“Eu, Tonya” mostra os altos e baixos de uma campeã

1_tonya_harding_margot_robbie_after_landing_the_triple_axel_in_i_tonya_courtesy_of_neon_wide_e80073f5e2028615c9200b0a527bf105b90658d8_1158x595

Quem vê as atletas da patinação de gelo nas Olimpíadas todas finas e elegantes, mal sabe o que está por trás daquele espetáculo. Claro, que não são com todas, mas a pressão constante dos treinadores, da mídia e porque não, dos pais, fazem com que muitas garotas surtem antes mesmo de completar 20 anos.

Como a história de Tonya Harding, uma patinadora que começou aos 4 anos de idade, por amar dançar e patinar, sua mãe usou todas suas economias para que a menina fosse uma campeã, porém não tinha o mínimo de afeição e carinho, nem com a sua família, tampouco com seu marido, ou melhor seus ex-maridos – mas, vamos focar no pai de Tonya.

3915456_jpg_r_1920_1080_f_jpg_q_x_xxyxx

Em casa não havia harmonia, amor e compaixão, os gritos, xingos e reclamações era constantes, Tonya nunca soube o que era ser amada de verdade, mas incompensação, as cobranças eram infinitas, com tapas e xingamentos como ensinamentos. A garota passou acreditar que aquela maneira fazia toda sentido para sua convivência em sociedade.

Aos 15 anos ela conheceu seu primeiro amor. Jeff Gilloolly, aonde no começo do relacionamento era tudo maravilhoso, mas com com o tempo as agressões (de ambas as partes) foram surgindo, agora não era só em sua casa que ela apanhava, mas também do namorado. Mas, quando a paixão é demais, a cegueira é inevitável.

eu_tonya_clipes_neon_margot_roobie_800x445

Tonya ganhou campeonatos nacionais, conquistou medalhas olímpicas e ficou conhecido por ser a primeira mulher americana a realizar o triplo axel, além de sua força atlética e seus escândalos secundários, que sempre acabavam vindo a  tona, pelo seu reconhecimento mundial.

Entre essas aversões, a mais grave fez com que a ex-patinadora perdesse o direito de fazer o que mais gostava e sabia, patinar. Quando ela foi acusada de armar um esquema para sabotar a patinadora Nancy Kerrigan, conspirado por seu ex-marido juntamente com Shawn Eckhardt e Shane Stant, nos treinos para o Campeonato dos Estados Unidos de 1994, em Detroit. Desde então, sua vida nunca mais foi a mesma, perdeu patrocinadores, seu rendimento profissional caiu, assim como sua vida pessoal virou um caos, e de ídolo esportivo, passou a ser a repudiada por todos.

E essa trágica história parece ser apenas uma ficção, mas é baseado em fatos reais, e está no longa-metragem “Eu Tonya”, que chega aos cinemas nesta quinta-feira (15). Com relatos em tons irônicos e muitas contradições, traz a vida de uma mulher que ganhou destaque para o bem e o mal.

eu_tonya_18_02_14_img01

O filme foi dirigido por Craig Gillespie e roteirizado por Steve Rogers, e mostra pontos distintos deum atleta de talento ímpar, mas com paciência e delicadeza ZERO.

Uma história com boas doses de humor e drama, mas completamente fora do comum, em uma época em que os atletas eram inspiração, e ganhavam destaque pelos seus feitos na arena, e não apenas pela sua conta bancária. Além de conter muitas referências dos anos 80 e 90, das músicas, roupas e até penteados.

“Eu, Tonya” foi indicado ao Oscar de Melhor Atriz – Margot Robbie, Melhor Atriz Coadjuvante – Allison Janney e Melhor Edição​, os vencedores serão anunciados no dia ​4 de ​março.

Sinopse:

Tonya Harding dominava o gelo com perícia sem rivais. Ela dominou as manchetes por algo totalmente diferente. “Eu, Tonya” é uma visão, às vezes, absurda, trágica e hilária de uma mulher no centro do maior escândalo na história do esporte nos Estados Unidos.

Trailer:

Ficha Técnica:

Diretor: Craig Gillespie
Produtores: Bryan Unkeless, Steven Rogers, Margot Robbie, Tom Ackerley
Produtores executivos: Len Blavatnik, Aviv Giladi, Vince Holden, Toby Hill, Craig Gillespie, Zanne Devine, Rosanne Korenberg
Roteiro: Steven Rogers
Fotografia: Nicolas Karakatsanis
Elenco: Margot Robbie, Sebastian Stan, Allison Janney, Paul Walter Hauser, Julianne Nicholson, Bobby Cannavale, Mckenna Grace
Duração: 121 minutos

Nota: B

Por Patrícia Visconti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s