Carniça uma HQ que mistura o folclore brasileiro com o universo de Edgar Allan Poe

28235838_10215830543103087_119679655_n

Nesta semana vamos falar da HQ Carniça, que neste final de semana, teve lançamento com a presença dos autores, na Gibiteria, em Pinheiros, na cidade de São Paulo, mas o primeiro lançamento foi em novembro de 2017.

A história é uma mistura do folclore brasileiro, com o universo de suspense do Edgar Allan Poe, o livro intitulado de Carniça, tem produção do Rodrigo Ramos (roteiro) e a Marcel Bartholo (arte).

28235810_10215830544783129_1136396649_nA proposta do Carniça era criar uma história com raízes brasileiras, pois seria parte de uma coletânea, porém a dupla optou por buscar referências no folclore brasileiro, mais especificamente em uma história muito contada nas regiões de São Paulo e Minas Gerais, que é a lenda do Corpo-Seco, na qual um homem terrível é rejeitado por Deus e pelo Diabo, depois de sua morte e é condenado a vagar em decomposição pela terra.

A história é do sertanejo Jonas, que convive com um onipresente de carniça e a lembrança de antigo crime, pois a culpa vai minando e o consumindo psicologicamente e fisicamente o personagem ao decorrer de cada página do quadrinho.

28191254_10215830546903182_1348738725_n

Carniça contém 24 páginas totalmente colorida no formato europeu (21 x 28 cm) em papel couchê fosco, totalmente independente, em que além de escrever, Rodrigo também fez a edição do livro, e ele é responsável pelo site Boca do Inferno, um dos maiores e mais completos do gênero de quadrinhos de terror da América Latina e Marcel é uma carioca ‘paulistano’, também fanático por literatura de terror, pois ele acredita que fazendo essa arte, ele pode vencer todos seus medos.

Sinopse
O sertanejo Jonas convive com seus próprios demônios e um forte cheiro de carniça que o persegue como a constante lembrança de um antigo crime. Quanta culpa um homem pode suportar até que seus pecados passem a consumi-lo psicológica e fisicamente? Inspirados nas obras de Edgar Allan Poe e David Cronenberg, Rodrigo Ramos (Medo de Palhaço, Narrativas do Medo) e Marcel Bartholo (Insubstituível, Por Trás das Sombras) recontam a lenda do corpo-seco, um dos mais tradicionais mitos folclóricos brasileiros.

Contato Rodrigo Ramos

Facebook | Twitter | Instagram | E-mail

Contato Marcel Bartholo

Facebook | Flickr | Instagram | E-mail

Conheça mais sobre a HQ Carniça no Facebook

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s