33º Troféu HQ Mix condecora os maiores nomes dos quadrinhos nacionais, em um ano árduo e atípico

E7

No último fim de semana, a cena literária estava repleta de condecorações e premiações, entre essas, o 33º Troféu HQ Mix, que foi realizado no sábado, dia 27 de Novembro, e trouxe diversidade, arte e cultura, entre manifestações calorosas de incentivo e fomento à arte e a cultura no Brasil.

A cerimônia contou com a abertura dos curadores do HQ Mix, Gualberto Costa e José Alberto Lovetro (Jal), com apresentação do grande homenageado deste ano, Serginho Groisman, e um elenco de célebres autores e artistas que brilharam e cativaram com suas merecidas obras sendo reconhecidas perante a imensidão de tantas outras que foram inscritas por todo o país.

20211127-230136

Além disso, o troféu ainda contou com uma entrevista com a desenhista e escritora Eva Furnari, que teve sua personagem da “Bruxinha” sendo exposta e agraciando todos os vencedores, em uma estatueta feita pelo artista Wilson Iguti. Eva ainda falou sobre a origem do personagem e um pouco do início e da consolidação de sua carreira, perante as mais de quarto décadas dedicadas à literatura.

20211127-234618

Como dito acima, o Troféu HQ Mix, foi inclusivo e representativo, trazendo gêneros diferentes e muitas mulheres incríveis ganhando em distintas categorias, entre essas a Ana Luiza Koehler, que foi a maior premiada da noite, levando quatro “Bruxinhas”, com o livro “Beco do Rosário”; seguido pelo paraibano Shiko, que faturou em três categorias, com a obra “Carniça e Blindagem Mística #01”; e “Menage #01”, dos autores, Germana Viana, Laudo Ferreira e Marcatti, que levaram os prêmios na categoria de Humor e Independente de Grupo.

20211127-233053

A noite ainda premiou a editora Pipoca e Nanquim, como a “Editora do Ano” e a Butantã Gibicon, como o melhor evento de 2021, que neste ano também foi online, mas contou com diversas atrações interativas e lançamentos inéditos para diversos públicos.

page

A cerimônia ainda enalteceu alguns projetos realizados durante a pandemia de Covid-19, enaltecendo ideias que fomentaram e difundiram a arte e a cultura deste período tão árduo em que estávamos trancados em casa, entre esses estão O Inimigo Invisível; Campanha Ato Heroico – Prateleira de Quadrinhos; O Diário de Uma Vítima do Coronavírus
Martim, Professor de Arte; e Quarentena Con.

page

Neste ano, a cerimônia deixou duas categorias para serem revelados apenas no dia da premiação, sendo eles “Novo Talento Roteirista” e “Novo talento Desenhista”, que levaram o troféu a autora Talita Grass e Leticia Pusti, respetivamente.

20211127-234505

E claro, não poderiam faltar os homenageados da 33ª edição, sendo neste ano dois grandes incentivadores dos quadrinhos e da arte nacional, Serginho Groisman e a Revista Mina de HQ, que é um portal referência aos amantes da nona arte, que tem como objetivo promover e incentivar a diversidade na cena dos quadrinhos.

20211128-002411

Em o 33º Troféu HQ Mix trouxe ânsia e encorajamento para a sociedade adentrar em ideias novas, diversa e conectadas, incluindo à todos e somando desígnios em criar e ampliar o conhecimento nas artes e na literatura, interligando grandes mestres com novas facetas da arte gráfica literária.

por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s