‘Anjinho – Além’ uma missão árdua e precisa interpretada com sutileza por Max Andrade

20220519-anjinho-alem-capa

A 32ª Graphic MSP foi lançada em maio de 2022, e apesar de já ter passado alguns meses, sempre é uma boa hora para exaltar e promover outras singulares e delicadas quão o álbum produzido pelo quadrinista Max Andrade, em Anjinho – Além, com cores de Kaji Pato. O álbum traz em sua trama questionamentos e realizações imprescindível para ilustrar a primeira graphic novel do personagem criado por Mauricio de Sousa.

A trama mostra Anjinho em uma missão precisa e sutil sobre conhecimentos e debate com o Criador, o que lhe faz perder sua auréola e as asas, assim, ele é enviado para a Terra em uma tarefa nada fácil de concluí-la, onde nesta empreitada ele encontra outros personagens significativo do Bairro do Limoeiro.

Anjinho-Alem03

Uma história que fala mais do crenças e religiões, mas sobre a vida e o sentido sobre algo único e particular do autor, criando algo ímpar sobre o que ele acredita veementemente, fazendo para tocar diretamente nas pessoas que estão cerca dele de princípio, mas que no final, irá mobilizar os sentimentos e as emoções das pessoas, pela delicadeza e precisão descritas nesta obra, tornando-a muito única e original, mas sem perder a essência de Mauricio de Sousa.

Anjinho-Alem01

Anjinho – Além é um livro do qual Max sempre sonhou fazer em sua carreira como quadrinista e ilustrador, pode parecer meio desconexo, um artista querer fazer um personagem secundário das histórias da Turma da Mônica, mas para ele esse personagem reflete emoções intrínsecas sobre como ele pensa sobre a vida na terra, ou no geral, e apesar de nunca anunciar publicamente isso sobre esse anseio em produzir uma Graphic MSP do Anjinho, este foi um desejo desde sempre do artista.

293275569-5620028911362798-7234105846871269214-n

Max que já têm uma bagagem extensa em seu currículo, com personagens icônicos, como esse na HQ Juquinha – O Solitário Acidente da Matéria e o aclamado Tools Challenge, além das coletâneas Mute Print e Puff no Piripaf. O artista já recebeu diferentes condecorações nacionais e internacionais, que vão desde o Oscar dos Quadrinhos Nacionais, o Troféu HQ Mix até o Silent Manga Audition, com a história Lend a Hand.

por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s