EDP Live Bands projeta a potência e originalidade do rock nacional para o mundo

57291140-2445835818782139-4716898805780316160-n
Foto por Priscila Visconti

No último sábado, 27, aconteceu um dos maiores festivais de bandas independentes e autorais do Brasil, o EDP LIve Bands, que neste ano contou com inscrições recordes, tendo 1.700 bandas de todos os estados brasileiros participando da competição, mas que no final restaram apenas oito finalistas, que subiram ao palco do Bourbon Street Muci Club, em São Paulo.

Foi uma noite memorável, com performances excepcionais, em que cada artista e banda se entregou de corpo e alma, em suas apresentações, tocando músicas próprias e originais, e com interpretações inigualáveis, eles subiram ao palco prontos para fazer O SHOW de suas vidas.

59565858-2445857872113267-9082322441815982080-n
Foto por Priscila Visconti

A primeira a subir no palco foi a gaúcha radicada no Rio de Janeiro, Duda Brack, que trouxe sua potencialidade vocal e sua performance inconfundível ao festival, seguindo vieram os garotos d’A Balsa, que agitaram com seu rock pop paulista-carioca; O Grilo, entrou na sequência e apresentou todo seu rock and roll e bom humor, dando o abre-alas para a meiguice e fofurice da Bianca Nápoles, que apesar de achar que a banda estava um pouco mais alta que sua voz, ela mostrou muita atitude em sua performance. E para concluir vieram Cidade Fantasma e Expira em Segundos de Minas Gerais; DKUKAS do Acre, que mostrou uma mistura singular e própria, numa apresentação quase acústica e incomparável e a vencedora da noite, a banda ETC, o único grupo pop presente na final da competição, com sua harmonia própria e inusitada.

58612969-2445863208779400-5635115822427930624-n
Foto por Priscila Visconti

Esse é o momento mais marcante da nossa carreira até agora. São oito anos de estrada e agora nós vamos tocar em um dos maiores festivais do mundo, além de ter a oportunidade de gravar nosso CD. Vamos levar essa noite para sempre” afirma Dudu, vocalista da banda ETC.

A avaliação foi composta pelos jurados, Paulo Campos Costa, do Grupo EDP, Rennan Falbo, da Sony Music, Álvaro Covões, da Everything is New e Ricardo Pereira, ator português, levando em consideração aspectos como técnica, execução e interpretação musical, originalidade, presença de palco e interação com a plateia.

59632341-2445843245448063-72901138499764224-n
Foto por Priscila Visconti

O diretor de comunicação da EDP, Paulo Campos frisa a semelhança entre Brasil e Portugal, numa união além do idioma; “são unidos pela língua e a música é uma energia poderosa que consegue unir povos. O EDP Live Bands Brasil tem se fortalecido a cada ano, incentivando e prestigiando a música nacional e se tornando o maior concurso de bandas de garagem do país“.

O festival já acontece desde 2014, em Portugal, chegando no Brasil em 2016, sendo a quarta edição realizada por aqui, em resultado da parceria entre a EDP, Everything is New e Sony Music, com apoio Revista Lounge, com sucesso único, aonde o vencedor desta edição irá competir com outras bandas na Europa, em projeção exitosa em todo o mundo.

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s