, Naomi descobri poderes sobre-humanos assim como ser ídolo heroico, e tenta desvendar segredos de seu passado, que seus pais (adotivos) escondiam para a proteção dela, mas que no decorrer uma série de envolvimentos trazer a tona toda a revelação de a verdade sobre sua origem de seus poderes. Além de uma preocupação mútua entre salvar seu Planeta natal ou o lugar onde ela vive com as pessoas que ela mais ama.

image host

Uma série precisa e cativante, que leva o espectador a adentrar no universo não apenas da super-heroína, mas também da rotina da adolescente que ao mesmo tempo que conversa sobre alienígenas e universos paralelos, ainda vive sua vida como uma pessoa normal, que vai à escola, tem os conflitos comuns da idade, com os amigos, namorado e até os pais, que mesmo sendo tranquilos e deixarem fazer o que ela quiser, estão sempre ao seu lado, apoiando e protegendo de um inimigo que se encontra tão próximo quão eles imaginam, e pretendem levá-la junto a outros seres intergalácticos como se fosse uma ameaça ao Planeta Terra. Ainda tem o perigo que vêm da Terra-29, que pretende extermina a jovem Naomi e banir qualquer mal que venha do nosso mundo, e descobrir o verdadeiro significado da sua vinda neste planeta, e desmistificar sobre sua essência vital para salvar seu mundo.

image host

Naomi é uma produção leve e despretensiosa, com muitas referências da cultura pop, que aproxima o público ainda mais da série ao longo de seus 13 episódios, permeados de emoção e resoluções recorrentes que envolvem num contexto próprio e singular, trazendo veracidade e originalidade, a uma personagem nova e perceptível ao universo dos quadrinhos e da cultura pop, da qual merecia uma tratamento mais convidativo a sua estória, para assim, poder influenciar e representar outras garotas como a Naomi e seu time de amigos unidos e adoráveis.

por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s