Arquivo da tag: MPB

[Caixa de Som] Gustavo Prafrente: Sutileza e originalidade na mesma sintonia

381545_124110657785483_586108701_n
Foto por: Helena Wolfenson

O que dá se misturar violões sutis com letras calma e relaxantes, além de temas completamente ligados ao dia-a-dia de qualquer ser humano que habita neste mundo, onde inclui, amor, relacionamentos, amizade, reflexão pessoal, etc?

1970525_224463401083541_2059195608_n
Foto por: Isabella Lanave

Você não entende onde queremos chegar, pois bem, tudo isso dito acima remete ao musico paulistano, Gustavo Prefrente, com canções próprias e letras que qualquer um se identifica, além do ritmo que mescla pop com rock, jazz, um pouco de soul, com percussões acompanhando as batidas da música e dando um apoio a melodia.

Prafrente apresenta suas composições movimento e leveza, ao uma nova geração da música popular brasileira que traz um frescor e originalidade ao estilo, sem ser clichê ou “modinha”, apenas sendo inédito e natural.

Confira abaixo o videoclipe “Quando sinto falta de você amor”, de Gustavo Prafrente e abaixo seguem os contatos para conhecer mais do trabalho do músico:



Gustavo Prafrente é paulistano, e já possuí alguns trabalhos divulgados na web, dentre eles os EPs, “Étunera” e mais recente, “Três Amigos”, além do seu primeiro álbum intitulado “Chega”. Uma revelação da MPB atual com voz sutil e alma de poeta urbano, que escreve sem medo de dizer o que sente. Além de músico, Gustavo também é artista plástico, que desenha suas próprias capas de disco e produz ilustrações de seus webclipes.

Mais info: Site | Facebook | SoundCloud

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Bruna Moraes traz juventude e frescor a MPB

1782100_696870153697674_493004425_n

Ela tem apenas 18 anos, e já é considerada a cantora revelação contemporânea para 2014.

A paulistana Bruna Moraes é cantora e compositora concluiu seu primeiro álbum autoral, intitulado “Olho de Dentro” no passado.

O álbum contou com a produção musical de Pedro Baldanza, experiente contrabaixista que já tocou com grandes artistas da MPB como Elis Regina, Ney Matogrosso, Zizi Possi e Sá & Guarabira.1157447_684890964895593_1743458648_n

Sua música traz brasilidade popular descrita nas canções, embasado com uma voz doce e sutil, que remete a menina, que ela é, mas com firmeza e personalidade de quem sabe o que quer. Além de mesclar poesia em suas músicas.

A artista começou sua carreira ainda criança, aos 11 anos, com 14, já compunha as próprias canções e aos 18, lançou seu primeiro compacto autoral, com predominância em composições próprias, como “Zoio de Fora” e “Iansã”, uma homenagem a Chico Buarque, uma de suas grandes influências, com a regravação de “Sem Fantasia”, e fecha com uma música inédita do compositor Taiguara, “Levante do Borel”.

Uma artista que propaga a arte em várias nuances, mas sempre focada e determinada em seus objetivos, uma novidade na música popular brasileira, que traz todo o frescor e essência moderna, mas não esquecendo de sua origem e influências.

Ouça abaixo um dos singles compostos pela Bruna “Zóia de Foia”:



Mais info: Site | Blog | Facebook | Twitter | Instagram | Deezer

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Fabiana Cozza: A irreverência da MPB

1979567_636566979731777_7102407011682493238_n

A melhor cantora de samba em 2012, no Prêmio de Música Brasileira, e indicada para a premiação deste ano (2014), Fabiana Cozza, paulistana de 38 anos, traz a potencialidade e carisma em um samba único e irreverente.

