[TOTAL FLEX] IV PRÊMIO APLAUSO BRASIL 2016 CONDECORA OS MELHORES DO TEATRO NACIONAL

logopremiodef-380x263

Nesta noite tipicamente tropical e aconchegante da última terça-feira, aconteceu o 4° Prêmio Aplauso Brasil de Teatro onde reuniu a classe artística paulistana no Teatro Porto Seguro, em São Paulo.

Diferente das edições anteriores, o local escolhido pelo idealizador do projeto e diretor da Revista Aplauso Brasil responsável pelo prêmio, importante para o teatro brasileiro foi escolhido pela acessibilidade, pelo conforto, parcerias e conforto tanto para os premiados, anfitriões como para o público que lotou o teatro na certeza de uma noite de grandes expectativas e emoções ao ver os premiados escolhidos pelo juri técnico e o público além das grandes homenagens da noite.

Foto por: Renata Porto
Foto por: Renata Porto

A cerimônia foi conduzida por Marisa Orth e Caco Ciocler, que com o bom humor da Marisa e a seriedade de Caco, com esse contraste quebraram protocolos e a cada indicados era motivos de risos em relação a  improvisação da atriz,o que tornou a premiação mais dinâmica e menos cansativa.

Nathalia Timberg sendo homenageada
Nathalia Timberg sendo homenageada

A premiação foi marcada por grandes emoções com as homenagens a atores que passaram a vida e a carreira contribuindo ao nosso teatro como Elias Andreato e Nathalia Timberg além da grande homenagem ao jornalista e idealizador do prêmio Michel Fernandes que com uma singela homenagem e ovacionado pelo público nos arrancou lágrimas e sorrisos.

Como de costume nos últimos meses, além de protestos em shows e manifestações públicas, a grande maioria dos premiados e seus representantes mantiveram em seus discursos a frase ”Fora Temer”, mencionando o atual presidente da República que chegou a chamar artistas de vagabundos e tentou derrubar o Ministério da Cultura.

Foto por: Renata Porto
Foto por: Renata Porto

O prêmio Aplauso Brasil foi muito bem organizado, com muito bom gosto e contou na sua platéia de famosos atores e diretores como Wolf Maia, Débora Falabella, José Possi Neto, Otávio Martins,Simone Gutierrez, Elias Andreatto, Cláudio Fontana, Nathália Timberg além de apresentações dos principais números musicais que foram indicados ao grande prêmio como Mudança de Hábito, Um Só Coração, Urinal o Musical, Chaplin o Musical e Antes Tarde do que Nunca.

Número do Urinal O Musical. Foto por: Renata Porto
Número do Urinal O Musical. Foto por: Renata Porto

Entre algumas surpresas como homenagens póstumas, números musicais dos cinco concorrentes da categoria MELHOR MUSICAL, participações de Simone Gutierrez, Ivan Parente, Débora Duboc, Johnatan Harold, Paula Cappovila, Kiko Mascarenhas, Simone Zuccatto, Ricardo Grasson, Airam, Cassiano Leitão, entre outros, deram  a  premiação um caráter espetacular.

Ganhadores do Prêmio Aplauso Brasil de Teatro 2016. Foto por: Renata Porto
Ganhadores do Prêmio Aplauso Brasil de Teatro 2016. Foto por: Renata Porto

No final foi servido um coquetel no saguão do teatro onde premiados e expectadores puderam confraternizar no final dessa noite memorável. Lindo e comovente essa premiação ficará na memórias de todos que lutam bravamente pelo nosso teatro brasileiro!!!

Confira a lista de indicados e premiados pelo prêmio Aplauso Brasil 2016:

INDICADOS E OS VENCEDORES PELO VOTO POPULAR E JURI.

MELHOR ILUMINAÇÃO – FINAL PÚBLICO
Caetano Vilela por “Dias de Vinho e Rosas”, direção Fábio Assunção
9% – ( 132 votes ) – VENCEDOR JURI
Fran Barros por “Urinal, O Musical”
15% – ( 215 votes )
Maneco Quinderé por “Hora Amarela”, direção Monique Gardenberg
7% – ( 100 votes )
Pedro Augusto por “Poema Suspenso Para Uma Cidade Em Queda”
7% – ( 103 votes )
Wagner Freire por A Tempestade” e “Master Class”
55% – ( 806 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR

