As novas aventura de “Diário de um Nerd” para salvar suas séries de TV favoritas

diario_de_um_nerd_ciranda_pedro_760x428

O novo lançamento da Ciranda Cultural, já encontra-se em algumas livrarias, é a continuação do livro do autor supernerd, Philip Osbourne, “Diário de um Nerd  – Supernerd“.

Assim como os dois primeiros, Phil Dick, é um adolescente, tímido, que vive no mundo nerd. Mas, como todo menino de 12 anos que está prestes a entrar na adolescência e tem seus altos e baixos emocionais, ainda tem de encarar as crushes e junto com sua timidez, como o Peter Parker ao chegar na Mary Jane pela primeira vez.

Phil adentra em mais uma aventura, desta vez, ele e sua turma, “The Ping Pong Theory”, formada pelos amigos Nicholas, George, sua irmã Ellen, a bela Mata-Crânio e o seu cachorro chihuahua, Teo, eles precisam combater um terrível vilão em prol à salvar os roteiristas de suas séries de TV favoritas, deixando-as sem continuidade e outras, sem final. Além do mais, ele será conduzido por seu mentor Darth Vader, o jovem nerd enfrentará perigos e contratempos para alcançar seu objetivo.

diario3alta

Uma obra que conta com muitas referências do universo geek, desde os quadrinhos aos seriados, filmes e físicos e cientistas que fizeram a diferença para a humanidade, como Stephen Hawking e até Albert Einstein, além personagens nada nerds, mas que Philip acha excepcional, como o ator Charlie Sheen.

Um livro, ou melhor um diário sobre a rotina de um garoto nerd, que apesar de acreditar em ter superpoderes e enfrentar supervilões, ele precisa encarar sua principal fraqueza, a supertimidez. Afinal, todo super-herói tem sua fraqueza, assim como o Thor, não pode ficar longe de seu martelo; o Super-Herói; não chega perto da kriptonita; o Ciclope, sem seu óculos; a Mulher-Maravilha, a submissão; o Lanterna Verde; a cor amarela e o SuperNerd; e sua timidez. Porém, aos poucos, ele vai levando do seu jeito, dentro do universo e seus parâmetros de vida.

Este seja um livro de cabeceira, de todo garoto nerd mesmo, pois sem dúvida muito nerd hoje barbado, já passou por situações singulares em querem ter a supervelocidade do Flash ou então, a visão de calor do Super-Herói.

header2

Philip Osbourne é nerd convicto, desde que se entende por gente. Quando estava na faculdade começou a escrever quadrinhos, dentre suas obras incluem “Jenna” (com Paul Di’Anno da banda Iron Maiden, Jim Fern e Joe Rubinstein) e o aclamado “Touch” (ilustrado por David Mack e Wellinghton Dias). Além de “Hollywood Noir” foi uma colaboração com Dario Gulli e foi ilustrado pelo célebre Dick Giordano. Osbourne ainda escreveu artigos para revistas de cinema, como Empire e também trabalhou com o ícone do terror Brian Yuzna em projetos cinematográficos.

Seus livros já foram publicados em diversos países, e a série “Diário de um Nerd” já ganhou traduções a em diversas línguas e países, como Itália, França, Polônia, Rússia, Romênia e Brasil. Esta terceira edição conta com o prefácio do editor-chefe do portal Jovem Nerd, Pedro Duarte e as ilustrações do livro são da artista, Roberta Procacci.

Ah! E não podemos esquecer, assim como um bom nerd, Phil precisa explicar e fazer entender cada referência dita no livro, porque “ser nerd significa ser curioso e não ter medo de ser criança, mesmo aos 70“, conta Philip, que finaliza dizendo que “ser nerd significa ser corajoso e capaz de ver magia em um mundo que nem sempre é mágico“.

“Diário de um Nerd 3”

Editora: Ciranda Cultural
Autor: Philip Osbourne
Ilustrações: Roberta Procacci
Preço: R$ 29,90
Público-alvo: a partir dos 9 anos

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s