[CANTINHO LITERÁRIO] Biblioteca Sergio Buarque de Holanda apresenta problema na rede elétrica

Sergio-Buarque-Blog

A biblioteca Sergio Buarque de Holanda apresentou no dia 11 (sábado) problemas em sua rede elétrica, devido à queima do fusível, notado por um dos vigilantes do local após ouvir estrondos. Como consequência, o espaço está operando sem o sistema de gerenciamento dos livros, e também não há água nos bebedouros, em função da falta de energia.

Nos dois primeiros dias após o ocorrido, a biblioteca estava recebendo apenas devolução de livros, mas devido à alta procura da biblioteca pelos usuários, a coordenação resolveu reduzir seu horário de funcionamento em meia hora, fechando agora ás 17h30. A média de usuários que passam pela biblioteca é de 80 á 200 pessoas por dia.

13154186

Outra medida foi o fechamento do acervo geral, por conta da falta de luminosidade onde ele esta deposto. Estão disponíveis apenas para empréstimo livros do catalogo infantis e infanto – juvenis feitos manualmente.

O ministério da Cultura deu até ultimo dia 15 (sexta – feira) para o problema ser solucionado. No entanto, ainda não houve resolução do caso.

O acervo

A unidade conta com aproximadamente 27 mil exemplares, formado por livros de literatura e informação, revistas, atlas, multimídia, entre outros. Veja aqui o catalogo completo.

34475846
Biblioteca Sergio Buarque de Holanda

Vida de Sergio Buarque de Holanda

Participante do Movimento Modernista de 1922, Sergio Buarque de Holanda (1902-1982) foi historiador, critico literário, jornalista e também escritor. O livro “Raízes do Brasil” é considerado um dos mais relevantes para a cultura nacional.  Na obra o autor critica algumas das características brasileiras observadas desde a formação do país.

Bastante ativo politicamente e socialmente, assumiu cargos públicos e ocupou a cadeira de História da Civilização Brasileira, na Faculdade de Filosofa, Letras e Ciências Humanas da USP; foi o primeiro diretor do Instituto de Estudos Brasileiros da USP.

Além disso, trabalhou em agências de notícias internacionais e diversos veículos da imprensa brasileira, como o “Jornal do Brasil” e a “Folha de S. Paulo”.

raizes-do-brasil21

 

Obras

1944 – Cobra de Vidro. São Paulo

1945 – Monções. Rio de Janeiro

1948 – Expansão Paulista em Fins do Século XVI e Princípio do Século XVII. São Paulo

1957 – Caminhos e Fronteiras. Rio de Janeiro

1959 – Visão do Paraíso. Os motivos edênicos no descobrimento e colonização do Brasil. São Paulo

1972 – Do Império à República. São Paulo (História Geral da Civilização Brasileira, Tomo II, vol. 5).

1979 – Tentativas de Mitologia. São Paulo

1985 – Sergio Buarque de Hollanda: História (org. Maria Odila Dias). São Paulo

1986 – O Extremo Oeste [obra póstuma]. São Paulo

1996 – O espírito e a letra (org. Antonio Arnoni do Prado) 2 vols. São Paulo

2004 – Para uma nova história (org. Marcos Costa). São Paulo (coletânea de textos, publicados, quase todos, em jornais de notícias).

sergiobuarquedehollanda_reproducao.youtube_1

Por: Gabriela Alves

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s