‘Gamebros’ expõe o mundo profundo e obscuro da web

gamebros_s_rie_netflix

No último mês de Maio estreou na plataforma de streaming da Netflix a nova série nacional, “Gamebros”, com muitos segredos e mistérios desvendados no lado mais profundo e sujo da Internet.

Em uma repartição da polícia civil, CHPP – Coordenação de Repressão a Homicídios e de Proteção à Pessoa – casos distintos, mas ao mesmo tempo bastante interligados aparecem, deixando os policiais e investigadores trabalharem num novo plano para pegar o suspeito, que pode estar mais conectado quão eles possam imaginar.

Os policiais contavam com o hacker mais influente da rede, Heitor Grillo. Mas, ele pode não parecer quem eles imaginam. Ainda mais, após um envelope endereçado a diretora do departamento, sob o remetente de ‘Gamebros’. Um ser que pode ser herói ou vilão, mocinho ou bandido, só enxergar pelas próprias perspectivas, ou então, deixar que ele te mostre uma.

Os crimes acontecem num habitat sem regras, sem medo, em que todos fazem o que bem entendem, e não são punidos por isso, mas a gravidade ultrapassa as telas dos computadores e atingem pessoas em suas vidas reais, colocando às ruas um ‘serial killer’ de altíssimo grau em combate da justiça.

Mas, todo crime, toda maldade realizada deixa rastros e esses farão com que toda a verdade venha a tona, ou que o mundo real acredite que seja.

“Gamebros” traz fatos, acontecimentos que podem estar acontecendo neste exato momento em que você lê isto aqui, num mundo próximo ao nosso, aonde de repente nosso vizinho pode ser um malfeitor frente a uma tela, mas gentil e cordial fora dela, enquanto você é manipulado a julgar uma outra pessoa que pode salvar não apenas sua vida, mas as vidas de outros cidadãos, se tornando uma espécie de ‘Salvador’. Por isso, cuidado com as aparências, elas nem sempre parece ser como pensamos.

A série é uma produção nacional, em que o foco é mostrar um lado b da polícia investigativa, analisando as provas em um conjunto e não apenas casos semelhantes como se fossem indiferentes. Trazer o cunho investigativo e integrar os departamentos para solucionar as ocorrências, acreditando que ao final o fato foi solucionado, sem acreditar que o “criminoso” pode estar mais perto do que possa imaginar.

Produzida pela Medialand, com direção e roteiro de Beto Ribeiro e produzida por Carla Albuquerque, que também dirige a série. Estrelado por Leandro Mazzini, Ana Paula Lopez e Bruno Soares. Uma trama com sequências complexas e repletas de conexão entre os casos, fazendo com que o espectador se envolva intensamente nos rumos que a investigação irá tomar.

‘Gamebros’ está disponível no catálogo da Netflix. A primeira temporada conta com seis episódios, mas ao chegar no final, perceberá que o entrecho não fechou ainda, e este jogo pode estar apenas começando.

Trailer

Por Patrícia Visconti

2 comentários em “‘Gamebros’ expõe o mundo profundo e obscuro da web”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s