Marielle Franco: A vereadora que lutava pela verdade

29249800_10215800239701634_3773657093463080960_n
Arte por Mary Cagnin

Sei que este assunto que irei citar agora, não tem nada a ver com cultura pop, e tampouco é alegre e divertido para o dia de hoje, mas infelizmente é uma realidade atualmente em nosso país, a violência exacerbada e conturbada avança e aterroriza a cada dia as pessoas de bem, causando tensão e terror, superior a uma guerra, se bem que estamos vivendo num grande confronto civil, aonde as vítimas somos nós, enquanto polícia e bandido brincam e caçoam da nossa cara.

Marielle Franco era vereadora e lutava pelos ideais límpidos e claros em nossa sociedade, socióloga, feminista e militante dos direitos humanos, eleita em 2016 com a quinta maior votação. Crítica da intervenção federal na capital carioca, denunciava autoridades por parte de policiais contra moradores de comunidades no Rio, e por apontar e denunciar o que a alta cúpula política não mostrar, no último dia 14 de março, levou quatro tiros e morreu.

O principal motivo, seria execução, pois quem atirou sabia de toda a agenda da vereadora, até mesmo o local em que ela estaria sentada no carro em que estava com mais duas pessoas. E por quê ela seria executada, se apenas estava fazendo seu trabalho em denunciar e aparar erros gravíssimos e cruéis feitos em nossa sociedade?

Simples, pois ela era contra a um sistema impune existente não apenas no Rio de Janeiro, mas em todo o Brasil, aonde cidadãos de bem são marginalizados, enquanto outros só porque tem dinheiro e status, tem privilégios, um sistema falido, que está ‘cagando’ para a população, que pensa apenas em executar o pobre, para não ‘ridiculrizar’ o país, enquanto os poderosos lá em cima, bebem champangne e riem da nossa cara, mas de quatro e quatro anos, descem de seus pedestais e para fazer uma média, comprar carisma, para levar a taça presidencial.

Chega! Não podemos deixa que mais Marielles sejam atacadas, por mostrar sua cara e entregar uma verdade clara e justa à comunidade, temos que expôr, mostrar para que viemos, e não abaixar a cabeça e aceitar o que nos empurram. Policiais estão carentes, sim! Mas, nem por isso eles precisam descontar sua fúria em cima da sociedade, tem mais que se unir, pois eles são tão inocentes e manipulados pelos governos quão qualquer um de nós, não podemos nos entregar e deixar que os verdadeiros sejam injustiçados e mortos, vítimas daquilo que eles mais lutam em suas árduas batalhas diárias.

Apenas isso, lutar e perseverar, pois enquanto uns buscam por igualdade, a outra parte busca por más oportunidades, e essas estão em executar e exterminar àqueles que são lídimos e veraz pela igualdade, paz e união entre os povos. Lutamos juntos e caminhos por um mundo mais nosso!

 

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s