Arquivo da tag: Renata C B Lzz

“Gibi de Menininha” adentra no mundo das fadas e criaturas mágicas na terceira edição da coletânea

gibi3

Depois de levar as menininhas aos contos mais putânicos e assombrosos na primeira coletânea, e adentrar ao faroeste na segunda, o time de menininhas coordenado pela quadrinista Germana Vianna prepara o terceiro álbum, Gibi de Menininha: Conto de Fadas, com muita bruxaria e referências para os fãs se deletarem com os histórias repletas de fantasias, mortes, sustos e dragões. Continuar lendo “Gibi de Menininha” adentra no mundo das fadas e criaturas mágicas na terceira edição da coletânea

Renata C B Lzz se junta com Mari Santtos para apresentar um novo projeto de terror, caçadas e aventuras

82582625-100287511531800-7376355723833245696-n

As artistas Renata CB Clzz e Mari Santtos acabam de lançar seu projeto no Catarse, trata-se da HQ O Último Jogo, em uma trama envolvente, repleta de aventura, caçadas sobrenatural e muito terror. Continuar lendo Renata C B Lzz se junta com Mari Santtos para apresentar um novo projeto de terror, caçadas e aventuras

Morteu pelo Bosque – Uma aventura aterrorizante pela escuridão do bosque

59428919-2091803104248522-6335173948119973888-o

A obra foi lançado na CCXP 2019 o novo livro da saga Morteu, da jovem autora e quadrinista Renata CB LZZ, que é autora de outras publicações como Andarilha, Morteu por Morgan Etrom, dos zines Pimpão e Voando e do coletivo da obra Gibi de Menininha 1 e 2. Continuar lendo Morteu pelo Bosque – Uma aventura aterrorizante pela escuridão do bosque

O Velho Oeste não vai ser o mesmo, com as histórias do Gibi de Menininha 2

66334399-358028764824020-3819678673062068224-n

Após o sucesso da primeira edição, que apesar de alguns ‘nhe nhe nhem’ dos mimizentos, que até ajudaram na divulgação para difundir esse projeto, que reúne grandes mulheres dos quadrinhos nacionais, o Gibi de Menininha, premiado pelo Troféu Angelo Agostini 2019 e que concorre ao HQMix deste ano, ganhará nova edição devido ao sucesso conquistado no anterior. Continuar lendo O Velho Oeste não vai ser o mesmo, com as histórias do Gibi de Menininha 2