CCXP Awards condecora as maiores obras e artistas da cena cultural

PRCRMLLB75-BDVH7-ZROQA5-ON32-A

Que o time da CCXP sempre traz inovação e vigor à cultura pop, isso não é novidade para ninguém. A nova empreitada da equipe do Omelete Co. aconteceu no último dia 15 de julho, na Sala São Paulo, em um evento digna das célebres premiações mundiais, a primeiro CCXP Awards, condecorou e homenageou os melhores e maiores artistas da cena pop cultura nacional e internacional.

A celebração aconteceu na Sala São Paulo, em um glamorosa festividade, que contou com performances de Fresno e Rashid, e a Orquestra Santa Marcelina tocando o tema da CCXP, acompanhada de diversos bailarinos em figurinos de personagens famosos dos quadrinhos, literatura e do audiovisual, com a apresentação do jornalista Tiago Leifert.

ccxp-awards

A premiação ainda deu início de um Hall da Fama incluindo nomes como Renato Aragão, Fernanda Montenegro, Laerte, Cao Hamburguer e Mauricio de Sousa, além 32 troféus entregues no decorrer da noite, em suas mais variadas categorias, como Filmes, Séries, Literatura, Games & eSports, Quadrinhos e Creators. O troféu, batizado de ‘Glória’, foi inspirado em um dos principais símbolos da cultura pop, o dragão. A escolha foi feita devido a presença dessa figura mitológica em todos os universos de cultura pop e da CCXP Awards.

trofeu-ccxpawards

Sonhamos lá atrás e trouxemos todo o mercado pra sonhar com a gente. Estamos muito felizes com a aceitação da premiação pelo meio artístico. Era o prêmio que faltava na cultura pop nacional”, disse Roberto Fabri VP de conteúdo e curador das marcas CCXP, a missão de entregar um prêmio para a indústria de cultura pop nacional foi realizada com sucesso.

294069753-5190034497731695-3478379521969241104-n

Nesta primeira edição da premiação contou com 15 milhões de pessoas assistindo ao vivo através do Youtube e das redes sociais do evento, e além de fazer história entregando a ‘Glória’ aos célebres artistas e produtores de conteúdos que fizeram e fazem a cultura pop transcender em tempos sombrios e conflituosos, promovendo a arte, a diversidade e a representatividade, enfatizando o trabalho e a essência artística de cada indicado, tal como a homenagem especial ao editor Sidney Gusman, que foi premiado como profissional do ano em ambiente endêmico.

fotomontagem-selfies-retratos-seu-jorge-e-liniker

A CCXP Awards ainda premiou artistas célebres e de grande prestigiado em suas respectivas áreas, como o quadrinista Orlandeli, na categoria “melhor arte finalista” com a graphic novel ‘Chico Bento — Verdade’,da editora MSP, Shiko como “melhor desenhista” com sua obra ‘Carniça e a Blindagem Mística’, Gabriel Nascimento em “melhor roteirista”, com ‘A Menor Distância entre Dois Pontos é uma Fuga’ e Marcello Quintanilha como “melhor quadrinista”, por sua aclamada obra, ‘Escuta, Formosa Márcia’. Além da série Sob Pressão, como “melhor série nacional” e os prêmios para os atores Seu Jorge (Marighella), em “melhor ator nacional” na categoria cinema e Liniker (Manhãs de Setembro), como “melhor atriz nacional”, na categoria séries nacionais.

Confira a lista dos vencedores:

FILMES

– Melhor Filme Global
A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas
Ataque dos Cães
Druk – Mais uma Rodada
Encanto
Judas e o Messias Negro 

– Melhor Filme Nacional
A Última Floresta 
Medusa
Medida Provisória
Eduardo e Mônica
Turma da Mônica – Lições

– Melhor Ator Nacional
César Mello (Doutor Gama)
Gabriel Leone (Eduardo e Mônica)
Irandhir Santos (Piedade)
Lázaro Ramos (O Silêncio da Chuva)
Seu Jorge (Marighella)

– Melhor Atriz Nacional
Alice Braga (Eduardo e Mônica)
Grace Orsato (Meu nome é Bagdá)
Jéssica Ellen (Cabeça de Nêgo)
Renata Carvalho (Vento Seco) 
Taís Araújo (Medida Provisória)

SÉRIES DE TV

– Melhor Série Global
Round 6
Succession 
Arcane
WandaVision
Ted Lasso

– Melhor Série Nacional
Cidade Invisível
Manhãs de Setembro
O Caso Evandro
Sintonia
Sob Pressão 

– Melhor Ator Nacional
Christian Malheiros (Sintonia) 
Fábio Assunção (Onde Está Meu Coração)
Flávio Tolezani (DOM)
Gabriel Leone (DOM)
Selton Mello (Sessão de Terapia)

– Melhor Atriz Nacional
Alessandra Negrini (Cidade Invisível)
Hermila Guedes (Segunda Chamada)
Letícia Colin (Onde Está Meu Coração)
Letícia Colin (Sessão de Terapia)
Liniker (Manhãs de Setembro) 

