‘Persuasão’- Um drama comovente, mas sem apreço envolvido em relação à obra de Jane Austen

5-motivos-para-assistir-e-2-para-passar-longe-de-Persuasao-novo-filme-da-Netflix

A obra de Jane Austen Persuasão, foi escrita em 1816 e publicada em 1818, e sua trama gira em torno da filha do meio de uma família de classe média alta, Anne Elliot, e suas nuances amorosas e frustrantes, após uma paixão arrebatadora pelo marinho Frederick Wentworth, que posteriormente se torna almirante, mas antes disso, a família de Anne faz com que a relação deles se rompa, por ele ser pobre e sem bens.

persuas-o

Após anos regado de muitos choros e vinhos, Anne e Frederick se reencontram, o sentimento dela ainda é mútuo, mas ele apenas sente mágoa e ressentimento, por ter sido ignorado quando não tinha nada para oferecer, ela tenta disfarçar seu amor por ele tentando seu envolver numa relação com seu primo distante William Elliot, assim como Wentworth se envolve com a cunhada de sua irmã, Louisa Musgrove, mas sem êxito e com muita contradição, o elo deles demora a se conectar novamente.

vai-ter-persuasao-2-1024x580

Recentemente, essa obra de Jane Austen ganhou às telinhas da Netflix, dirigida por Carrie Cracknell, o filme até cativa pelas performances de Dakota Johnson, mas deixa a desejar pela construção e desenvolvimento deste clássica da autora britânica, deixando a produção em alguns momentos pedante e monótona, com momentos descontruídos, que tornam o enredo cansativo, ora ignorando a essência eminente da protagonista e subestimando a inteligência do espectador, com situações errôneas e repetitivas, algumas até um pouco caricatas em algumas representações. Todavia, em outros pontos, o longa traduz nas entrelinhas, momentos oportunos característicos aos fãs da trama original de Austen.

persuas-o-2

Outro ponto positivo são os figurinos e os cenários envolventes, que levam o público à Inglaterra do século 19, mas principalmente com a relevância pertinente das mulheres como ápice das cenas e de seus pensamentos, tais como descritos nos romances da autora, mas dando um frescor ao enredo, e deixando a trama mais leve e despretensiosa, sendo uma produção moderna a última obra escrita pela autora.

por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s