“Framing Britney Spears” – O documentário sobre Britney Spears que trouxe de volta a princesa do pop ao topo

britney-spears

Quando tudo começou Britney Jean Spears era apenas uma garota do interior, que adorava fazer amizades, cantar e dançar, se apresentando aos domingos no coral da igreja, a jovem Britney, mal sabia o que o futuro iria reservar à ela, entre fama, holofotes, hits, fãs e assédio, a garota cresceu e tudo isso acabou virando um caos em sua vida pessoal e familiar.

O documentário The New York Times Presents: Framing Britney Spears, lançado em 5 de Fevereiro de 2021, dirigido por Samantha Stark e com produção de Jason Stallman, Sam Dolnick e Stephanie Priess trouxe em cena os dramas e tormentos vividos por Britney desde que seu pai se tornou tutor de seus bens e até mesmo, de sua vida privada, tirando sua privacidade e autoridade de ir e vir, como uma mulher indepedente e livre, como ela sempre sonhou ser.

O filme traz uma trajetória eminente na vida e carreira de Britney, desde o início em Kentwood, no estado da Lousiana, as apresentações nos shopping centers ao sucesso alcançado, levando-a ao reconhecimento mundial por suas canções, atitudes e vida particular, o que acabou tomando mais parte nos noticiários do que a sua própria carreira artística, transformando a serenidade e tranquilidade daquela jovem menina, em um apavorante inferno, com perturbações que a levaram a dezenas de internações e o colpaso total de 2007, quando ela agrediu paparazzis com um guarda-chuva e a justiça ordenou que seu pai Jamie Spears tivesse sua tutela legal, o que transformou a vida de Spears em uma honrenda prisão.

4dd956ab-f0ec-465b-ae2d-ba5c93fb2445-AFP-AFP-92-E6-KZ

Um documentário intenso e comovente, de uma garota que só queria subir no palco e cantar, como se a plateia fossem parte de círculo de amigos, mas a ascenção intensa à fama acabou desiludindo e transformando todos aos eu redor em sangue-sugas apavorantes, fazendo com que o sonho da pequena Britney se virasse seu maior pesadelo, com disputas de posses, bens e poder, ela deixou a mostra toda sua vida particular, e assim, todos importunaram sua cabeça até que seus surtos e insanidades tomaram conta dos tablóides e manchestes, do que suas músicas, que já estavam em segundo plano da imprensa e paparizzis.

britney1-widelg

Mas, uma vez da realeza, sempre real, fãs fiéis e verazes que ela tem, não deixaram a coroa da princesa do pop cair, e se reuniram criando o movimento #FreeBritney, que conquistou uma legião de admiradores e apoiadores da cantora, movimentando para que essa prisão obstinada por seu pai Jaime acabe, e ela volte a ter controle de suas ações e da sua vida profissional e pessoal, afinal, hoje com 39 anos e uma linda trajetória (apesar de alguns perregues) artística, ela deve apenas aproveitar e gozar desta fama que está muito longe de acabar.

O movimento idealizado pelos fãs de Spears foi tão forte, em frente ao fórum onde acontecia o julgamento sobre a custódia pessoal de Britney, que pouco depois do documentário ir ao ar, o juiz de sucessões rejeitou as objeções de Jamie em relação ao acordo de co-tutela.

https://platform.twitter.com/widgets.js

Framing Britney Spears está disponível no FXNOW e FX On Demand, em provedores de cabo e satélite.

 

por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s