“O Menino e Mundo” – Uma história repleta de drama, mas com traços sutis e precisos

xmenino-e-o-mundo-jpg-pagespeed-ic-4vw-VVd-XOIn

As animações “Tito e os Pássaros” e “O Menino e o Mundo“, ambos distribuídos pela Elo Company, estarão disponíveis entre os dias 3 a 24 no catálogo da Apple TV  com preços especiais neste mês para celebra o “Mês do Cinema Nacional“.

O Menino e o Mundo, uma obra dirigida e roteirizada por Alê Abreu, e traz em sua trama o menino Cuca que vive com seus pais em uma pequena cidade no campo, sem nenhuma oportunidade de emprego, seu pai parte para a cidade grande, parar dar uma vida melhor à sua família. Desde então, ele fica triste e confuso com o câmbio de vida, e embarca de cabeça em uma nova aventura para descobrir o novo mundo, mas chegando lá encontra uma realidade repleta de desgraça, pobreza, exploração e total falta de perspectiva.

4-VPFBRQXLDEIUSEHMVXOAW277-M

Uma produção que foi indicada ao Oscar de “melhor animação” em 2016, que nasceu de um documentário animado, que seria intitulado “Canto Latino”. Todavia, com o desenvolvimento da obra, Alê foi mirando outras concepções, tanto social, política e econômica, até chegar a conclusão do filme, que contou com o apoio de $750 mil reais através do fundo para cinema do BNDES.

o-menino

Costumo dizer que O Menino e o Mundo nasceu dentro de um outro filme. Na época eu trabalhava no desenvolvimento de um anima-doc (documentário com animação) chamado “Canto Latino”, que lançava um olhar sobre a formação social, política e econômica da América Latina, do quanto nossos países têm uma história tão comum e de que forma ela chega na globalização dos dias de hoje“, disse o diretor.

O filme traz uma sutileza de técnicas envolvidas em sua criação, num universo de fantasia que se passa a história, a obra ganha cenários e personagens toda feita com lápis de cor, giz de cera, colagens e pinturas, fazendo com que as ações fossem mais relevantes do que as palavras ou os diálogos, dando relevância a produção artística da animação.

O-menino-e-o-mundo-1-2016

Assim como os sons e os ruídos, que foram criados exclusivamente para o filme, para que fossem representados numa linguagem única da percepção de Cuca. A trilha sonora é assinada por Ruben Feffer e Gustavo Kurlat, da Ultrassom Music Ideas, e também pelo rapper cantor Emicida e com o grupo Barbatuques.

 

O longa estreou no Brasil em janeiro de 2014, e traz no elenco os atores Vinicius Garcia, Felipe Zilse, Alê Abreu, Lu Horta, Marco Aurélio Campos e Cassius Romero. Com produção da companhia Filme de Papel.

 

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s