MELHOR ARQUITETURA CÊNICA – FINAL PÚBLICO
André Cortez e Alexandre Orion por “Repertório Shakespeare (‘Macbeth’)”
8% – ( 121 votes ) – VENCEDOR JURI
Cia Mungunzá de Teatro, Luiz Fernando Marques e Paulo Arcuri por “Poema Suspenso Para Uma Cidade em Queda” 8% – ( 121 votes )
Gabriel Villela e Marcio Vinicius por “A Tempestade”
54% – ( 829 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR
Matt Kinley por “Chaplin, O Musical”
8% – ( 123 votes )
Moshe Motta por “Aqui Estamos com Milhares de Cães Vindos do Mar”, direção Rodrigo Spina
15% – ( 232 votes )

MELHOR FIGURINO – FINAL PÚBLICO
Bia Pieratti e Carolina Reissman por “Juliette”
30% – ( 608 votes )
Fábio Namatame por “Antes Tarde do Que Nunca”
4% – ( 76 votes )
Fábio Namatame por “Chaplin, O Musical” e “Dias de Vinho e Rosas”
10% – ( 193 votes ) – VENCEDOR JURI
Fause Haten por “Um Bonde Chamado Desejo”
7% – ( 134 votes )
Gabriel Villela e José Rosa por “A Tempestade”
46% – ( 931 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR

MELHOR TRILHA ORIGINAL – FINAL PÚBLICO
Babaya e Marco França por “A Tempestade”
62% – ( 1612 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR
Daniel Maia por “1 Gaivota, é impossível viver sem teatro”
4% – ( 100 votes )
Egberto Gismonti e Ricardo Severo por “Dias de vinho e rosas”
8% – ( 217 votes )
Miguel Briamonte por “Aula Magna Com Stálin”
4% – ( 109 votes )
Vladimir Safatle por “Caesar”
17% – ( 444 votes ) VENCEDOR JURI

MELHOR DRAMATURGIA – FINAL PÚBLICO
Jô Bilac por “Beije Minha Lápide”
11% – ( 133 votes )
Otávio Martins por “Pergunte ao Tempo”
14% – ( 172 votes )
Silvero Pereira por “BR Trans”
34% – ( 406 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR
Silvia Gomez por “Mantenha Fora do Alcance do Bebê”
11% – ( 133 votes ) VOTO JURI
Vinicius Calderoni, “Ãrrã”
19% – ( 232 votes )

MELHOR DIRETOR – FINAL PÚBLICO
Gabriel Villela por “A Tempestade”
46% – ( 841 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR
Gustavo Paso por “Oleanna”
10% – ( 187 votes )
Jezebel de Carli por “BR Trans”
14% – ( 253 votes )
Rodrigo Spina por “Aqui Estamos com Milhares de Cães Vindos do Mar”
8% – ( 151 votes ) VOTO DO JURI
Zé Henrique de Paula por “Urinal, O Musical”
15% – ( 271 votes )

MELHOR ELENCO – FINAL PÚBLICO
“A Máquina Tchekhov, direção Clara Carvalho e Denise Weimberg (Ariana Sliva, Brian Penido, Dinah Feldman, Emmílio Moreira, Fernando Poli, Fernando Rocha, Mariana Muniz e Michel Weisman)
18% – ( 403 votes )
“A Tempestade”, direção Gabriel Villela (Celso Frateschi, Helio Cicero. Chico Carvalho, Leticia Medella, Dagoberto Feliz, Romis Ferreira, Marco Furlan, Rogerio Romera, Felipe Brum, Rodrigo Audi e Leonardo Ventura)
44% – ( 967 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR
“Juliette”, direção Rodolfo García Vázquez – Bel Friósi, Bruna Guimarães, Daiane Brito, Diego Ribeiro, Eric Barros, Felipe Moretti, Fernando Soares, Flavio Sales, Janaína Arruda, Lenin Cattai, Lucas Allmeida, Renato Lima, Ren’Art, Ricardo Fernandes, Rodrigo Banks, Sabrina Denóbile, Silvio Eduardo, Stephane Sousa
13% – ( 295 votes )
“Oleanna”, direção Gustavo Paso – Marcos Breda, Luciana Fávero e Miwa Yanagizawa
13% – ( 292 votes )

“Repertório Shakespeare (‘Macbeth’)”, direção Ron Daniels (Thiago Lacerda, Giulia Gam, Marco Antônio Pâmio, Luisa Thiré, Sylvio Zilber, Marcos Suchara, Lourival Prudêncio, Felipe Martins, Ana Kutner, Rafael Losso, André Hendges, Fabio Takeo, Stella de Paula e Lui Vizotto) VOTO JURI
9% – ( 195 votes )

