O clássico “Gabriela, Cravo e Canela”, de Jorge Amado, ganha edição especial pela Companhia das Letras

capa

Uma das obras mais ricas de Jorge Amado, escrita em 1958; Gabriela, Cravo e Canela ganha uma edição especial em capa dura pela editora Companhia das Letras contando com prefácio inédito de Josélia Aguiar, posfácio de José Paulo Paes e ensaio visual de Goya Lopes.

O romance que marcou gerações nos transporta para a cidade de Ilhéus de 1920 envolto as dificuldades de uma cidade praiana ainda sem porto, além de um romance em meios a crimes descritos com a riqueza já conhecida de Jorge Amado. Afinal, muito se engana quem pensa que a ícone Gabriela já se apresenta nas primeiras páginas do livro que leva seu nome. Gabriela, Cravo e Canela é uma obra que também retrata o impulso transformador de uma cidade rumo ao seu próprio progresso e a força conservadora dos coronéis do cacau, que ainda tinham um domínio da economia e política da região.

Gabriela-cravo-e-canela

Então temos o conflito dos que querem o progresso da cidade e dos que resistem às novidades vindas de fora e aos costumes modernos. Neste contexto de conflitos é que encontramos Nacib, de origem síria, e a Gabriela, recém chegada do sertão para tentar uma vida melhor nas terras grapiúnas.

Gabriela é pura, desinibida, inocente e desatenta ao próprio encanto sensual sobre os homens, a moça acaba conquistando não apenas o coração de Nacib como também de uma boa parte de ilheenses; porém, até os dias de hoje, se instala nos corações de leitores de diversos países e gerações.

gabriela-cravo-e-canela04

A obra foi adaptada à televisão na primeira versão em 1975 pela TV Globo e recentemente celebrou uma segunda versão em 2012, sua história se transformou na inesquecível novela brasileira de grande sucesso exaltada por Jean-Paul Sartre como exemplo de romance popular.

Consagrado como uma das obras mais conhecidas de Jorge Amado, Gabriela, Cravo e Canela ganhou no ano posterior ao seu lançamento os prêmios Machado de Assis e Jabuti por enraizar debates de questões morais universais no solo cacaueiro em transformação.

jorge-amado

Jorge Amado nasceu em 10 de agosto de 1912, em Itabuna (BA). Começou a escrever profissionalmente como repórter aos catorze anos, em veículos como Diário da Bahia, O Imparcial e O Jornal. Estreou na literatura com o romance O país do Carnaval (1931). Em 1945, foi eleito deputado federal pelo PCB – partido com o qual romperia anos depois. É autor de clássicos como Gabriela, Cravo e Canela, Tenda dos milagres e Tieta do Agreste. Faleceu em 2001, alguns dias antes de completar 89 anos.

SERVIÇO
Gabriela, Cravo e Canela
Autor: Jorge Amado
Número de páginas: 600
Preço: R$ 59,90 | E-book: R$: 29,90
Lançamento: 09/01/2023
Editora: Companhia das Letras

Por Nay Souza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s