Holy Spider – Um thriller impactante, envolto de ódio sob uma missão de extermínio e discriminação

holy-spider-chega-ao-brasil

Em nome e Deus, algumas pessoas destrói vidas e fazem a sociedade um caos horrendo, que apavora e assombra a humanidade, transformando a fé e a religião em algo único a ser preservado, ignorando qualquer coisas que siga diferente disso.

Como no drama policial Holy Spider, baseado em acontecimentos reais, na cidade de Mashhad, no Irã, onde nos 2000 e 2001, um terrível serial killer pretendia exterminar as prostitutas, em alusão como se elas fossem o mal da sociedade, então colocou uma missão em sua cabeça para mandá-las para o inferno, deixando o mundo “sem pecados” e livre da pervesidade mundana.

F-2-Holy-Spider-d0115cdfbb

Na trama, muito bem representada e convicta, o assassino, Saeed (Mehdi Bajestani) ludibria as vítimas, matando-as sem piedade, com as próprias mãos na sala de sua casa, porém uma, ele não conseguiu, pois ele não contava que estava sendo investigado e a imprensa estaria envolvida no caso, aonde ele se depara com a destemida jornalista Arezoo Rahimi (Zar Amir Ebrahimi), que com muita garra e valentia levou Saeed aos bancos do tribunal, o qual nem Deus pode salvá-lo das tantas atrocidades que ele havia cometido.

holyspider

A sua defesa tentou burlar a lei, mas a justiça não falha, e colocou um ponto final nessa história de dor, sofrimento e ódio, em que a religião é usada para separar e incriminar as pessoas, separando-as entre crentes à Deus e “demônios”, sem olhar para o passado ou as histórias de cada um, apenas para julgar e apontar as diferenças e as aprências.
Holy Spider mostra mais do que um drama policial, mas sim uma obra de ficção plenamente necessária, sobre um caso real, de como a sociedade pode ser injusta e cruel, com quem não segue seus padrões e missões majoritárias, para o próprio bem estar, transformando o mundo em um lugar de uma fé efêmera e doentia, que pode retornar a qualquer momento, basta um novo maníaco referir sua missão para limpar as ruas do pecado.

large-71b8d7035d40f5ba

O filme é uma coprodução internacional entre Alemanha, Dinamarca, França, Suécia, com direção de Ali Abbasi. Holy Spider foi lançado em maio 2022, durante Palma de Ouro no Festival de Cinema de Cannes, onde a atriz Zar Amir Ebrahimi venceu o prêmio de interpretação feminina. Além do mais, a produção é um dos longa-metragens indicado ao Oscar 2023.

No Brasil o filme chega aos cinemas dia 19 de janeiro, e em 1º de março, estreia na plataforma de streaming Mubi.

por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s