MELHOR ATOR COADJUVANTE – FINAL PÚBLICO
Beto Sargentelli por “Mudança de Hábito”
56% – ( 1573 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR
Daniel Costa por “Urinal, O Musical”
8% – ( 229 votes ) –VOTO JURI
Guilherme Weber por “Fantasmas”
4% – ( 99 votes )
Marcos Breda por “O Beijo no Asfalto”
28% – ( 777 votes )
Rodrigo Pandolfo por “Galileu Galilei”
5% – ( 127 votes )

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – FINAL PÚBLICO
Guta Ruiz por “Pergunte ao Tempo”
36% – ( 600 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR E DO JURI
Luciana Ramanzini por “Urinal, O Musical”
17% – ( 293 votes )
Myra Ruiz por “Nine, Um Musical Felliano”
5% – ( 80 votes )
Paula Capovilla por “Chaplin, O Musical”
7% – ( 114 votes )
Stella Portieri por “O Beijo no Asfalto”
31% – ( 513 votes )

MELHOR ATOR – FINAL PÚBLICO
César Mello por “Mudança de Hábito”
15% – ( 189 votes )
Léo Bahia por “Chacrinha, O Musical”
12% – ( 154 votes ) – VOTO JURI
Marco Pigossi por “O Sucesso à Qualquer Preço”
13% – ( 160 votes )
Rodolfo Vaz por “O Capote”
11% – ( 135 votes )
Silvero Pereira por “BR Trans”
40% – ( 497 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR

MELHOR ATRIZ – FINAL PÚBLICO
Christiane Torloni por “Master Class”
53% – ( 3108 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR
Christiane Tricerri por “A Merda”
5% – ( 317 votes )
Débora Falabella por “Mantenha Fora do Alcance do Bebê”
3% – ( 199 votes )
Maria Luisa Mendonça por “Um Bonde Chamado Desejo”
3% – ( 173 votes ) – VOTO JURI
Nicole Cordery por “Ato a Quatro”
32% – ( 1877 votes )

DESTAQUE – FINAL PÚBLICO
Criação do CCC – Centro Compartilhado de Criação
10% – ( 123 votes )
Máquina Tadeusz Kantor – no Sesc Consolação
10% – ( 120 votes )
Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos do Centro Cultural São Paulo
10% – ( 127 votes )
Projeto Palco – Projeto Social Para Arte, Lazer, Cultura e Orientação – por utilizar o teatro como ferramenta de transformação pessoal e desenvolvimento social há 14 anos em comunidades, escolas públicas e organizações sociais e por ter criado a Cia de Teatro Vizinho Legal, berço de inúmeros coletivos culturais.
58% – ( 698 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR E VOTO JURI
Terça Tem Teatro – Instituto Itaú Cultural
12% – ( 144 votes )

MELHOR ESPETÁCULO DE GRUPO – FINAL PÚBLICO
“BR Trans”, As Travestidas 31% – ( 403 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR
“Juliette”, Os Satyros 25% – ( 317 votes )
“O Balcão”, Club Noir 9% – ( 121 votes )
“Oleanna”, Cia de Teatro Epigenia 20% – ( 256 votes ) – VOTO JURI
“Valéria e os Pássaros”, Velha Companhia 10% – ( 125 votes)
MELHOR ESPETÁCULO MUSICAL – FINAL PÚBLICO
“Chaplin, O Musical”, Chaim XYZ Produções e Raia Produções Artísticas
13% – ( 133 votes )
“Mudança Hábito”, Time For Fun
20% – ( 203 votes )
“Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos, O Musical”, Sandro Chaim
14% – ( 140 votes )
“Sou Toda Coração”, Audiovisual & Cultura Produções
15% – ( 157 votes )
“Urinal, O Musical”, Núcleo Experimental
38% – ( 390 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR E VOTO DO JURI

MELHOR ESPETÁCULO DE PRODUÇÃO INDEPENDENTE – FINAL PÚBLICO
“A Máquina Tchekhov”, direção Clara Carvalho e Denise Weimberg
24% – ( 438 votes )
“A Tempestade”, direção Gabriel Vilela
51% – ( 934 votes ) VENCEDOR VOTO POPULAR E VOTO JURI
“Beije Minha Lápide”, direção Bel Garcia
6% – ( 117 votes )
“Galileu Galilei”, direção Cibele Forjaz
6% – ( 115 votes )
“Repertório Shakespeare (‘Macbeth’)”, direção Ron Daniels
6% – ( 115 votes ).

Por: Renata Porto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s