“Operação Jovem Guarda” – Os super-heróis que são ‘uma brasa mora’

90722963_677694433002533_636271985831182336_n.jpg

Nos anos de 1970, um grupo de jovens músicos eram a sensação nas tardes de domingo nas casas de todo o Brasil, e naquela época os quadrinistas Rubens Cordeiro e Apa – José Aparecido da Silva, respectivamente arte-final e desenhos a lápis, resolveram lançar uma revista de super-heróis focados na juventude “papo firme” (gíria daquela geração).

As revistas traziam músicos que ao estilo mod londrino tinham super-poderes, e com seus instrumentos disparavam objetos para cessar o mal que afligia a humanidade, salvando-os todos com muita música e Rock and Roll.

jovem-guarda_2.jpg

Inspirado com o sucesso da chegada dos heróis da Marvel no Brasil, os quadrinistas, lançaram pela EBAL, séries de heróis nacionais,com personagens em que os jovens daquela época se viam representados, lançado três personagens – a Tríade Graúna -, que aos fãs de quadrinhos relembra e continua vivo e marcado em seus corações, principalmente de seus criadores, Rubens Cordeiro, Arthur Garcia e Franco de Rosa, que lançaram a HQ, “Operação Jovem Guarda”.

jovem-guarda.jpg

O álbum traz os personagens Golden Guitar, Pantera, o Homem Fera e Místyko em uma história repleta de nostalgia, viagem ao tempo e um maravilhamento de inocência à Era de Prata. Além de muito iê iê iê, aventuras e diversão, ao estilo Jovem Guarda de ser, aonde cada herói tinha uma missão para salvar o mundo, se manter vivo e impedir que algo de trágico aconteça.

As ilustrações dos heróis foram produzidas pelas mãos do próprio Rubens Cordeiro, que retornou aos personagens baseando-se no roteiro de Arthur Garcia e com a edição de Franco de Rosa. Além disso, a edição ainda contou com uma bela introdução de Rubens, escrita por Toni Rodrigues, e o posfácio assinado por Roberto Guedes, que descreve a produção heroica na década de 1960, dando um panorama distinto e peculiar sobre a produção de quadrinhos no Brasil naquela época, já que o país sempre teve uma veia inimitável diante a nona arte.

27173574_990624427742087_5849063987377170872_o.jpg

Essa obra, remete o que o Brasil tem de melhor para apresentar, tanto quanto aos heróis representados, quão na cultura pop vivenciada, bebendo de fontes quem vem de fora para buscar influência, mas produzindo algo com que é autenticamente nosso.

Operação Jovem Guarda foi lançado em junho de 2017, pode ser encontrado na Comix Book Shop, ou então, entrar em contato com os autores da obra, Arthur Garcia e Franco de Rosa.

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s