A diretora Juliana Notari celebra os 20 anos de carreira com a estreia do filme Coágulo

6-Co-gulo-Juliana-Notari

A marionetista, diretora, dramaturga e pedagoga, Juliana Notari, celebra 20 anos de carreira com o projeto “20 anos de Marionete Livre – Comemoração e Manifesto”, que foi contemplado pelo programa Rumos Itaú Cultural.

A marionetista já criou mais de 30 obras ao decorrer de sua jornada, participando de festivais internacionais, fazendo grandes grandes turnês por países como México, Bolívia, Argentina, Colômbia, Espanha, Letônia, França, Portugal, República Tcheca, Itália, Suíça, Coreia do Sul, entre outros. Além disso, a artista ficou conhecida pelo projeto “Velhas Caixas”, uma investigação sobre a velhice que a levou a se internar em duas casas de repouso na França em 2011.

Seu novo projeto “20 anos de Marionete Livre – Comemoração e Manifesto”, foi gravado na Mata Atlântica e inclui a criação do curta-metragem Coágulo e a publicação do livro Pedagogia da Marionete Livre: Festa e Manifesto.

Cartaz-Filme-Co-gulo-Juliana-Notari

O filme Coágulo trata de uma batalha contra o sistema patriarcal que invade os corpos dos seres viventes, humanos e não-humanos, assim bloqueando o fluxo da existência. A inspiração para o projeto surgiu em 2016, quando as reflexões sobre o cenário político do Brasil e a postura opressora começou a ser adotada pelos homens que ocupam posições no poder.

Para o projeto, Juliana produziu a marionete chamada de Coagulador, que representa as forças opressoras do sistema, sendo modelada a partir de calcinhas de algodão usadas. A matéria com que a marionete é fabricada também tem um peso na narrativa que queremos contar.

A duração do filme é de 20 minutos, divididos em quatro momentosencantamento, contração, expansão e fluxo –, o filme discute a capacidade do ser humano de se transformar e se livrar das opressões que impedem a plena manifestação da vida e da liberdade.

4-Co-gulo-Juliana-Notari

A diretora contracena com o percussionista Herí Brandino, que também é responsável pela direção musical e pela composição da trilha do filme. As marionetes foram a forma de Juliana expressar e se comunicar com o mundo, já que é uma arte bem generosa e aberta, podendo dialogar com diversas tecnologias e também com qualquer linguagem artística.

Haverá sessões de pré-estreia do filme Coágulo que acontecerão em duas datas, no Cine Matilha, que está marcada para o dia 21 de junho, com recepção a partir das 19h30 e sessão às 20h e no Museu da Imigração, o evento está agendado para o dia 25 de junho, com recepção a partir das 16h e exibição às 16h30. As duas sessões serão seguidas de bate-papo com a equipe e coquetel.

No lançamento no Cine Matilha, a entrada será trocada pela doação de um pacote de absorventes para a Campanha Dignidade Menstrual para a população em situação de rua.

3-Co-gulo-Juliana-Notari

Serviço Pré-estreias:
Cine Matilha
Dia 21 de junho de 2022
19h30: Recepção e distribuição de ingressos
20h: Exibição
20h30: Bate-papo com a equipe e coquetel
Endereço: R. Rêgo Freitas, 542 – República
São Paulo – SP
68 lugares
Entrada: 1 pacote de absorventes para a Campanha Dignidade Menstrual para a população em situação de rua.

Museu da Imigração
Dia 25 de junho de 2022
16h: Recepção
16h30: Exibição
17h: Bate-papo com a equipe e coquetel
Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 1.316
Mooca – São Paulo/SP
96 lugares
Entrada: livre

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s