Começou a cantar aos 21 anos, e hoje mostra solidez e veracidade a sua carreira, que já está em seu quarto álbum, com canções próprias e muita originalidade, não apenas ao samba, mas à música popular brasileira. Determinada e direta em suas objeções, Cozza já fez participações com diversos artistas renomados, entre eles estão Elza Soares, Leny Andrade, João Bosco, Zimbo Trio, Francis Hime, Ivan Lins, Leci Brandão, Dona Ivone Lara, Luiz Melodia e Orquestra Jazz Sinfônica. E também talentos jovens e de sua geração como Emicida, Rappin Hood, Aloisio Menezes, Sergio Pererê, Karynna Spinelli, Thiago Delegado, Antônio Loureiro, Yaniel Matos, Adriana Moreira, Luciana Alves, Renato Braz, Quinteto em Branco e Preto entre tantos outros.

168225_144733062248507_8278024_nAlém das participações internacionais, onde a cantora foi convidada a participar com grandes personalidades do jazz, como saxofonista Sadao Watanabe (Japão) e se apresentado em diferentes países e festivais do gênero em: Israel, Alemanha, França, Canadá, EUA, Bulgária, Chile.

Fabiana Cozza já possuí quatro discos lançados e dois DVDs. Sua estreia no mundo da música aconteceu em 2004, com o álbum “O samba é meu dom”, cujo título do CD é uma música de Wilson das Neves e Paulo César Pinheiro. Em 2007 lançou “Quando o céu clarear”, título de uma canção de Roque Ferreira para, no ano seguinte, fazer o DVD deste trabalho contando com as participações da cantora Maria Rita e do rapper Rappin Hood. O DVD é lançado em parceria com a TV Cultura e apresenta um documentário contando a trajetória da artista, sua relação com a música, suas influências, as pessoas que participam de sua estrada.

923560_635441633177645_7230458099657879902_nEm 2011 lança seu terceiro CD “Fabiana Cozza”, com o qual é agraciada com o Prêmio da Música Brasileira 2012, na categoria “Melhor Cantora de Samba”. E no ano passado, Fabi lançou o CD/ DVD “Canto Sagrado – Uma homenagem a Clara Nunes”, gravado ao vivo em São Paulo, que conta com um documentário realizado em Caetanópolis/MG, cidade natal da cantora.

Uma expoente da música brasileira, que destaca-se não só pela sua voz potente e fervorosa, mas pelo seu carisma que cativa seu som, constrói sua personalidade e destacando-se como uma artista fidedigna, que faz com amor e dedicação o seu ofício de coração.

Confira abaixo uma das performances de “Sandália Amarela”, presente no último disco de Cozza:

Mais informações:
Web: Site | Facebook | Youtube | Twitter
Telefone: (11) 3424-0997 | (11) 98181-9997
E-mail: ago@fabianacozza.com.br

1932440_635441729844302_2366770365550879380_n

Por: Patrícia Visconti

[Caixa de Som] Carol Pereyr: Voz sútil e alma de poeta

1939945_520640381390312_1740908107_n

Baiana de voz meiga, doce e angelical e filha do poeta Roberval Pereyr, a cantora e compositora Carol Pereyr propaga seu nome em carreira solo, com a turnê “Saudades do Brasil”.

Começou sua carreira profissional aos 17 anos, em parceria com Márcio Pazin, cantor e compositor cantarinense, e essa parceria aconteceu de forma natural, quando eles musicavam e interpretavam os poemas que Carol escrevia, além de releituras de grandes compositores. Juntos gravaram dois álbuns, entre eles “Mirante” (2006) e “Morada” (2011), que são uma junção de música e poesia, interagindo as artes e mostrando quão ambas podem caminhar dando o mesmo passo nesta jornada musical, enriquecendo e reinventando novas formas de apresentar a música popular brasileira.

Cantora premiada já participou de diversos programas, concursos e festivais, qual obteve êxito na maioria ganhando grande parte deles, ou chegando a finalista das competições.

Uma artista nata, com alma de poeta, que apenas visa propagar seu ofício dentre a essa imensidão que já existe neste mundo, unificando-as todas em apenas uma única arte. Conheça mais sobre essa cantora sútil e doce, que contagia e emociona à todos que o escuta.

carolp

Mais informações: Site | Facebook | SoundCloud

Assista Carol cantando um de seus singles, “Vapor Barato”:

Por: Patrícia Visconti