Dragon Ball Super: SuperHero apresenta novos personagens, mas não empolga os fãs da franquia

dbsuper

A saga dos guerreiros Z continua agora como o novo filme de codinome “SuperHero“, ambientando uma história pé no chão dando o protagonismo para personagens menos destacados em outras produções da saga de Dragon Ball. O filme é dirigido por Tetsuro Kodama, produção do estúdio Toei e distribuído pela plataforma de streaming da Crunchyroll, a produção estreou no Brasil no dia 18 de agosto.

A sinopse do filme diz sobre a organização Red Ribbon ter sido novamente criada sob o comando de Magenta, com a missão de criar novos androides para enfrentar seus inimigos, para isso eles resolvem recrutar e financiar o brilhante Dr: Hédo, o cientista cria dois andróides com senso de justiça de herói, Gamma 1 e Gamma 2.

Enquanto isso, Goku e Vegeta estão fora da Terra treinando no planeta de Whis para controlar seu instinto natural. Piccolo enfrenta um dos andróides e após a batalha segue o android até a base do exército inimigo, e descobre o terrível plano de vingança da organização contra os guerreiros Z.

6-AMJV46-RC5-EU3-MNUKSQSBCEHMQ

O filme traz a essência de uma velha parceria mostrada lá no início da saga de Dragon Ball, quando Piccolo treinou Gohan. Em Super Hero, é mostrado o mestre ensinando sua nova pupila, Pan, filha de Gohan. Aqui os grandes protagonistas da saga são deixados de lado para focar em outros personagens pouco explorados dentro da franquia.

A abordagem diferente do filme anterior denota uma possível tentativa da produção de barganha um novo público, já que não há uma explicação lógica para a troca do 2D usado de forma linda em Dragon Ball Super: Broly, lançado em 2018, para o 3D de Dragon Ball Super: Superhero, lançado em 2022, aqui o tratamento é feito de forma competente perdendo um pouco do brilho de uma animação clássica trabalhada no 2D.

dragonballsuper

Contudo, a história ganha uma nova e linda abordagem ao apresentar uma versão mais carismática do personagem Piccolo, tal como foi durante a saga Z, onde ele treinava o pequeno Gohan. Aqui ele se encarrega de cuidar e treinar a Pan, e isso é extremamente bacana de ver pela forma carinhosa e cuidadosa dele em relação ao cuidado por ela.

Outro acerto do longa está na rápida mas marcante maneira de apresentar uma linha onde os personagens já estão crescidos, é o caso dos herdeiros dos principais da franquia, o filme apresenta e introduz Goten e Trunks já adolescente, uma versão muito esperada pelos fãs da franquia, já que na linha cronológica e últimas adaptações para anime e longa eles sempre são retratados como crianças num loop infinito.

A trilha sonora não apresenta nada inovador que possa ser destaque durante a duração do filme, o destaque fica por conta do humor bem escrachado e até apelativo em algumas ocasiões. Isso não é um problema dentro do universo que usa e abusa do cômico como forma de alívio para momentos de tensão durante grandes sagas da franquia.

gohan-910x512

No total, Dragon Ball Super: Super Hero, parece um teste de audiência para ver como anda a popularidade do obra, visto que o filme não traz uma história extremamente empolgante para estrear no cinema, até mesmo como filme lançado em streaming ele é fraco, funcionária perfeito caso fosse lançado dentro de uma saga adaptada para anime. Não é ruim, mas a história construída não é divertida ou grande como deveria ser para um filme da franquia mais rentável dos últimos tempos.

A única coisa que salva a produção é ver a saga de mestre e pupilo sendo explorada novamente dentro do universo de Dragon Ball, ver o Piccolo como protagonista tentar levantar o Gohan para torná-lo um guerreiro forte como foi no passado é sensacional.

Por fim, Dragon Ball Super: SuperHero, tem uma conexão bem construída mas desperdiça os personagens dentro de uma trama pouco atrativa.

por Daniel Guimaraes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s