QUADRINHOS

– Melhor Quadrinho Nacional
Arlindo 
Brega Story
Carniça e a Blindagem Mística: Parte Dois A tutela do Oculto
Confinada
Escuta, Formosa Márcia

– Melhor Quadrinista Nacional
Gidalti Jr. (Brega Story)
Ilustralu – Luiza de Souza (Arlindo)
Laerte (Manual do Minotauro)
Marcello Quintanilha (Escuta, Formosa Márcia) 
Shiko (Carniça e a Blindagem Mística: A tutela do oculto)

– Melhor Álbum Nacional
Arlindo
Brega Story 
Carniça e a Blindagem Mística: Parte Dois A tutela do Oculto
Escuta, Formosa Márcia
Isolamento

– Melhor Tira e Web-tira Nacional
A Urna – Amanda Miranda
Anésia & Dolores
Como eu sobrevivi à COVID-19 e seus amigos! (Tira)
Manual do Minotauro 
Tê Rex: Zapzombie

– Melhor Roteirista Nacional
Gabriel Nascimento (A menor distância entre dois pontos é uma fuga) 
Ilustralu – Luiza de Souza – (Arlindo)
Kash Fyre (Espetaculare Meneghetti)
Leandro Assis e Triscila Oliveira (Confinada)
Marcello Quintanilha (Escuta, Formosa Márcia)

– Melhor Desenhista Nacional
Shiko (Carniça e a Blindagem Mística: A tutela do oculto) 
Orlandeli (Chico Bento – Verdades)
Guilherme Petreca (Shamisen: Canções do Mundo Flutuante)
Camilo Solano (Cidade Pequenina)
Gidalti Jr. (Brega Story)

– Melhor Arte-Finalista Nacional
Alcimar Frazão (Lovistori)
Amanda Miranda (A Urna)
Gidalti Jr. (Brega Story)
Leandro Assis (Confinada)
Orlandeli (Chico Bento — Verdade)

– Melhor Colorista Nacional
Fabi Marques (Anne de Green Gables)
Guilherme Petreca (Shamisen: Canções do Mundo Flutuante) 
Ilustralu – Luiza de Souza – (Arlindo)
Orlandeli (Chico Bento – Verdade)
Shiko (Carniça e a Blindagem Mística: A tutela do oculto)

GAMES & ESPORTS

– Melhor Game Global
It Takes Two 
Marvel’s Guardians of the Galaxy
Metroid Dread
Psychonauts 2
Resident Evil Village

– Melhor Game Nacional
Aspire: Ina’s Tale
Dodgeball Academia (Pocket Trap / Humble Games)
Unsighted (Studio Pixel Punk) 

– Melhor Game Competitivo Nacional
Free Fire
R6 – Tom Clancy’s Rainbow Six Siege
Valorant 

– Melhor Game Mobile Nacional
Free Fire
League of Legends: Wild Rift 
Pokémon Unite

– Melhor ORG Nacional
AfroGames
Fúria 
Loud
paiN Gaming
RED Canids Kalunga

– Melhor Pro-Player Masculino Nacional
Andrei “Art” Piovezan
Gabriel “Aegis” Lemos
Gabriel “FalleN” Toledo
Gustavo “Sacy” 
Yago “Yago exe” Vinícius

– Melhor Pro-Player Feminina Nacional
Bruna “Bizinha” Marvila
Elizabeth “Liz” de Sousa
Gabriela “GaB” Scheffer
Karina “kaah” Takahashi
Natália “Daiki” Vilela 

LITERATURA

– Melhor ficção Nacional
A extinção das abelhas
O Serviço de Entregas Monstruosas 
O Último Ancestral

– Melhor não-ficção Nacional
Elke: Mulher maravilha
Ney Matogrosso: A Biografia
Racionais Mc’s: Sobrevivendo no inferno

CREATORS

– Melhor Streamer Masculino Nacional
Alanzoka
Alexandre Gaules
Casimiro
Jota Plays
Liminha

– Melhor Streamer Feminina Nacional
Camila Vieira (Kalera)
Diana Zambrozuski
Gabi Cattuzzo
Nicolle Merhy (Cherrygumms)
Sher Machado 

– Melhor Canal / Criador revelação Nacional
Folclore BR: Uma Nova Visão
Luva de Pedreiro
Professor Noslen
Raphael Vicente 
thallitaxavier

– Melhor Criador de conteúdo Nacional
Carol Moreira 
Diva Depressão
Jovem Nerd
mikannn
phsantos

– Melhor Podcast Nacional
Confins do Universo
Mano a Mano 
Modus Operandi
NerdCast
Um Milkshake Chamado Wanda

– Melhor Mesacast Nacional
Ciência Sem Fim
Lança a Braba Podcast
Mais que 8 minutos
Podpah 
Venus Podcast

por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s