A Cultura volta a ser prioridade no Brasil

5577c83f-e435-4aa2-a4b1-fe50f53cc9a5

O novo governo federal tomou posse no dia 1º de janeiro de 2023, com o presidente Lula retornando ao posto de líder eminente à nação e ao país, subindo a rampa do Planalto Central pela terceira vez, porém agora, ele vem com mais garra e determinação para trabalhar, para trazer de volta a esperança, dignidade e alegria ao povo brasileiro.

Junto com Lula, veio um time de ministros e assessores fortes para mudar a cara e o cenário horrendo deixado no país, durante a obscuridade e negatividade, de um governo odioso e arrogante, que levou o Brasil a regressão após a ascensão eminente conquistado anos atrás.

lula-posse-ministros-3-1-750x440

Lula e sua equipe começou arregaçar as mangas e trabalhar em prol ao Brasil, seu povo, colocando ministros engajados e com espírito de mudança e prosperação. Nomes como Marina Silva, uma ativista proeminente ao meio ambiente, como ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, o ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da educação, Fernando Haddad, para comandar a pasta do Ministério da Fazenda, o médico e deputado federal eleito nas últimas eleições, Alexandre Padilha, a cargo do da Secretaria de Relações Institucionais, e também o professor e advogado Silvio Almeida, a cargo do Ministério dos Direitos Humanos e Cidades, além de outros nomes que farão a mudança no cenário político e social no país.

E claro, da volta do Ministério da Cultura, que será coordenado pela cantora e atriz Margareth Menezes, empossada para trazer de volta o orgulho cultural ignorado por uma corja inculta e maléfica, que não tem discernimento algum como a arte e nem valoriza ao que ela representa para a sociedade e a nação. Margareth chegou para mudar o rumo cultural que o país vivia, ampliar nossa bagagem e valorizar a essência artística da cultura brasileira, incentivando e estimulando fortemente a cultura em casa canto do Brasil.

meg-lula-2

Esse regresso vai acabar gerando mais oportunidades, e claro, empregos, já que esse, sendo bem desenvolvimento, é uma área nobre que pode render lucros e valores significativos para enaltecer e valorize a imagem do Brasil no exterior, mobilizando jornalistas culturais, artistas e ativistas culturais em uma união única para trazer diversidade e especialidade ao país, além de diversão e entretenimento, pois já dizia os Titãs na faixa Comida, do álbum Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas (1987); “A gente não quer só comida; A gente quer comida, diversão e arte“.

E como primeira ordenança, a ministra se reuniu com a primeira-dama, e coordenadora do Ministério da Mulher, Janja Lula da Silva, se reuniram nesta semana, para debater os estragos causados pelo terrorismo assombroso causado por seguidores bolsonaristas, que trouxe depredação e vandalismo a obras importantes no Congresso, sendo uma precarização cultura e humanitária para o povo brasileiro.

Juntas, ao lado do secretário-executivo do MinC, Márcio Santos, o presidente do Iphan, Leandro Grass e do diretor da Curadoria dos Palácios Presidenciais, Rogério Carvalho, após percorrem os locais de destruição causada pelos vândalos, debateram o rumo do reestabelecimento dos prédios e obras danificadas. E posteriormente, a Ministra disse em comunicado que visa criar um um memorial sobre a invasão e depredação do patrimônio público por golpistas.

É um tesouro do povo brasileiro, pertencimento da nação, do estado, e que precisa ser respeitado“, disse a Ministra. “Esse memorial é para deixar marcado isso, para que nunca mais possa acontecer outra violência desse nível, com a memória, com o intocável que é a nossa democracia.

por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s