[Cantinho Literário] Nobel de Literatura 2016 vai para… Bob Dylan!

47fd1c75830c421cc37fa38abba22986_xl

E aí tripulação vamos lá para mais uma semana aqui no boletim informativo mais cultural na internet, não um dos, pelo menos no cenário alternativo, pois tentamos buscar o bom da cultura, para repassar a toda galera que acessa nosso site. 

Nesta semana, tivemos que dar a vez para falar do Nobel de Literatura, que por uma falha mecânica (esqueci de subir semana passada), mas aqui estamos para contemplar um dos prêmios mais importantes da literatura mundial, o Nobel de Literatura 2016.

nobel-medal-2Neste ano aconteceu o que nossa redação do OBC já apostava, que era a música e literatura como forma de arte juntas, não sei se vocês já viram alguns artigos do Cantinho Literário e do Caixa de Som juntos e tal, então foi bem isso que aconteceu no Nobel, um músico, que aliás de grande renome, ganhou o prêmio e foi o mito norte-americano do folk, de 75 anos, Bob Dylan.

A encarregada de premiar foi a Sara Daniues, que anunciou Dylan como ganhador, pois segundo ela, “por ter criado uma nova expressão poética dentro da grande tradição norte-americana da canção”. Fazendo que o músico, compositor e poeta, ganhasse o Nobel, que nesses 115 anos apenas autores literários foram premiados e neste ano a premiação viu que a música também é uma forma poética de se expressar, afinal uma canção bem escrita e composta faz o artista entrar para história e agregar fãs por várias partes do mundo, pois é cativante e inspirador.

611265-970x600-1

Foi isso que Dylan fez, baseou-se a literatura na música, devorando livros e mais livros, saindo do interior do Minnesota, dando um salto para Nova York, impulsionando sua chance de conhecer o cantor-ativista Woody Guthrie, sendo o começo para sua carreira de músico no gênero literário, sendo um dos artistas que revolucionou o estilo blues e folk, popularização ainda mais o gênero e fazendo com que abrisse a porta para outros músicos da geração Beat, que se desinibia no mundo alternativo, como Jack Kerouac, Neal Cassady e Allen Gingsberg. Além de uma namorada nos anos 60, Suze Rotolo, que apresentou o poeta francês Arthur Rimbaud, dando uma pincelada a mais a futura obra Dylaniana.

Por causa de toda a bagagem literária, Bob Dylan foi premiado no Nobel de Literatura 2016, uma Academia Sueca, que até então só premiava autores literários, mas que a partir desde ano, viu essa ligação com a música. 

O prêmio Nobel já premiou grandes nomes desde 1901, avaliando a obra inteira do escritor, desde seus principais livros e tal, mas também eles avaliam a sua mentalidade, seu estilo de filosofia, não destingindo uma obra em particular, sendo uma honra para profissionais da literatura de serem nomeados, mas então ganhar este prêmio que é o ápice literário mundial.

2016-10-13t110836z_15696609_s1beugslyiab_rtrmadp_3_nobel-prize-literature

Nós d’O Barquinho Cultural só temos que parabenizar o mestre Bob Dylan, por escrever músicas tão boas e transpassa todo o sentimento e emoção em sua letra… Parabéns Dylan, pelo Nobel de Literatura!!!

 

Por Priscila Visconti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s