MESSIAH: A SÉRIE SOBRE O MESSIAS DOS DIAS ATUAIS QUE DESAGRADOU RELIGIOSOS

images-2

Messiah, série original Netflix, estreou em 1 de janeiro de 2020, com 10 episódios, criada por Michael Petroni. No elenco temos atores como Michelle Monaghan (Missão: Impossível – Efeito Fallout), Mehdi Dehbi (O Homem Mais Procurado), Tomer Sisley (Família do Bagulho) e John Ortiz (O Lado Bom da Vida e Ad Astra: Rumo às Estrelas).

A trama começa com o aparecimento de um homem em meio aos ataques na Síria, proclamando ser o filho de Deus, trazendo mensagens de seu pai. Após seu surgimento, uma tempestade de areia faz com que as forças de ataque recuem, e as pessoas passam a chamar esse homem de Al-Masih, o messias, e liga-lo aos recentes eventos.

A partir desse ponto Al-Masih passa a chamar a atenção das autoridades locais e dos Estados Unidos, que mandam uma agente da CIA, Eva, para investigar melhor. No entanto, este homem é uma grande incógnita que segue apresentando mistérios a todos ao seu redor, atraindo seguidores ao redor do mundo que acreditam que ele realmente seja um segundo Jesus Cristo.

images-1

A série faz uma crítica entre a ligação política – religião – mídia. Em diversos momentos, você não sabe se aquilo na sua frente é religioso ou um discurso ideológico, e puxa questionamentos pertinentes para o mundo atual. Ainda que tenha apenas uma temporada, a história foi desenvolvida de maneira a colocar diversos elementos importantes e deixa abertura para uma possível continuação.

Além disso, é interessante imaginar como seria a reação do mundo se o caso proposto fosse real, se um segundo Jesus aparecesse. Será que nossa reação seria como a dos fiéis que o seguiram cegamente ou seríamos aqueles que o viram como um charlatão?

images-3

Apesar de não fazer críticas a nenhuma crença, antes de seu lançamento houve muita crítica contra a produção por parte de muçulmanos e cristãos. Sem nem mesmo ainda terem sido lançados os episódios, milhares de pessoas já haviam assinado um abaixo-assinado propondo um boicote a Netflix. Na Jordânia, onde diversas cenas foram gravadas, o governo pediu que o programa não fosse exibido.

A série está disponível no serviço de streaming da Netflix.

 

Por Gisele Augusto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s