Crítica: Atomic Blonde

images-62

Hoje em cinema, vamos falar de um cinema que foi lançado em 2017, mas que neste ano de 2020, entrou para o catálogo do streaming da Netflix, o longa “Atomic Blonde”.

Uma história baseada na HQ The Coldest City, com texto de  Antony Johnston e a arte pelo grande artista brasileiro Sam Hart, a obra foi lançada em 2012, pela Darkside Book.

atomica-14c32b7f225c260c7fd196f94e90f163

Se o livro já é intenso, vendo as cenas reais em movimento no filme, faz o longa ficar mais emocionante, até porque tem uma mulher no poder, então é claro que o negócio iria sair bem feito.

A história é da espiã Lorraine Broughton, uma espiã do MI6 que foi enviada para Berlim, durante a Guerra Fria, para investigar o assassinato de um oficial e recuperar uma lista perdida de agentes duplos.

images-70

Ao lado de David Percival, chefe da localidade, a assassina usará todas as suas habilidades nesse confronto de espiões, desvendando todo caso e quem realmente é o autor desses assassinatos, mas graças a ajuda do relojoalheiro e a fotógrafa francesa e também assassina Delphine Lasalle, ela vai desvendar todo esse mistério e sair ilesa da história, a não ser com alguns hematomas e lesões, mas isso são ossos do ofício de uma assassina.

images-65

Um filme de ação e espionagem, dirigido por David Leitch, em seu primeiro trabalho como diretor solo, o roteiro foi escrito pelo Kurt Johnstad.

Uma história cheia de ação, emoção, tiro, sangue, empoderamento feminimo e uma aula de história, pois podemos ver como era a Berlim na época da Guerra Fria, até a queda do muro que dividia as duas Alemanhas (Oriental e Ocidental), de como as pessoas de ambos os lados viviam e como eram tratados perante a sociedade na época.

images-87

Um excelente filme para ser dado nas aulas de história, pois além de ter a ação que os jovens gostam, também vai ensinar um pouco mais sobre a terrível realidade das pessoas presas entre um muro, que não só dividiu um país durante quase 30 anos  mas também destruiu famílias.

O filme está disponível no streaming da Netflix, que é estrelado por Charlize Theron e James McAvoy, John Goodman, Til Schweiger, Eddie Marsan, Sofia Boutella e Toby Jones.

 

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s