O mestre dos quadrinhos de terror Julio Shimamoto é o homenageado do Artists’ Alley na CCXP19

julio-shimamoto-ccxp19

Já temos o homenageado do Artists’ Alley 2019, afinal não é só o Cavaleiro das Trevas que está completando 80 anos neste ano, o desenhista e roteirista Julio Yoshinobu Shimamoto, mais conhecido como Shima, que é considerado um dos mestres dos quadrinhos de terror que estará sendo homenageado e também assinará o pôster e a credencial oficial do espaço dedicado aos quadrinistas, além de participar de painéis que serão divulgados em breve.

Shima com seus 80 anos segue em atividade em diversos projetos autorais e produzindo quadrinhos experimentais, recentemente ele desenvolveu uma técnica na qual se aplica uma camada de tinta sobre uma peça de cerâmica para depois desgastá-la utilizando objetos pontiagudos, ai então as imagens surgem em negativo, em uma nova versão do estilo claro-escuro, técnica consagrada no Renascimento por artistas como Caravaggio.

371976-918590-julio-shimamoto-por-m-A-rcia-yumiO quadrinista é um dos representantes de uma geração de grandes nomes dos quadrinhos de terror, Shima desenvolveu sua paixão pelas artes plásticas durante a infância, desenhando com gravetos no sítio de seu pai em Borborema, interior de São Paulo. Ainda na juventude ele tornou-se um desenhista no Departamento Promocional da multinacional “Sears, Roebuck & Co.” (Lojas Sears) e, desde então, nunca mais abandonou os pincéis.

371976-918592-p-A-ster-oficial-aaCom seu traço denso, o artista já passou por quase todas as editoras e publicações do país – La Selva, Taika, Outubro, Ebal, Noblet, Folha de São Paulo, Ática, Editora do Brasil, Cooperativa Editora e de Trabalho de Porto Alegre, Vecchi, Grafipar, Abril, D-Arte, Press, Maciota, Record, Globo, Bloch, Via Lettera, Devir, Marco Zero, Novo Mundo, Escala, Nova Sampa e Opera Graphica. Entre suas obras mais aclamadas estão Musashi I e II (2003) e Subs (2006).

371976-918591-pag-91-1Suas principais influências são diversos artistas como Syd Shores, Harold Foster, Alex Toth, Joe Kubert, José Luís Salinas, Alberto Breccia, José Antonio Muñoz, Austin Briggs, Andrew Loomis, Frank Frazetta, Bob Peak e Jon Whitcomb. Seu último trabalho foi a história na revista Neo Tokyo da Editora Escala, em 2017, mas Shima de 10 anos para cá, ilustrou diversas publicações como o livro BANZAI! História da Imigração Japonesa no Brasil para as comemorações do Centenário da Imigração Japonesa, roteirizada por Francisco Noriyuki Sato, com colaboração de Paulo Fukue (roteiro) e Adauto Silva (desenhos) e publica 12 páginas do que seria um terceiro álbum da série Musashi como um encarte do fanzine QI de Edgard Guimarães.

371976-918589-pag-89A coletânea de histórias sobre ninjas, entre outros artistas marciais pela EM Editora – Samurai, as obras “Lendas de Musashi” e “Lendas de Zatoichi”, ambos escritos por Minami Keizi além de Painkiller, quadrinhos para telefone celular da Operadora Oi, com roteiros de Fernando Azevedo e cores e letras de Adauto Silva. Além das publicações tradicionais, colabora com fanzines e publicações independentes.

Shima também fez parte do projeto de um curta de animação baseado na história O Ogro escrita por Antonio “Toni” Rodrigues e ilustrada por Shimamoto publicada na revista Calafrio #27 em 1984, colaborou com a animação produzindo model sheet dos personagens.

371976-918587-cidade-de-sangue-sobrecapaO descente de samurais aristocratas que serviam ao daimyo Oda Nobunaga, é filho de japonês nascido em Shingu, na província de Wakayama e imigrou para o Brasil em 1927, ao três anos de idade, a família de Julio Shimamoto mudou-se para uma região próxima ao Mato Grosso, onde teve contato com a primeira história em quadrinhos, Mutt e Jeff, publicada no jornal O Estado de São Paulo, logo em seguida, passou a ler revistas em quadrinhos como O Guri, Gibi, O Tico-Tico e O Globo Juvenil, presenteadas pelo pai e por uma prima.

371976-918588-m-A-rcio-jr-profile-pic-por-m-A-rcia-derettiNeste ano de 2019, no auge de seus 80 anos, Shima será o homenageado do maior Artists’ Alley do planeta, na Comic Con Experience, que além de confirmar presença neste grande festival da cultura pop mundial, Julio Shimamoto também assinará o pôster acompanhando por Márcio Jr., um agitador cultural goiano cuja versatilidade abrange incursões pela música, cinema, escrita e, claro, HQs. Marcio é coautor da graphic novel “Cidade de Sangue” (2018) – outro nome de peso confirmado para a 6ª edição da CCXP.

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s