“Senhora X, Senhorita Y” traz o debate da mulher na sociedade contemporânea

carmen2

A mulher nunca esteve tão em evidência na sociedade quão está atualmente, debates favoráveis pela luta singular e igualitária são assuntos chaves de qualquer roda social, para mostrar quão pertinente e notável a força feminina está presente na comunidade contemporânea, que visa somar uma em todas, se unindo aos homens.

Baseando nisso, a DAMAS Produções tomou como partida o texto “A Mais Forte”, peça datada de 1889, do autor sueco August Strindberg, e desde o último dia 6 de Setembro, na Oficina Oswald de Andrade, o espetáculo “Senhora X, Senhorita Y” está em cartaz.

Uma peça que indaga aspectos até um pouco contraditórios de inserção social e política feminina, como seus investimentos afetivos e dos agenciamentos simbólicos que o rondam. Construindo e exibindo um modo de como o mundo se revela perante as mulheres.

A peça é dirigida pela dramaturga Silvana Garcia, e estrelado pelas atrizes, Ana Paula Lopez, Sol Faganello e a performer sonora Camila Couto que assina o texto com a encenadora.

“Senhora X, Senhorita Y” é o embate entre duas mulheres, que se enfrentam, se acolhem, se estranham, tendo como enredo as questões que conformam e definem a mulher nos dias de hoje. Em um tom um pouco grotesco, mas com muitk bom humor elas vivenciam este conflito de gerações e épocas sob o tablados, possibilitando a abranger o espaço de que cada uma têm em relação a outra e também, junto a sociedade, mostrando que apesar das discrepância, uma sempre pode equivaler a outra.

A criação do roteiro valoriza em particular cada atriz, tanto que há até improvisos verbais, em um jogo de espelhos, repetições e precipitações de fala, exigindo de cada interprete um desempenho maduro e experiente, além de performances distintas utilizando objetivos representativos pelo universo feminino, numa exploração peculiar na construção de cada cena envolvida.

15362638865b9186ceb6278_1536263886_3x2_md
Foto por Lenise Pinheiro/ Folhapress

Um espetáculo bastante significativo e relevância, que mostra à sociedade atual a importância das mulheres, com suas excentricidade e seu jeito único de ser, o poder que cada possuí é inevitável, independente dos anos que tenham.

“Senhora X, Senhorita Y” fica em cartaz, por curta temporada, até o dia 29 de Setembro e a entrada é gratuita.

 

SERVIÇO

Senhora X, Senhorita Y
Data: 06 a 29/09
Horário: às quintas e sextas-feiras às 20h e sábados às 18h.
Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade (Sala 7)
Rua Três Rios, 363, Bom Retiro, São Paulo.
Duração: 70 minutos
Classificação: 14 anos
Gratuito. Ingressos distribuídos com 1 hora de antecedência.
Mais info: Página de eventos

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s