Zé Carioca: O malandro mais famoso do mundo completa 80 anos com mesmo estilo marrento e divertido

36535098-1782720248464482-138543163793997824-n

O malandro mais popular da Disney chega aos 80 anos em grande estilo, o papagaio José Carioca, mas conhecido publicamente como Zé Carioca, foi criado pelo Walt Disney dentro do Hotel Copacabana Palace, quando esteve no Brasil em 1941, ele é retratado como o típico malandro carioca, sempre escapando dos problemas com o “jeitinho” característico. Sua primeira aparição foi no filme Saludos Amigos, como amigo do Pato Donald. Descrito pela Time como “um papagaio brasileiro elegante, que é tão superior ao Pato Donald quanto o Pato era ao Mickey Mouse”.

93118247-10158261659432290-737429361984012288-n

A criação do personagem brasileiro surgiu durante a Segunda Guerra Mundial, na verdade fez parte de uma estratégia chamada de política de boa vizinhança dirigida pelo governo dos Estados Unidos para melhorar as relações e obter apoio político dos países latino-americanos. O que originou o filme Alô Amigos, lançado em 1942, que além do Zé também tinha o Gauchinho Voador (Argentina), Panchito (México) e o Pato Donald.

O longa mostrava a América do Sul, na qual o Zé guiava Donald na sua visita ao Brasil. O filme foi criado a partir de dados coletados numa visita de artistas dos Estúdios Disney, entre eles o próprio Walt Disney à América do Sul.

1450748-624954230881006-1071056613-n

As histórias do Zé Carioca são sempre animadas e permeadas de muita malandragem carioca e claro samba, de inicio eram publicadas nas tiras dominicais na página Silly Symphony por Bill Walsh, com arte de Bob Grant e Paul Murry com arte-final de Dick Moores. Ambientado no Rio, já uma história de uma viagem ao Amazonas, que depois foi redesenhada na década de 60 por artistas brasileiros.

Mas a primeira revista em quadrinhos do Zé Carioca foi O Rei do Carnaval, produzido por Carl Buettner para a revista Walt Disney’s Comics and Stories nº 27, publicada em 1942 e publicada no Brasil em O Pato Donald nº 8 (1951), nela, o papagaio tenta conquista uma jovem sambista inspirada em Carmen Miranda.

Ze-Carioca

Desde 2019 quando a editora Culturama assumiu os quadrinhos da Disney, a editora começou a produção de histórias do Zé Carioca em 2020, trazendo os desenhistas Carlos Edgard Herrero, Moacir Rodrigues Soares e Luiz Podavin, o roteirista Arthur Faria Júnior; a colorista Cris Alencar e o roteirista, desenhista e arte-finalista Fernando Ventura.

IMG-0836

O primeiro exemplar lançado pela editora foi a revista Aventuras Disney, em que o personagem teve seu visual reformulado, com um chapéu panamá, camiseta e calça. Neste ano de 2022, foi lançado na Bienal do Livro de São Paulo em comemoração aos 80 anos do personagem a obra O Essencial do Zé Carioca: Celebrando os 80 anos de sua estreia.

1

O livro apresenta 14 histórias que retratam momentos marcantes da vida do malandro e de seus primórdios até a fase atual, acompanhada de artigos repletos de informações, curiosidades e diversas imagem. A coletânea traz grandes mestres dos quadrinhos nacionais como Luiz Podavin, Júlio de Andrade, Átila de Carvalho, Roberto Fukue, Eli Leon, Gerson Teixeira e Moacir Rodrigues, ilustrando e dando vida à esse personagem que há 80 anos representa o Brasil no mundo mágico do Walt Disney World.

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s